This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, março 12, 2016

    É chato ser gostoso





    (Rio de Janeiro, RJ)
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Why Bernie May Have a Better Shot at Winning in November Than Hillary


    "Tuesday’s Michigan primary made me rethink my beliefs on the relative strengths of the Bern and the Hill. A key reason for Sanders’s Michigan victory was his record of opposition to the trade deals of the past quarter-century, the deals that decimated the once-industrial Midwest. Sanders’s credibility on this issue can’t be challenged; voters understand that it’s part and parcel of his opposition to any policy that benefits capital at labor’s expense."

    read the article by Harold Meyerson​ >> 

    Why Bernie May Have a Better Shot at Winning in November Than Hillary | Alternet:

    Cena do depoimento de João Santana



    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Vi: COUP DE CHAUD (dir Raphael Jacoulot, França, 2015)


    No tempo em que permaneci naquela vila francesa, percebi o quanto que os habitantes se incomodavam com as aprontações daquele rapaz. E ele realmente era chato, embora parecesse boa gente, acho que meio retardado mental. O calor abissal incinerava mais os ânimos. A falta dágua também. Em algum momento tudo isso ia acabar estourando.

    O filme, policial, comportamental, é muito bom.

    Jair Bolsonaro é confrontado em documentário de Ellen Page



    "O deputado federal Jair Bolsonaro (PP) foi confrontado pela atriz canadense Ellen Page no segundo episódio da série documental "Gaycation". Durante o filme, a artista mostra como a comunidade LGBT é tratada em diversas partes do mundo. Na cena gravada no Rio de Janeiro, divulgada nesta sexta-feira, o parlamentar afirma que ser homossexual "é comportamental". Para ele, "se o filho começa a andar com certas pessoas, vai ter aquele tipo de comportamento, achar que aquilo é normal".

    A atriz rebate um dos posicionamentos de Bolsonaro, no qual ele defendia que as famílias devessem bater nas crianças para "tirar" a homossexualidade. "Eu sou gay, então você acha que eu deveria ter apanhado quando criança para não ser gay agora?", quesionou Ellen. "

    leia mais, veja o video>>

    Jair Bolsonaro é confrontado em documentário de Ellen Page - Rio - O Dia

    pela cochlea: The Barbarian - Emerson, Lake & Palmer (1970)



    Adaptação da suite Allegro Barbaro (Bela Bartok)

    IN MEMORIAM KEITH EMERSON

    sexta-feira, março 11, 2016

    Lama espirra



    (Salvador, BA)

    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Luis Pimentel: A prepotência é irmã da violência


    "Há uma máxima da filosofia das ruas que garante: “Quer conhecer verdadeiramente um indivíduo? Dê a ele uma migalha de poder”.Quem viveu em cidade pequena já acompanhou a farsa e o drama, que se dão mais ou menos assim:

    Delegado chama o guarda e diz:

    — Vai lá e traz o sujeito para depor.

    Autoridade ajeita o quepe, cofia o bigode, confere cassetete e revólver e parte para a diligência, doido para repetir o bordão “Teje preso!” Retorna horas depois, carregando um estropiado, e se justifica:

    — Sujeitinho teimoso esse, doutor! Disse que só vinha à força...

    A prepotência é irmã da violência. Quem viveu na roça sabe como é que a umburana geme. Coronel manda os jagunços trazerem o desafeto para uma prosa. Às vezes, para evitar qualquer engano, mostra a foto do indigitado. Capanga amarra a cartucheira no bucho e decreta: “Já estou com raiva dele”. Doido para repetir o bordão “Vai nem que seja debaixo de vara!”"


    leia o resto na coluna de Luis Pimentel​
    Luis Pimentel: A prepotência é irmã da violência - Opinião - O Dia

    O plano obscuro


    "Em condições normais, ou em país que já se livrou do autoritarismo, haveria uma investigação para esclarecer o que o juiz Sergio Moro e os procuradores da Lava Jato intentavam de fato, quando mandaram recolher o ex-presidente Lula e o levaram para o Aeroporto de Congonhas. E apurar o que de fato se passou aí, entre a Aeronáutica, que zela por aquela área de segurança, e o contingente de policiais superarmados que pretenderam assenhorear-se de parte das instalações."



    "É compreensível, portanto, a proliferação das versões de que o Plano Moro era levar Lula preso para Curitiba. O que foi evitado, ou pela Aeronáutica, à falta de um mandado de prisão e contrária ao uso de dependências suas para tal operação; ou foi sustado por uma ordem curitibana de recuo, à vista dos tumultos de protesto logo iniciados em Congonhas mesmo, em São Bernardo, em São Paulo, no Rio, em Salvador"

    leia a coluna de Jânio de Freitas​ >>

    Esta noite, quanto ouvi Naná





    (Recife, PE) 
    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    A vida de sultão de Eduardo Cunha


     


    "Entre 28 de dezembro e 5 de janeiro, Cunha gastou 42.258 dólares, cerca de 84.000 reais na época, e 169.500 reais na cotação atual. O salário de Cunha em 2012 era, segundo ele mesmo declarou, de 17.794 reais por mês.

    Os extratos bancários da filha Daniellle e a mulher de Cunha, a jornalista Claudia Cruz, que se declara “dona de casa”, são igualmente estrambóticos. Claudia gastou, em janeiro de 2014, 7.700 dólares na loja de Chanel em Paris; mais de 4.000 dólares na loja Charvet Place Vendome; 2.646 dólares em Christian Dior e quase 3.000 dólares na loja de Balenciaga. Em Roma, em março de 2014, Claudia, comprou 4.500 dólares em artigos da Prada, 3.536 dólares na Louis Vuitton de Lisboa e mais 3.799 no mesmo mês na loja de Chanel em Dubai. Já em 2015, as faturas em lojas de grife do cartão de Claudia somam 14.700 dólares. A filha de Cunha gastou, segundo a denúncia, mais de 42.00 dólares em lojas de luxo entre dezembro de 2012 e abril de 2014. "


    leia a reportagem de Maria Martín >> 

    Claudia Cruz: A vida de sultão de Eduardo Cunha | Brasil | EL PAÍS Brasil

    quinta-feira, março 10, 2016

    Quem precisa de militares?



    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea> George Martin The Pepperland Suite - IN MEMORIAM

    Vila Autódromo: Os últimos sobreviventes do Parque Olímpico





    ver fotogalería

    "Seu Francisco, de 55 anos, é um dos últimos sobreviventes da Vila Autódromo, a comunidade que virou símbolo das desapropriações e resistência cidadã frente ao legado oficial dos Jogos Olímpicos, que acontecerão na cidade entre 5 e 21 de agosto. Hoje, enquanto o Parque Olímpico alcança 97% de execução, a comunidade está praticamente reduzida a entulhos, não há mais igrejas, nem bares, nem lojinhas, mas cerca de 50 famílias ainda resistem a sair desse pedacinho de terra espremido entre as arenas e a Lagoa de Jacarepaguá."

    "No Parque Carioca, um conjunto de prédios simples onde há churrasqueira e uma modesta piscina para 900 famílias, Carlos Andres dos Santos não se conforma. “Mentiram para a gente. Quando o prefeito nos falou que iríamos para um condomínio privado, onde o metro quadrado está avaliado em 6.500 reais muitos queríamos vir para cá”, explica ele, que trocou sua casa por um desses apartamentos. “Eu fui pacífico e sai de imediato, mas aí me lasquei. Hoje me arrependo. O apartamento está rachado, o cano de esgoto é pequeno demais e fica entupido o tempo todo, os materiais são tão ruins que o vizinho de acima joga uma moeda no chão e você adivinha o valor que é”. Havia muitos problemas na Vila Autódromo, mas estava pago, a casa era minha. Hoje se quiser vender aqui tenho que aguardar 10 anos”."


    leia a reportagem de Maria Martín ;

    Vila Autódromo: Os últimos sobreviventes do Parque Olímpico | Brasil | EL PAÍS Brasil

    E no Conselho de Ética...




    (Curitiba, PR)

    para ver outras charges
    clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    “Uma jararaca no tabuleiro de xadrez”



     

    "Sob o ponto de vista subjetivo, não podendo se atribuir tal aspecto a uma intencionalidade do julgador, o “ensaio geral” de sexta-feira permitiu uma avaliação preliminar sobre a correlação de forças e as possíveis reações que a sociedade brasileira terá diante do leque de hipóteses e especulações que estão sobre a mesa.

    A Nota Oficial emitida pelo Juiz Federal Sérgio Moro no sábado, abordando os princípios da convivência democrática, e a Nota Oficial emitida pelo Ministério Público Federal, no mesmo sábado, reiterando os termos e o “tom” da sua atuação no caso, demonstram a plena compreensão que as Autoridades Federais tem das tensões sociais que as ações empreendidas poderão desencadear.

    Tal posicionamento se traduziu, na sexta-feira, em medidas preventivas que incluíram o isolamento de vias públicas por forças táticas da Polícia Federal, a coleta do depoimento do ex-presidente Lula fora das dependências da Superintendência da Polícia Federal, para onde todos os demais depoentes foram levados, e a manifestação de oficiais do Alto Comando das Forças Armadas, com pelo menos uma tropa de “prontidão” em São Paulo, reiterando o compromisso constitucional de garantia da lei e ordem.

    Estes três elementos evidenciam que os dispositivos de Segurança do Estado já estão mobilizados para a contenção de eventuais distúrbios civis."


    leia a análise completa de Giovanni Harvey​ >> 

    “Uma jararaca no tabuleiro de xadrez” | Opinião | EL PAÍS Brasil

    Ministro da Justiça vai ter que renunciar






    (Natal, RN)

    para ver outras charges
    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    pela cochlea: NANA VASCONCELOS - MUMAKATA (CODONA)

    IN MEMORIAM

    Lava-Jato: Batalha final


    O desfecho desta que parece ser a mãe de todas as batalhas dependerá de dois fatores. De um lado, a capacidade de o PJ dar materialidade às imputações lançadas contra Dilma. De outro, da temperatura das ruas, aquecidas pelas manifestações programadas pela direita e pela disposição de luta demonstrada por Lula ao se livrar da injustificada coerção policial.

    leia a coluna de ANDRE SINGER

    Dia Internacional da Mulher - depois da festa





    (Campinas, SP)
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    A Lava Jato precisa de humildade




     "Uma pessoa pode torcer pelo êxito da Lava Jato e pela danação dos larápios que ela apanhou, mas quando discorda de uma de suas iniciativas, os procuradores não devem qualificar pejorativamente suas intenções, como se fossem condôminos do Juízo Final."

    leia a coluna de Elio Gaspari​>>

    A Lava Jato precisa de humildade – - ASMS- Associação dos Servidores Municipais de Saúde de Salvador

    quarta-feira, março 09, 2016

    Sonoridades





    (Salvador, BA)


    Marcadores: ,

    Trump Rally Speaker Carl Gallups Attacked Newtown Victim's Parents As Fakes Who Participated In "Staged" Shooting





    "Donald Trump's campaign has been relying on the support of Carl Gallups, a Florida-based pastor and radio host, ahead of the state's March 15 Republican primary; the campaign invited Gallups to speak at a rally and touted his endorsement as a "great honor" from a "prominent" leader. Gallups is a fringe conspiracy host who believes the Sandy Hook Elementary School shooting in Newtown, CT, was a "staged" "hoax" and that the father of one of the victims was an "actor employed by the Obama administration to take away your guns." "

    read more>> 
    Donald Trump: "Great Honor" To Be Endorsed By Sandy Hook Truther | Research | Media Matters for America

    Lula pode virar ministro

    Via iris: DIPLOMATIE (dir Volker Schlondorff, rot Cyril Gely, França, 2014)

    Por passagem secreta atrás de uma estante entrei no gabinete do General von Choltitz, comandante das tropas de ocupação alemãs em Paris. Ali, noite adentro, acompanhei a um diálogo. um embate, entre o militarismo e a diplomacia. Duas maneiras de ver o mundo, dois mundos apartados. O general aguardava o momento em que daria a ordem para explodir grande parte de Paris, matando milhares de pessoas. O consul sueco tentava dissuadi-lo. Pela janela, enquanto o dia raiava, eu via o Louvre, Notre Dame, Les Invalides, os monumentos e as pontes e as casas onde dormiam as pessoas que em breve não existiriam mais. 

    A fábula do Cunha





    (Recife, PE) 

    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Egberto Gismonti & Naná Vasconcelos - Dança das Cabeças

    IN MEMORIAM NANÁ!!


    Remoções na Vila Autódromo expõem o lado B das Olimpíadas do Rio


       

    ""Bem-vindos" à Vila Autódromo, "a comunidade que venceu o prêmio internacional de urbanismo". Ali, espremidos entre o Parque Olímpico —que concentrará as principais atividades das Olimpíadas de 2016— e a lagoa de Jacarepaguá, no meio do gigante canteiro de obras que se tornou a zona oeste do Rio de Janeiro, os adolescentes andam de bicicleta nas ruas de terra batida e as crianças brincam no parquinho. Não há tráfico e nem milícia. O terreno é plano, de fácil acesso. E a vida, mesmo com todas as suas dificuldades, sempre foi tranquila, feliz. Seus moradores, há décadas vivendo lado a lado, batem papo nas esquinas, nos comércios e nos botecos. Mas o assunto parece ser único: resistir a deixar o local. "Todos nós temos medo, mas não podemos nos acovardar", discursa Maria da Penha Macena, de 50 anos, diante de duas dezenas de vizinhos que, às seis horas da tarde de um sábado, se reúnem na pequena igreja da comunidade."

    "Aqui é tudo diferente. O espaço é maravilhoso. Não é uma favela, é uma comunidade: tranquila, ordeira, pacífica. Temos nosso espaço, nossos pés de frutas, nossas casas são espaçosas", conta Penha, que também acolheu em seu terreno seus cunhados e sua mãe. "Éramos livres. Somos livres".

    "Começou, a partir de então, um assédio cotidiano dos funcionários da Prefeitura, segundo relatam os moradores. "O prefeito mente. Os moradores estão sendo coagidos a aceitar a indenização", diz uma pichação logo na entrada da vila. Bienenstein explica: "Esses funcionários dizem que a família deve sair senão vão perder tudo. Fazem pressão, dentro da comunidade e dentro das famílias".

    Essa pressão é a mesma estratégia (documentada no livro SMH 2016: Remoções no Rio de Janeiro Olímpico) aplicada em outras desocupações: as pessoas acabam cedendo e abandonam o lugar, as casas são demolidas e vários pertences —fogões, geladeiras, móveis— são deixados na rua. Os que ficam passam a viver em um insuportável cenário de guerra, ao mesmo tempo que são pressionados a fazer o mesmo. Os moradores vão ficando uns contra os outros e a favela acaba dividida. E assim, pouco a pouco, vai sendo removida."

    "A maioria dos cidadãos que são obrigados a deixar suas casas nas favelas do Rio de Janeiro são reassentados em áreas distantes da cidade, onde são construidos os edifícios do programa Minha Casa, Minha Vida (Governo Federal) ou Morar Carioca (Prefeitura do Rio), e sem poder de escolha. Esses programas habitacionais são, segundo conclui o mencionado livro, um instrumento de "segregação espacial", uma vez que "libera" as áreas mais valorizadas da cidade para a especulação imobiliária e remove a população mais humilde para as margens da área urbana, longe de suas relações sociais, familiares e de trabalho."

    " "É uma pena. A recuperação da Vila Autódromo poderia ter sido um legado, um cartão de visitas de como fazer Olimpíadas. Esse teria sido o legado verdadeiro"."


    leia a reportagem de Felipe Betim​
    Remoções na Vila Autódromo expõem o lado B das Olimpíadas do Rio | Brasil | EL PAÍS Brasil

    https://youtu.be/fnLiafOl_NA

    21 frases para dizer que você não é machista (mas que demonstram o contrário)


    'Spoiler': se a frase começar por um “não sou machista, mas...” provavelmente ela é machista



     

    Frases como “quando teremos o Dia do Homem?” “não soam” como machistas e algumas pessoas até mesmo as consideram igualitárias. “Somos filhas e filhos da socialização e dos costumes”, explica, e ambos continuam tendo um componente androcêntrico e patriarcal”.

    leia a lista>>

    Dia da Internacional Mulher: 21 frases para dizer que você não é machista (mas que demonstram o contrário) | Estilo | EL PAÍS Brasil:

    foto Mahmud Hams

    terça-feira, março 08, 2016

    Que cara é essa?



    (Porto Alegre, RS)
    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges


    Marcadores: ,

    John Legend Adds Lyrics to the "Downton Abbey" Theme Song

    Polícia Federal investigando os pedalinhos do Lula


    De LUCIA HELENA RUFINO:




    Os triplex





    (Fortaleza, CE)

    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: China Anti Herói

    Eu dei o Tom para Matheus dançar
    Só uma canção para alguém
    Cantarolar

    Grampo



    Noticiam que a Polícia Federal aproveitou que tinha batido lá na casa do Lula para implantar de forma escondido um grampo.
    Gente, pra que isso?
    Era só´deixar lá a Jandira Feghali!

    O depoimento mais bombástico da Operação Lava-Jato


    assista aqui: 

    UOL Mais > Audiência da Lava Jato confunde testemunha; assista

    Jornal Editorial



    Há algum tempo eu não assistia ao Jornal Nacional. Ontem liguei o Globo Play, enquanto trabalhava no computador, acompanhando numa janela. Fiquei impressionado.O telejornal abriu com minutos e minutos de pau puro no Lula. Ligando fatos soltos com bastante veemencia. Na mesma edição, outras noticias na rubrica "corrupçao" (Luis Estevão e Cunha) apareceram só rapidamente lá pelo fim do programa.

    O interessante é que eu assistira antes ao Jornal da Band, que dera as mesmas notícias, mas num tom mais jornalistico e menos sensacionalista.

    segunda-feira, março 07, 2016

    O pai da facção



    (Vitoria, ES)
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Previsão do Tempo




    (Belo Horizonte, MG)
      
    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    Donald Trump: O apogeu de Trump expõe o racha político e social dos Estados Unidos | Internacional


     

    "A ansiedade política vem de uma sensação de incerteza e é um sentimento negativo, incômodo”, afirma Gadarian, por e-mail. “Para muitos americanos que estão passando por dificuldades financeiras, existe uma sensação de precariedade que os faz questionar a futura segurança econômica deles próprios, de suas famílias e do país. A isso se soma uma ansiedade profunda entre certos segmentos da população em relação às mudanças demográficas e culturais que ocorreram a um ritmo rápido nas últimas décadas nos Estados Unidos”.

    Gadarian cita a diversidade racial e a ascensão à Casa Branca de um afroamericano, ou ainda a conquista dos direitos civis por gays e lésbicas. O país de algumas décadas atrás está irreconhecível."

    "Antes disso, há semelhanças com o Partido Americano de meados do século XIX, conhecido como os Know-Nothing (“não sabem nada”). “Sua agenda consistia em dificultar que os imigrantes se tornassem cidadãos americanos”, conta. “Eles se opunham especialmente aos imigrantes católicos: irlandeses e alemães. Acreditavam que eles roubavam o trabalho dos americanos protestantes e os viam como escravos do Papado”.


    leia o artigo de Marc Bassets​ >> 
    Donald Trump: O apogeu de Trump expõe o racha político e social dos Estados Unidos | Internacional | EL PAÍS Brasil

    O roteiro da 'Operação Congonhas' contra Lula



    Fernanda Cruz / Agência Brasil
     
    "Uma das hipóteses é que isto tenha sido um balão de ensaio. Como a primeira tentativa de golpe no Chile, em 1973. Para observar a reação das forças legalistas. Pode ser.

    Mas há duas coisas certas: eles vão tentar de novo; e não contavam com a pronta reação que houve"


    leia o artigo de Flavio Aguiar
    O roteiro da 'Operação Congonhas' contra Lula - Carta Maior

    Condução coercitiva



    CACO XAVIER
    (Rio de Janeiro, RJ)

    Marcadores: ,

    Unwed Woman Takes Photos With Mannequin Family Over 14 Years






    "Ha ha! What kind of Woman would do such a thing? Crazy, nutter, psycho, weirdo, histrionic freak! Is that what comes to mind when you see these photos? If so, then you have proven my point. You’ve just judged a woman without knowing her. Don’t worry, you’re not alone.

    Most often a woman is defined by the relationship of Wife and Mother. Without those roles, she lies outside our frame of reference. So we find other labels for her. Most of them not so flattering."


     
    see the gallery
    Playing House Project by Suzanne Heintz





    Unwed Woman Takes Photos With Mannequin Family Over 14 Years | Bored Panda

    Jenny Beavan: palmas para ela



    "Explicou que não usa salto alto porque tem pés complicados, nem vestidos de gala porque ficaria ridícula. Aliás, não usa vestidos, ponto. “E lamento informar, acrescentou, “gosto de me sentir confortável. Então escolhi essas peças como homenagem a ‘Mad Max’. Aliás, acho que estou bem vestida, até este broche coloquei — é fantasia, mas enfeita”."

    "E já que estamos em semana de Dia da Mulher, fica a recomendação final do mulherão que encara qualquer tapete vermelho com pé no chão: “Você não precisa parecer uma supermodelo para ter sucesso. Se pudermos lembrar disso, seria uma coisa ótima. É muito bom se sentir bem, porque então você pode fazer qualquer coisa”. Estava feliz porque a filha tinha achado a maior graça no seu figurino black-tie."

    leia o artigo de Dorrit Harazim

    pela cochlea: Instituto - "Seco" (feat. Lyrics Born, BNegão & Joyo Velarde)

    ISTO FOI


    "O que se passou de quinta (3) para a sexta (4) passadas não foram ocorrências desconectadas. Foram fatos combinados para eclodirem todos de um dia para o outro, com preparação estonteante no primeiro e o festival de ações no segundo. O texto preparado na Lava Jato para entrega ao Supremo Tribunal Federal, como compromisso de delação de Delcídio do Amaral, está pronto desde dezembro. À espera de determinada ocasião."

    "Situação curiosa: o Delcídio tratado como parlapatão, pelo que disse ao Cerveró filho, merece crédito absoluto quando incriminador de Dilma e Lula, e volta a ser declarante desprezível quando nega as incriminações. Uma oscilação que pode ser política ou ter qualquer outra origem, mas jornalística não é."

    leia mais na coluna de Jânio de Freitas​ >>

    domingo, março 06, 2016

    The Science Behind Why It Hurts So Much to Step on a LEGO




    Death, taxes, and stepping on a LEGO: the three universal inevitabilities. We can’t tell you how to prevent any of them, but we can offer some scientific insight into that last item

    The Science Behind Why It Hurts So Much to Step on a LEGO | Mental Floss:

    Só pode ser



    (Rio de Janeiro, RJ)
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Vi: ANOMALISA (dir Charlie Kaufman & Duke Johnson, EUA, 2015)

    CharlieKaufman
    Pathos em animação
    A crise do mundo, crise de um homem, tudo à sua volta o mesmo, todas as vozes identicas, rotina & melancolia.
    UMa alma gemea, um raio de luz, do mais inesperado, cintila por pouco, o bastante para colorir os cinzas?

    Como li numa crítica "contém mais sentimento do que 99,99% dos filmes live-action".
    (E bonequinhos de animação trepando...)

    Premio do Juri no Festival de Veneza. 

    Quinta... Sexta...






    (Vitoria, ES)

    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    O sonho esmorece, em um dia triste

    "Insisto: muitos dos que o acusam já fizeram a mesma safadeza. Mas a promiscuidade dos outros não o absolve. Pelo contrário, acho. Frustra corações e mentes de milhões de brasileiros, notadamente dos mais jovens, que acreditaram num projeto generoso e socialmente inclusivo do PT. E frustra, principalmente, quem acreditou neste retirante nordestino que venceu desafios gigantes e chegou a comandar a sétima maior economia do planeta.

    Ao chegar ao poder, em 2003, Lula encantou o Brasil e o mundo ao manter a política econômica do governo anterior e, com a casa arrumada por FH, acelerar as políticas sociais. Fez isto sem deixar de ser o Lula de sempre. Aquela foto dele carregando um isopor na base naval de Aratu, na Bahia, ilustra o que quero dizer. E isto num país em que as pessoas, quando ficam ricas, passam a jogar tênis e golfe (nada contra, mas estes não são os esportes preferidos dos jovens do sertão pernambucano)"

    "Ainda assim, acho, ontem foi um dia triste. Se o sonho não morreu, esmoreceu. Não sei o que pensa hoje FH. Mas, em julho, em entrevista à revista alemã “Capital”, o tucano, mesmo achando impossível que Lula não soubesse de nada, ponderou: “Lula é um líder popular. Não se deve quebrar esse símbolo, mesmo que isso fosse vantajoso para o meu próprio partido.”"

    leia o texto de ANCELMO GOI

    Conduções





    (Belo Horizonte, MG)
      
    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Transglobal Underground - London Calling {The Clash}

    Menos...

    Marcadores: ,

    As turbas digitais – Pedro Dória


     Como ganhar dinheiro nas redes sociais

    "Mas Trump faz mais. Ele compreende, talvez de forma intuitiva, como se dá o diálogo na internet. Porque é isso que está ocorrendo em todas as democracias ocidentais: a natureza do debate político mudou. Onde antes havia uma busca pela aparência de civilidade, hoje é o contrário. O debate se tornou acirrado, agressivo, polarizado e, cada vez mais, dominado pelos extremos ideológicos. Trump não apenas compreende a natureza deste novo diálogo. Ele a abraça."

    "Turbas raivosas, que humilham com ferocidade por qualquer deslize, fazem parte da teia digital. Se encontrar o veio certo, à direita ou à esquerda, um político pode capturar um bom número de eleitores cuja principal fonte de informação é online. Num mundo pós-fascista e pós-comunista, ambos podem encontrar espaço para renascer."


    leia a coluna de Pedro Doria​ >> 

    As turbas digitais – Pedro Dória | Alagoinhas Hoje

    Cada vez mais próximos de Hitler


    Do ponto de vista meramente jurídico, o Estado nazista era totalmente legal, e este era seu dado mais aterrador.
    Bem, nesta semana a Assembleia Nacional francesa aprovou a primeira etapa para a "constitucionalização do Estado de emergência".

    Depois dos ataques terroristas do ano passado e da situação de "grave insegurança", seu governo apresentou um série de medidas por meio das quais o Estado procura se aproveitar da situação para criar uma suspensão legal da lei por tempo indeterminado. Seu primeiro-ministro já afirmou claramente que o estado de emergência deveria durar até que o Estado Islâmico deixasse de ser uma ameaça.

    Mas e se demorar 12 anos para "destruir" o Estado Islâmico? E se depois do EI vier outro grupo, da mesma forma que os próprios vieram depois da Al Qaeda? Não estaríamos atualmente a assistir a uma espécie de autodestruição das democracias parlamentares?


    leia o artigo de VLADIMIR SAFATLE 


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER