This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, novembro 21, 2015

    Erick Erickson’s absurd “Star Wars” freakout is exactly why right-wing gun arguments make no sense


    The conservative pundit said he'll be skipping "Star Wars" in theaters because terrorists with guns might show up



    Erick Erickson's absurd "Star Wars" freakout is exactly why right-wing gun arguments make no sense  "The right is irrational in a number of ways in this debate. While they are fulminating about the threat of widows and three year old Syrian refugees coming to kill us in our beds, they are so rigid and dogmatic about their right to own guns that they not only believe the slightest restriction would be more devastating than a body riddled with bullet holes, they insist that even terrorist suspects must be allowed to own guns. We can torture them, imprison them indefinitely and kill them with no due process but by God, no one shall infringe a terrorist’s constitutional right to bear arms."

    " Erickson got caught with his pants wet and has had to backtrack. He now says that he is not afraid to go to the movies because he will be carrying a gun and assumes that others will too. If that’s true, a lot of people should rethink their plans to attend Star Wars. With theaters full of armed men who are quivering in fear and ready to fire at the first loud noise, does seem wise to avoid that situation. Those fellows are dangerous even when they aren’t on edge from terrorist attacks that happened on other continents."

    read more
    Erick Erickson’s absurd “Star Wars” freakout is exactly why right-wing gun arguments make no sense - Salon.com

    Valadares





    (Belo Horizonte, MG)
      
    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Elza Soares - A Carne (Negra).

    pela cochlea: Ellen Oléria - Zumbi (Jorge Ben)

    O negro que se tornou o primeiro caso na Justiça de racismo no Brasil



       

    "Esta não é a primeira vez que Fernando Dias, de 63 anos, aparece num jornal. Em 1955, com pouco mais de três anos, ele ocupou as páginas dos diários cariocas durante meses. Sua história foi batizada como “o caso do menino preto” e foi, segundo os cronistas, a primeira vez que o Judiciário brasileiro enfrentava um caso de racismo. Fernandinho, bisneto de escravos e filho de uma empregada e um mordomo de Petrópolis, foi matriculado na então mais nova escola de elite em Copacabana, a The Happy School. Com doutrina canadense, o jardim de infância matriculou rapidamente sobrenomes reluzentes como Van Lammeren, Malcon Morris, Von Bertrand... A maioria de diplomatas que, em seguida, demonstraram seu desconforto ao ver seus filhos brincando com um negro."

    leia a reportagem de Maria Marín >>

    O negro que se tornou o primeiro caso na Justiça de racismo no Brasil | Brasil | EL PAÍS Brasil

    Da futebolização da tragédia

     
     
    QUINHO 
    (Belo Horizonte, MG) 
    para ver outras charges 
    clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    Da lenda ao ostracismo, a história de Daminhão Experiença

     
Daminhão Experiença, em seu apartamento em Ipanema
Foto: Fábio Seixo

    "Nascido Damião Ferreira da Cruz, supostamente no município de Lauro de Freitas, na Bahia, Daminhão não sabe bem distinguir a realidade da fantasia, e tampouco se esforçou para conquistar os fãs que têm. Músico e compositor, uma figura arredia que sempre evitou holofotes e raramente aceitou convites para shows, ele passou a ser cultuado a partir da década de 1970 por seu rock psicodélico.

    Em sua carreira, gravou mais de 30 vinis (o número é tão incerto quanto todas suas outras histórias), vendidos pelo próprio nas calçadas de Ipanema. Nunca assinou um contrato com gravadora."

    "Já na fantasia, tudo isso faz parte do imaginário Planeta Lamma, uma nação criada na mente de Daminhão e onde gerações de músicos e outros malucos brasileiros sempre sonharam morar."

    leia a reportagem de André Miranda >>
     
    Da lenda ao ostracismo, a história de Daminhão Experiença - Jornal O Globo:

    foto Fábio Seixo 

    pela cochlea: MISSISSIPPI JOHN HURT Lonesome Valley (1965)


    sexta-feira, novembro 20, 2015

    hihihihi


    (Recife, PE) 
    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Virgínia Rodrigues : Canto De Ossanha (Baden-Vinicius)

    Encantos que podem desaparecer




    " Batizadas há muitos anos, pindaíba e para-tudo nunca tiveram nomes tão atuais. Ambas as árvores estão na região afetada pela tsunami de lama da Samarco. Integram a vegetação do santuário do Parque Estadual do Rio Doce, parte do corredor de biodiversidade da Mata Atlântica, que tem na bacia alguns dos seus últimos remanescentes em Minas Gerais. Ecossistemas que já agonizavam por séculos de atividades predatórias agora podem em boa parte desaparecer. O desastre na água não poupa as criaturas da terra. De peixinhos de aquário a onças, todos correm risco de sumir, alertam cientistas como Malu Ribeiro, coordenadora da Rede de Águas do SOS Mata Atlântica.



    A Bacia do Rio Doce é um microcosmo das misérias ambientais do Brasil. Ali o impacto secular da indústria, da agricultura e da mineração disputam espaço e recursos com ecossistemas delicados. E a tsunami de lama pode ter sido o golpe final para muitas espécies."

    leia a reportagem de Ana Lucia Azevedo >>  
     
    nfde.tk |




    pela cochlea: Cordeiro de Nanã - Os Tincoãs

    Quem nunca... ?



    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Salif Keita & Cesária Évora - Yamore

    Via iris: SIMINDIS KUNDZUI (Ilha do Milharal) - dir George Ovashvili, Georgia, 2014)

    A menina me contou que todo ano ia com seu avô passar um tempo numa ilhota no meio do rio, semeando, cuidando de e colhendo uma plantação de milho. É que boa parte do ano o rio fica numa vazante e brotam da água esses pedaços de terra muito férteis. O avô fica morando na ilhota, numa cabana improvisada. Ela vem e vai remando em pé numa canoa. O tempo passa, as estações mudam, o milho cresce.

    O filme, poema visual, praticamente não tem diálogos. Nem trilha, a não ser os sons da natureza, as chuvas, os bichos, o vento no milharal. Poderia ser um cenário idílico, mas a ilha a plantação e os dois estão rodeados pelo homem. A guerra passa às margens do rio. Soldados rondam perigosamente o roteiro. E o viver na natureza é também uma luta de cada dia.

    O olhar da atriz observa tudo e encanta. Belíssimo filme.

    Esse Brasil...

    O Brasil é um país que...
    Pra começar, tem quase 40 partidos políticos oficiais.
    E agora surgiu mais um: Partido da Mulher Brasileira.
    Onde todos os parlamentares são homens.


    Alô Estado Islâmico!

    https://media.giphy.com/media/3oEdv1Dtil6of02qmQ/giphy.gif

    quinta-feira, novembro 19, 2015

    Conselho de Ética se reune



    IOTTI
    (Porto Alegre, RS)

    clique nas charges para ve-las em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges
    Marcadores:

    Marcadores: ,

    Gene Kelly and Fred Astaire were dancing to Uptown Funk all along -





    Mashup of “Uptown Funk” and Hollywood Golden Era movie dancing (VIDEO).

    O poema de Bento Rodrigues que está rolando na internet


    Terror em Paris




    (Campinas, SP)
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Frank Sinatra ~ Let's Face the Music and Dance (Irving Berlin)



    while there's music and moonlight
    and love and romance
    let's face the music and dance

    Mundo burro. Matrix dos fizadunha.


    De AROEIRA

    Mundo burro. Americanos e russos bombardeiam, alternando-se, " redutos do EI" na Síria. Franceses vendem armas pra geral. Onda de refugiados aumenta. Terroristas atacam Paris e ameaçam outras cidades. Bombardeios são intensificados. Dezenas de mortos. Militantes e soldados, terroristas de todos os lados. E os civis. Centenas. Mais atentados. Em países do ocidente e em países do oriente. Milhares fogem. Cristãos, muçulmanos e judeus morrem. Mais bombardeios. Mais cristãos, judeus e muçulmanos morrem. Muitos muçulmanos. Muitos palestinos. Mencionei os curdos? Morrem também. E os massacres do Boko Haram na África central? Sim, monstruosos. Produto direto dos desastres do colonialismo, e da corrupção implantada por este. Naturalmente, a mídia ignora e etc.. A não ser que precise da notícia, "to make a point". Se não, como agora, quando a comoção pelos franceses é suficiente, nem lembram. Ah, e isso sem falar nos monumentais desastres ambientais. Um atrás do outro, o próximo superando o anterior e assim por diante. Silêncio da mídia. Silêncio dos líderes. Já perceberam o que há em comum nesses "incidentes" todos? Petróleo, minério, subprime e armas... Em resumo, o Dinheiro. Na verdade, não é o dinheiro, é o Capital. Pensando melhor, não é o capital, é o Capitalismo. Refletindo mais profundamente, mesmo este poderia ser bem melhor, ou pelo menos, menos estúpido e brutal. Poderia, mas acho que a "mão invisível" tem outros planos. O Mercado é ph*da. Portanto, não dá pra culpar só as ferramentas da estupidez: o terrorista, o político assassino, o linchador, o mentiroso profissional na mídia, o policial matador, o traficante. São só drones. Culpadíssimos, criminosos... Mas drones. O grande Pepino é a estrutura que aloja estes psico/sociopatas, a cola que mantém estes imbecis unidos. A Matrix dos fidazunha.

    Minas: como dói!


    Sobrou um vídeo. Mostra aquela paisagem tranquila do interior de Minas, com montanhas e vales verdes, casinhas pequenas, pastos, um resto de arquitetura colonial. Um homem passa no seu cavalo branco, pessoas conversam sentadas em cadeiras na calçada; ao fundo, o som de uma viola caipira. Uma igreja branca, uma praça, ruas de terra batida e o restaurante de comida caseira de Sandra Dometirdes. É ela quem descreve os encantos do lugar para a repórter Thatiana Zacarias Freitas, recomendando uma cachoeira boa para banho e um passeio de vinte minutos pela mata, onde há mais quedas d’água e as ruínas de uma outra igreja — tudo isso sem falar numa coxinha famosa e em pés de moleque e cocadas. Bento Rodrigues também estava ficando conhecida na região pela sua geleia de pimenta biquinho, produzida por um grupo de sete mulheres e um homem da associação de hortifrutigranjeiros local.

    quarta-feira, novembro 18, 2015

    A outra travessia do Mar Vermelho






    (Recife, PE) 
    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    O assassinato das mineradoras

     
      Desastrem em Mariana  

    Em Minas Gerais mais de 80% da economia gira em torno da mineração, que paga poucos impostos em relação ao lucro obtido com a atividade e aos danos ambientais. A MBR acabou com a Serra do Curral, em Belo Horizonte; a CBMM que explora o nióbio é acusada de esconder a verdade sobre os danos causados em Araxá; e tantas outras vêm destruindo a nossa Minas Gerais. Agora ficou escancarado o fracasso do Estado e a farsa das mineradoras.

    E o Estado sumiu... Não foi capaz de fazer o seu papel de fiscalizar e proteger a população. Há muita corrupção nos órgãos de fiscalização no Brasil ou falta de condições de trabalho. E muitas vezes quando um servidor público quer fiscalizar uma empresa grande e poderosa, encontra resistência e sofre perseguição.

    Logo após a tragédia um Secretário de Estado de Minas Gerais, Altamir Rôso, disse que a Samarco foi vítima do acidente. Veja que inversão de valores, que acinte! Ainda o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, deu uma coletiva à imprensa na própria sede da Samarco. A presidente da República, Dilma Rousseff, lamentou a tragédia apenas pelo Twitter e só foi visitar o local uma semana depois. O IbamaS Brasil, órgão federal responsável pelo meio ambiente, anunciou que as multas podem chegar a centenas de milhões, mas sabemos que elas raramente são pagas, devido a manobras e instâncias para recorrer.

    leia mais no texto de francisco campera

    Desastre em Mariana: O assassinato das mineradoras | Opinião | EL PAÍ

    segunda-feira, novembro 16, 2015

    Cunha ofereceu nome da mãe como senha em banco suíço




    (Vitoria, ES)
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Lama de Mariana: Como o jornalismo é engolido nas grandes tragédias



     Resgate de cadela após quatro dias do rompimento da barragem (Foto: Douglas Magno/AFP)

    Dez breves considerações para uma autocrítica necessária sobre a cobertura do rompimento das barragens de rejeitos de mineração, em Mariana (MG), ocorrido na última quinta (5). Ressalto que há coberturas muito justas sendo realizadas pelas imprensas tradicional e alternativa. Ou seja, o objetivo não é generalizar, mas convidar à reflexão:


    "1) Onde você escreve apenas “Samarco'', como responsável pela catástrofe da barragem de Mariana, acrescente “Vale'' e “BHP''. Diga ao seu chefe para esquecer que a Vale é grande anunciante do seu veículo pelo menos desta vez."

    "5) Publicar release da empresa sobre o ocorrido em formato de notícia sem checar uma informação é passaporte para o inferno sem escalas."

    leia mais na postagem de Leonardo Sakamoto​
    Lama de Mariana: Como o jornalismo é engolido nas grandes tragédias - Cotidiano - Cotidiano

    foto: Douglas Magno

    pela cochlea: Silvério Pessoa - Cipó da Goiabeira


    Oh! Tem folia de Reis
    Em Água Fria e em Jaboatão
    Tem a cobra chinesa
    Mamãe não bata no menino
    Deixe o menino brincar

    De barra-bandeira, pião, academia, de bola-de-gude,
    Polícia-ladrão, tomar banho de rio, berlinda e pipa,
    Jogar futebol, passarás a bandeira, de pega-pegou,
    Calçadinha de ouro, se esconde, se esconde,
    Cantigas de roda


    http://cloudmp3.com.br/listen/cip-de-goiabeira-silv-rio-35370252

    clique na imagem,,,


    A demissão de Sidney Rezende e sua crítica ao jornalismo



    Sidney

    "Uma trupe de jornalistas parece tão certa de que o impedimento da presidente Dilma Rousseff é o único caminho possível para a redenção nacional que se esquece do nosso dever principal, que é noticiar o fato, perseguir a verdade, ser fiel ao ocorrido e refletir sobre o real e não sobre o que pode vir a ser o nosso desejo interior. Essa turma tem suas neuroses loucas e querem nos enlouquecer também.

    O Governo acumula trapalhadas e elas precisam ser noticiadas na dimensão precisa. Da mesma forma que os acertos também devem ser publicados. E não são. Eles são escondidos. Para nós, jornalistas, não nos cabe juízo de valor do que seria o certo no cumprimento do dever.

    Se pesquisarmos a quantidade de boçalidades escritas por jornalistas e “soluções” que quando adotadas deram errado daria para construir um monumento maior do que as pirâmides do Egito. Nós erramos. E não é pouco. Erramos muito.

    Reconheço a importância dos comentaristas. Tudo bem que escrevam e digam o que pensam. Mas nem por isso devem cultivar a “má vontade” e o “ódio” como princípio do seu trabalho. Tem um grupo grande que, para ser aceito, simplesmente se inscreve na “igrejinha”, ganha carteirinha da banda de música e passa a rezar na mesma cartilha. Todos iguaizinhos
    ."

    leia mais clicando abaixo 
    Chico Alves | A demissão de Sidney Rezende e sua crítica ao jornalismo

    Recifes de Abrolhos ameaçados pela lama de Mariana

     


    "Próximo à foz, convivem jubartes, dourados, meros, raias mantas. É ali o limite Norte no Brasil das toninhas, golfinho mais ameaçado do país. A região — considerada pelo governo federal área prioritária de conservação — também é ponto estratégico para sobrevivência de botos-cinza. O local é ainda o único ponto no Atlântico Sul ocidental com concentração de desovas de tartaruga-de-couro, espécie mais ameaçada de extinção no Brasil; e 2º maior ponto de concentração de desova de tartaruga cabeçuda, assistidas por uma importante unidade do Tamar em Regência."

    mais na reportagem de Dandara Tinoco​
    Recifes de Abrolhos ameaçados pela lama de Mariana - Jornal O Globo

    foto. Enrico Malcovaldi

    Justiça mantém indenização de ex-agente da Lei Seca a juiz


     

    ""(...) Não se olvide que apregoar que o réu era “juiz, mas não Deus”, a agente de trânsito zombou do cargo por ele ocupado, bem como do que a função representa na sociedade. (...) Em defesa da própria função pública que desempenha, nada mais restou ao magistrado, a não ser determinar a prisão da recorrente, que desafiou a própria magistratura e tudo o que ela representa. (...) Por outro lado, todo o imbróglio impôs, sim, ao réu, ofensas que reclamam compensação. Além disso, o fato de recorrido se identificar como Juiz de Direito, não caracteriza a chamada ‘carteirada’, conforme alega a apelante", diz um trecho da decisão"

    mais na reportagem de Gustavo Goulart >>


    Justiça mantém indenização de ex-agente da Lei Seca a juiz - Jornal O Globo

    domingo, novembro 15, 2015

    Paris está em chamas




    (Fortaleza, CE)

    para ver outras charges
    clique em marcadores:charges





    (Recife, PE) 

    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges 






    SID
    (Salvador, BA)
     
     
     
     












      (Campina Grande - PB)

    para ver outras charges
    clique em marcadores charges 




     

    Marcadores: , , , ,

    Lucro x Multa

    Moradores relatam saques e desespero por água mineral em Governador Valadares





    Moradores relatam saques e desespero por água mineral em Governador Valadares



     

     

    fotos Gabriela Biló

    Lama contaminada tem concentração de metais até 1.300.000%  acima do normal



    Localizado na parte baixa de Mariana, na região central de Minas, o distrito de Bento Rodrigues era um lugarejo tranquilo que abrigava 188 famílias. Todas elas ficaram desabrigadas após o rompimento de duas barragens de mineração da Samarco


    "O infectologista destaca que a Samarco já deveria ter tornado públicas as análises de qualidade da água, principalmente em relação aos metais pesados, que podem trazer consequências mais graves - já se passaram seis dias do desastre enquanto Vale e Samarco não apresentaram nenhum estudo das amostras coletadas."

    leia a reportagem de Enzo Menezes​ >> 
    Lama contaminada tem concentração de metais até 1.300.000%  acima do normal  - Notícias - R7 Minas Gerais


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER