This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, outubro 08, 2016

    Pré-Sal



    RONALDO
    (Recife, PE)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Donald Trump Apology Caps Day of Outrage Over Lewd Tape




     

    "In the three-minute recording, which was obtained by The Washington Post, Mr. Trump recounts to the television personality Billy Bush of “Access Hollywood” how he once pursued a married woman and “moved on her like a bitch, but I couldn’t get there,” expressing regret that they did not have sex. But he brags of a special status with women: Because he was “a star,” he says, he could “grab them by the pussy” whenever he wanted.
    Continue reading the main story

    “You can do anything,” Mr. Trump says.

    He also said he was compulsively drawn to kissing beautiful women “like a magnet” — “I don’t even wait” — and talked about plotting to seduce the married woman by taking her furniture shopping."

    read more

    Donald Trump Apology Caps Day of Outrage Over Lewd Tape - The New York Times

    Ratos & Navios



    (Salvador, BA)
    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges
     

    Marcadores: ,

    The Killer Cats Are Winning!


     A tropical bird and a tabby cat, Herowana, Papua New Guinea, 1993

    "In the view of Peter P. Marra and Chris Santella in Cat Wars, the jaunty image of the house cat as a kind of lap-sized leopard and the powerful, almost parental love that cat owners feel for the increasingly popular pet obscure another, darker truth about Felis catus. Free-roaming domestic cats, they argue, are an environmental menace of staggering and still-escalating proportions. They are “cuddly killers” that butcher tens of billions of songbirds, small mammals, reptiles, and lizards each year and push vulnerable species toward extinction. Cats hunt when they are hungry and hunt when they are full."

    read the review by Natalie Angier​

    The Killer Cats Are Winning! by Natalie Angier | The New York Review of Books

    quinta-feira, outubro 06, 2016

    pela cochlea: This Mortal Coil - Late Night (Syd Barrett)

    IN MEMORIAM CAROLINE CRAWLEY



    When I woke up today
    and you weren't there to play
    then I wanted to be with you
    when you showed me your eyes
    whispered love at the skies
    then I wanted to stay with you
    inside me I feel alone and unreal
    and the way you kiss will always be
    a very special thing to me...

    Todo o meu Paraguai

    (Novo Hamburgo - RS) 
    para ver outras charges
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Frases de Ariano Suassuna




    "“Por enquanto, só existem dois tipos de Governo: o dos opressores do Povo e o dos exploradores do Povo. "
    (Ariano Suassuna)

    leia mais no post de Braulio Tavares​

    Mundo Fantasmo: 2584) Ariano Suassuna, 84 anos (16.6.2011):.

    Agora está definido



    DE RICARDO BICHARA

    Bom dia. Agora está definido. Não há mais espaco para dúvidas. Tiraram a Dilma para entregar o pré sal (são 30 trilhões de dólares) para empresas de nações estrangeiras. Para isso deram um farto aumento ao judiciário e ao MP (+ de 41%); negaram o aumento para a defensoria publica; aumentaram as verbas de publicidade das revistas, jornais e TVs que deram apoio ao impeachment e agora dão apoio ao governo ilegítimo do Temer/PSDB; congelaram as verbas da saude e da educação por 20 anos; mudaram as regras do aumento anual do salário minimo; vão mudar as regras da aposentadoria para pior; vão reduzir as leis trabalhistas, acabando com direitos conquistados há décadas; estão acabando com os investimentos nos programas sociais como o Minha Casa Minha Vida, Luz para Todos, Prouni, Fies, Farmácia Popular, Pronatec, Bolsa Familia, Mais Médicos, além de tantos outros; paralisaram a transposição do rio São Francisco, com 90% das obras já concluídas; combateram falsamente a corrupção apenas na operação Lava Jato, trancando as demais operações que sao maiores que esta (Panama, Bahamas e Zelote, onde se esconde a fortuna da elite economica e politica do Brasil), atacando apenas um partido e deixando todos os outros livres de investigação, dando, assim, condições de se manterem ativos, crescerem nas eleições municipais e, obviamente, manterem ou aumentarem seus esquemas de corrupção e com isto criaram a sensação de que política é uma merda, propositadamente, para que imensa maioria da população não vote mais, se abstendo ou anulando seu voto, o que só favoreceu estes partidos livres da investigação; mudaram o sistema de ensino para que não haja formação de pensamento crítico nas escolas e daqui a pouco vão enterrar o SUS para entregar a saúde pública nas mãos do empresariado, assim como farão em todo o ensino público e tudo isso em nome de uma crise económica. Só não diminuíram o pagamento dos juros da dívida pública, que nunca foi audidata e provavelmente já está quitada há anos, mas bolsa banqueiro ninguém acaba ou se acaba antes. Penso que ainda vem mais maldade por aí. Triste realidade.

    Sob nova direção





    (Salvador, BA)

    Marcadores: ,

    quarta-feira, outubro 05, 2016

    Impeachment: produzindo


    (São Paulo, SP)


    Marcadores: ,

    P. J. PROBY & LED ZEPPELIN - THE DAY THAT LORRAINE CAME DOWN



    She lives upon a mountain overlooking Salt Kitty Ridge
    I see her every morning walk her dog across the bridge
    Her daddy's got a shotgun and a whet firm keen-eyed aim
    Protecting never neglecting sweet Lorraine

    She lives upon a mountain overlooking Salt Kitty Ridge
    I see her every morning walk her dog across the bridge
    Her daddy's got a shotgun and a whet firm keen-eyed aim
    Protecting never neglecting sweet Lorraine

    O sistema eleitoral brasileiro





    (Vitoria, ES)
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    A era da antipolítica



     

    "O que cresceu mesmo no Brasil foi a insatisfação com as instituições. Segundo levantamento apresentado pelo instituto Latinobarómetro no início de setembro, menos de um terço dos brasileiros afirma preferir a democracia a qualquer outra forma de governo. O último Ibope antes do impeachment atestou que 49% dos entrevistados se diziam “nada satisfeitos” com o funcionamento da democracia. Hoje o país tem o 2º maior índice de insatisfação com a vida da América Latina (à frente apenas da Venezuela) e o maior de preocupação com a perda de emprego. Só 4% acreditam que o país está avançando.

    E é exatamente em conjunturas assim que o fenômeno da antipolítica encontra terreno fértil para proliferação. "

    leia artigo de murilo cleto

     A era da antipolítica | Opinião | EL PAÍS Brasil

    foto antonio lacerda

    O campo progressista foi claramente derrotado nestas eleições.



    De CID BENJAMIN

    O campo progressista foi claramente derrotado nestas eleições. Quem acreditava que o desgaste do PT não afetaria a esquerda como um todo caiu do cavalo. Mesmo aquele setor que não apoiou as políticas neoliberais do PT e não se envolveu com corrupção também perdeu terreno na sociedade.

    A desmoralização da política fortaleceu o desinteresse dos eleitores, o que ajuda o conservadorismo. Assim, ao lado da direita, outra vencedora das eleições foi a antipolítica. A quantidade de votos nulos, de votos em branco e de abstenções demonstra isso. Em São Paulo, Doria teve 3.085.181 votos. Perdeu para a soma de nulos, brancos e abstenções: 3.096.186. No Rio, Crivella teve 842.201. Brancos, nulos e abstenções foram mais do que o dobro: 1.866.621. O mesmo aconteceu em todo o Brasil.

    Não é difícil explicar esse fenômeno. Quem diria que, depois de 13 anos de governos do PT, que despertaram tantas esperanças, reformas estruturais não teriam sido feitas; a sociedade seria mais conservadora; o caráter laico do Estado estaria mais enfraquecido; e a bandeira da ética teria sido perdida?

    Nesse quadro de derrota, o resultado do segundo turno no Rio adquire enorme relevância. Para a direita, a eleição de Crivella e o fortalecimento do fundamentalismo religioso significariam o coroamento da vitória. Para a esquerda, Freixo prefeito seria um alento, diminuindo o peso da derrota.

    A chegada do candidato do PSOL ao segundo turno já foi uma façanha. Sem TV, e com parcos recursos materiais, sua campanha apoiou-se nos militantes. Na última semana, enquanto seu adversário direto, Pedro Paulo, contou com cem inserções na TV, Freixo teve apenas três. O resultado eleitoral foi quase um milagre.

    É fato que a vaidade do prefeito, a escolha de seu candidato e a divisão da direita ajudaram Freixo. Mas a onda criada nos últimos dias foi decisiva.

    É a possibilidade de ainda maior crescimento dessa onda no segundo turno que ameaça a vitória de Crivella e dá esperanças a Freixo. Crivella terá a máquina e o dinheiro das igrejas evangélicas, e o peso do conservadorismo na sociedade. Com Freixo estará a energia militante — ainda muito juvenil, mas que pode contaminar a cidade.

    Um fato é certo: dia 30 de outubro a escolha será entre mais democracia ou mais obscurantismo.


    terça-feira, outubro 04, 2016

    A vitória de Ninguém


    de IVANA BENTES

    O desencanto com a política dá "ninguém" nas cabeças nas eleições municipais. "Ninguém" é a soma de Abstenções, Votos Nulos e Brancos. Por essa lógica "Ninguém" teria vencido as eleições em São Paulo, no Rio, em Porto Alegre, etc. Uma tendência crescente, mas não é de hoje. E as questões são mais complexas do que isso.

    Crise da democracia representativa, hiperpolarizações, suspeição, transformação da política em caso de polícia, etc. O esvaziamento da política se dá tanto pela direita quanto por certa esquerda que "prefere não" votar, "prefere não" disputar a máquina do Estado, "prefere não" discutir a própria crise de representação e como se houvesse contradição entre disputar a máquina do Estado e produzir campos, zonas de autogestão, autonomia, dinâmicas de luta por fora das instituições.

    Entretanto é nas crises que se abrem os caminhos com as Frentes, os partidos-movimentos, as redes, os laboratórios políticos que podem produzir um reencantamento da política. 

    Não vejo esses dados como um universo em desencanto e ilegitimidade simplesmente, mas um instantâneo significativo de que chegamos no teto e é preciso dar um sacode geral em tudo que se institucionalizou. #eleições2016

    Resultado Oficial em São Paulo:
    1. Ninguém: 3.096.186 votos
    2. Dória (PSDB): 3.085.181 votos
    3. Haddad (PT): 967.190 votos


    Resultado Oficial no Rio de Janeiro:
    1. Ninguém: 1.866.621 votos
    2. Crivella (PRB): 842.201 votos
    3. Freixo (PSOL): 553.424 votos


    Resultado oficial em Curitiba:
    1. Ninguém: 360.348 votos
    2. Rafael Greca (PMN): 356.539 votos
    3. Ney Leprevost (PSD): 219.727 votos


    Resultado oficial em Uruçuca (Sul da Bahia):
    1. Ninguém: 11.751 votos
    2. Moacyr (DEM): 6.604 votos (Inelegível)
    3. Fernanda (PT): 5.851 votos


    Resultado Oficial em Porto Alegre:
    1. Ninguém: 382.535 votos
    2. Marchezan (PSDB): 213.646 votos
    3. Melo (PMDB): 185.655 votos


    Resultado oficial em Ribeirão Preto (SP):
    1. Ninguém: 183.270 votos
    2. Nogueira (PSDB): 100.462 votos
    3. Silva (PDT): 70.215 votos


    Resultado oficial em Sorocaba (SP):
    1. Ninguém: 162.277 votos
    2. Renato Crespo (PMDB): 133.767 votos
    3. Raul (PSOL): 74.001 votos


    segunda-feira, outubro 03, 2016

    Um deles vai ganhar



    (Joinville, SC)
    para ver outras charges
    clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Ted Kopex - Red Wolf

    Red Wolf don’t come ‘round here
    Clawing at my door
    It’s been four weeks since winter
    And spring don’t love you anymore

    The sun comes up, the rooster crows
    He sings a song of regret
    I saw the blood-red sun as it rose
    Your four teeth in my neck

    A vitória do neoliberalismo caboclo e o caviar lifestyle


    De IVANA BENTES

    A vitória do neoliberalismo caboclo e o caviar lifestyle! Bem, e o Rio de Janeiro virou uma espécie de Nárnia temporária em meio a um cenário Mad Max pós-apocalipse! 

    A derrota nacional do PT, a emergência de um partido dos banqueiros, o partido Novo, a vitória de um milionário em São Paulo, com sete empresas que "não produzem um parafuso", mas organizam eventos, editam revistas como Caviar Lifestyle, vivem do consumo de luxo e de verbas publicitárias do governo Geraldo Alckmin, são mais do que a explicitação que os ricos, a elite conservadora e uma multidão de pobres e da classe média conservadora compraram o discurso neoliberal e privatista, anti-políticos e do "self made man" hipócrita de João Dória Jr.

    São Paulo saiu na frente (a vanguarda da retaguarda) chancelando esse neoliberalismo caboclo, elegendo um prefeito com cashemir enrolado no pescoço e mil empresas de lobby político e clubes de privilégios na mão.

    São Paulo, na contramão do Rio, expressa esse rebote, essa reviravolta de uma classe média que não suportou a ascenção da classe C, com um ódio incitado de horror ao avanço dos direitos e uma periferia paulista que também preferiu apostar em "um rico que não precisa mais nem se corromper". Um rico "bom"!

    Quem precisa de política pública afinal? Os empresários, os banqueiros, a mídia se uniram para acabar com a "mediação". Para que precisam de políticos e partidos se eles próprios podem fundar partidos e privatizar com seus representantes o que é bem comum?

    Disputar a máquina do Estado só tem sentido para esse campo porque significará de vez essa tomada do Estado, agora sem disfarces.

    Mas o jogo continua sendo jogado e a derrota do PT e a contribuição milionária de todos os erros cometidos pelas esquerdas são um bom lugar para se reinventar tudo de novo! #Eleições2016

    Eleições 2016: Eu voto...





    (São José dos Campos, SP)
    para ver outras charges
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Who cares who Elena Ferrante really is? She owes us nothing

    Elena Ferrante’s Neapolitan quartet brought her to international prominence.


    Elena Ferrante is an Italian novelist whose Neapolitan quartet have become bestsellers. Once you enter Ferrante’s world, you are changed by it. She writes so brilliantly about the transformation of women’s lives. Our bodies, our hearts, our politics. The books speak of what keeps us together and what takes us apart. We know nothing about her own life, as she has chosen – as is her right – to be anonymous. Not for her the book tour, the literary festival, the glam author picture. “I believe that books, once they are written, have no need of their authors.” She has given other, more complicated, meta-explanations of her desire to protect her anonymity, which are to do with the nature of fiction itself.

    read article by SUZANNE MOORE

    Who cares who Elena Ferrante really is? She owes us nothing | Suzanne Moore | Opinion | The Guardian

    domingo, outubro 02, 2016

    Urnas faltando tecla



    (Rio de Janeiro, RJ)


    para ver outras
    charges clique
    em"marcadores:
    charges

    Marcadores: ,

    Votar perdeu a graça



    (Joinville, SC)
    para ver outras charges
    clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: As It Must Be (Live) - The Milk Carton Kids (Kenneth Pattengale & Joey R...


    Maybe we'll come out of this Maybe we'll come out of this unscathed Just like the story said
    Ever after we shall be okay I know that you don't know where we go when we go I know that it's hard so we can't go alone Let it run right over you Let it run like water to the sea Nothing lasts forever darling Everything is as it must be I know that you'd never let me go on my own I know that I'll never make it alone Look at your reflection Casting your own image in the stream Though it moves right through you Something of your soul remains within

    Vai votar?



    (Rio de Janeiro, RJ)


    para ver outras
    charges clique
    em"marcadores:
    charges

    Marcadores: ,

    O golpe do horário de votação é mais um na coleção do clandestino Temer.



     Alguém parecido com Temer vota no que parece ser uma sala com uma urna

    "Chegou às 7h30 para votar no domingo, 2 de outubro, na PUC, em São Paulo, meia hora antes da abertura dos portões. Deu uma carteirada.
    O horário que sua assessoria de imprensa havia divulgado era 11h."


    "O Brasil já teve todo tipo de gente na presidência: incompetentes, alcoólatras, violentos, demagogos, rudes, afáveis, estadistas, ditadores. Covarde desse jeito, é a primeira vez. E olha que estamos falando do Carlos Magno."

    leia o post de KIKO NOGUEIRA

    Diário do Centro do Mundo O golpe do horário de votação é mais um na coleção do clandestino Temer. Por Kiko Nogueira

    Godzilla no Brasil



    (Lagoa Santa, MG)
    quer ver outras charges?
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER