This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, março 21, 2015

    pela cochlea: Sombras - Concha Buika e Chucho Valdés



    Y en la penumbra vaga
    De la pequeña alcoba,
    Cuando una tibia tarde
    Me acariciabas toda,
    Te buscarán mis manos,
    Te besará mi boca
    Y aspiraré en el aire
    Aquel olor a rosas,
    Cuando tú te hayas ido, amor
    Me envolverán las sombras.

    Fases do Lava Jato




    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    para ver outras charges clique 

    em marcadores:charge

    Marcadores: ,

    PALAVRAS: Terry Pratchett


    Pecado é quando se trata as pessoas como coisas.
    Inclusive a si mesmo. 

    - Terry Pratchett


    It´s only words: Terry Pratchett



    Sin is when you treat people as things.
    Including yourself.


    - Terry Pratchett

    pela cochlea: Arctic Monkeys - Fireside



    I'm not sure if I should show you what I've found
    Has it gone for good?
    Or is it coming back around?
    Isn't it hard to make up your mind?
    When you're losing and your fuse is fireside

    De volta às panelas



    (Vila Velha, ES)

    para ver outras charges clique 

    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Canal Nostalgia


    21 provas de que o brasileiro é capaz de fazer piada com qualquer coisa


     Nem uma placa de trânsito.

    veja mais
    21 provas de que o brasileiro é capaz de fazer piada com qualquer coisa

    sexta-feira, março 20, 2015

    O panelaço continua



    (Belém, PA) 

    para ver outras charges

    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    Em acórdão inédito, STF reconhece direito de adoção e denomina casais homoafetivos como família


     "A Constituição Federal não faz a menor diferenciação entre a família formalmente constituída e aquela existente ao rés dos fatos. Como também não distingue entre a família que se forma por sujeitos heteroafetivos e a que se constitui por pessoas de inclinação homoafetiva. Por isso que, sem nenhuma ginástica mental ou alquimia interpretativa, dá para compreender que a nossa Magna Carta não emprestou ao substantivo "família" nenhum significado ortodoxo ou da própria técnica jurídica. Recolheu-o com o sentido coloquial praticamente aberto que sempre portou como realidade do mundo do ser. Assim como dá para inferir que, quanto maior o número dos espaços doméstica e autonomamente estruturados, maior a possibilidade de efetiva colaboração entre esses núcleos familiares, o Estado e a sociedade, na perspectiva do cumprimento de conjugados deveres que são funções essenciais à plenificação da cidadania, da dignidade da pessoa humana e dos valores sociais do trabalho. Isso numa projeção exógena ou extramuros domésticos, porque, endogenamente ou interna corporis, os beneficiários imediatos dessa multiplicação de unidades familiares são os seus originários formadores, parentes e agregados. Incluído nestas duas últimas categorias dos parentes e agregados o contingente das crianças, dos adolescentes e dos idosos. Também eles, crianças, adolescentes e idosos, tanto mais protegidos quanto partícipes dessa vida em comunhão que é, por natureza, a família. Sabido que lugar de crianças e adolescentes não é propriamente o orfanato, menos ainda a rua, a sarjeta, ou os guetos da prostituição infantil e do consumo de entorpecentes e drogas afins."

    Leia Mais:
    Em acórdão inédito, STF reconhece direito de adoção e denomina casais homoafetivos como família | Revista Lado A

    O monopólio que pode f#)&* o mercado de HQs no Brasil



    Desde que Dinap e a Chinaglia foram fundidas sob o guarda-chuva da Abril, uma série de novas dificuldades surgiram no mercado editorial brasileiro – e isso inclui, claro, as editoras de histórias em quadrinhos, que estão tendo um caminho mais difícil, quase impossível, pra chegar nas bancas

     



    Midtown Comics, em Nova York (Scott Beale / Laughing Squid)

    "A ÚNICA distribuidora do PAÍS tá procurando editoras menores e oferecendo um esquema abusivo.

    “Hoje, mais de 56% do preço de capa fica com eles. Duvido que os donos de banca fiquem com mais de 26%”, afirma. No passado, a distribuidora ficava com por volta de 53% do valor de venda. “E não é só isso: se a venda gera menos de R$3.500 de pagamento para eles, precisa pagar uma ‘multa’ pra inteirar esse valor”.


    leia a reportagem de Renan Martins Frade​ > 
    O monopólio que pode f#)&* o mercado de HQs no Brasil:

    Via Iris: LE MERAVIGLIE (Alice Rohrwacher, Italia, 2014)

    A volta da ditadura


    (Porto Alegre, RS)

    para ver outras charges clique 

    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Traço Livre – Galeria Scenarium realiza exposição sobre humor gráfico


    Quais são os papéis e os limites do humor nos dias de hoje? Estas e outras questões fazem parte da exposição “Traço Livre”, cuja estreia acontece no próximo dia 4, na Galeria Scenarium, localizada na Rua do Lavradio, nº 15. Com curadoria de Ana Pinta e Ricky Goodwin, a mostra terá 24 obras, divididas entre chargistas e ilustradores/artistas gráficos, de diversas gerações e estilos, e traz uma reflexão sobre o papel do humor no mundo atual. “Muitas coisas estão perdendo a graça e o riso pode se transformar num gesto perigoso”, afirmam os curadores

    miran 24 x 16


    A ‘Traço Livre’ é uma exposição variada e abrangente, com desenhos em papel, pintura em tela, xilogravura, além de uma obra tridimensional. A mostra conta com grandes nomes das artes gráficas, como Ziraldo, Jaguar, Claudius, Chico Caruso, Aroeira e Rubem Grillo.
    ziraldo


    A motivação central da exposição são os fatos relacionados com o atentado ao jornal francês Charlie Hebdo, ocorrido no começo do ano em Paris. “O atentado teve grande repercussão em todo o mundo, o que gerou um impacto profundo entre a classe dos humoristas gráficos brasileiros, que mantém relações com a redação do Charlie desde os tempos do Pasquim. Muitos artistas brasileiros foram influenciados pelo humor cáustico e o traço anárquico de artistas como Wolinski (assassinado nesse atentado), Reiser e Siné”, afirma Ricky.

    Charge Chico Caruso

    O objetivo da exposição é ir além do noticiário imediato, apresentando temas peculiares à própria criação e publicação do humor gráfico, como a linguagem da sátira, a liberdade de expressão, a força de uma piada, os limites do humor, etc. De acordo com os curadores, a mostra possui um caráter histórico, onde o visitante pode conhecer o registro de uma classe de artistas atingida em seu cerne e que reage através do humor e da criação.
    “As obras expostas representam a documentação de uma volta por cima, de uma recusa à intimidação, um recorte do poder da arte. A exposição está num local histórico, onde os personagens são os próprios artistas, representados pela figura do Lápis, fio condutor da mostra, mas que falam de todos nós que apreciamos as artes. Como diria Vinicius, se estivesse por aqui: ‘Mais que nunca é preciso gargalhar’”, afirma Ricky.
    claudius

    Marcadores:

    PELA COCHLEA: O Terno - O Cinza



    Quem vê de cima olha a fumaça se espalhando
    Entre as buzinas, passam quase atropelando
    Mesmo de dia as luzes já estão acesas
    Caiu a noite, mas sem lua nem estrelas

    Nasce mais uma manhã nublada em SP
    Hoje o sol não vai se pôr
    Porque não quis nascer
    O cinza

    Dilma comenta as manifestações




    (Curitiba, PR)

    para ver outras charges

    clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    quarta-feira, março 18, 2015

    Vídeo de Jovem morto por PM provoca Exoneração do Comandante de Batalhão


     

    "Crime cometido por policiais militares, que ficou conhecido como a “FARSA DO REVELLION”, revelou em sua dimensão, o que qualquer criança moradora de periferia no Brasil sabe: A pena de morte no Brasil existe e é executada todos os dias por representantes da lei que se arvoram senhores da lei, e escolhem a esmo quem eles vão matar.A maioria dos mortos é preta e jovem."

    Como funciona o Kit flagrante"

    "O pedreiro Vagner de Sousa Ribeiro, um homem negro de 32 anos, vestindo camiseta regata de uma torcida uniformizada do Palmeiras, está em pânico.

    Acuado, atrás de uma cama de casal em um quarto escuro, Lápis, como é conhecido desde a infância nas ruas do bairro, implora para não ser morto por dois policiais do 2º Batalhão da Polícia Militar que, a pouco mais de dois metros de distância, o têm sob a mira de suas armas.

    Após breve silêncio, Ribeiro recebe mais quatro disparos. Dessa vez eles partem de uma carabina CT, calibre .30. O cheiro da pólvora se mistura ao do sangue que escorre do corpo do pedreiro enquanto o sargento da PM Marcos Akira Rodrigues Teixeira, 35 anos, responsável pelos dois primeiros tiros, se aproxima do homem estirado.
    A luz do quarto é acesa quando o soldado Djalma Aparecido do Nascimento Junior, 25 anos, autor dos outros quatro tiros contra Ribeiro, os de carabina .30, se aproxima do seu superior imediato, o sargento Akira, e entrega para ele um revólver calibre 32.

    Assim que pega o revólver da mão do soldado Djalma, o sargento Akira dá três tiros com a arma. Dois acertam as paredes do quarto onde Ribeiro já está morto e o terceiro, a porta. Em seguida, a arma é colocada perto do corpo do pedreiro.” 

    LEIA MAIS > 

    Vídeo de Jovem morto por PM provoca Exoneração do Comandante de Batalhão

    terça-feira, março 17, 2015

    Redditors are making sure Terry Pratchett's name lives on forever


     GNU Terry Pratchett, Reddit

    Redditors are using computer code and a niche reference from one of Terry Pratchett’s books to make sure his name lives on forever.
     
    Hundreds of users have left the term ‘GNU Terry Pratchett’ on the /r/discworld forum and others are now leaving it in HTML and JavaScript on their own websites since the author passed away on Thursday. 

    This term derives from the fantasy author’s Discworld series of books and specifically the story of character John Dearheart.

    When Dearheart died in the book, other characters ensured that his soul continued “living on in the overhead” by sending a code around their communication system known as the “clacks”.

     read more>
    Redditors are making sure Terry Pratchett's name lives on forever

    A corrupção é uma senhora idosa




    (Curitiba, PR)

    para ver outras charges

    clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Frei Betto: Brasil de marcha a ré



    "Graças aos programas sociais, 36 milhões de brasileiros saíram da miséria. As ruas se entupiram de veículos novos. Qualquer barraco de favela está equipado com TV em cores, geladeira, fogão, máquina de lavar (graças à desoneração da linha branca) e telefones celulares. E Dilma, na campanha presidencial de 2014, prometeu que nada disso mudaria.

    Agora, tudo muda. O novo lema do governo — “Brasil, Pátria Educadora” — foi anunciado em um dia e, no outro, R$ 14 bilhões foram cortados do orçamento da Educação.






    Quem não semeia não colhe. O governo quis colher onde não semeou. Em 12 anos, não promoveu nenhuma reforma de estrutura. Nem agrária, nem tributária, nem política.


    A crise econômica tende a se aprofundar. Já a política se arrastará até 2018, ano de eleições presidenciais. Se o governo não voltar a beber na sua fonte de origem — os movimentos sociais e as propostas originárias do PT —, as forças conservadoras voltarão a ocupar o Planalto."


    leia mais na coluna de Frei Betto​ > 

    Frei Betto: Brasil de marcha a ré - Opinião - O Dia

    pela cochlea: Goran Bregovic - Train (Silence of the Balkans)

    PSDB no altar




    IVAN CABRAL
    (Natal, RN)


    para ver outras charges 
    clique em marcadores:charges




    Marcadores: ,

    segunda-feira, março 16, 2015

    Eliane Brum: A mais maldita das heranças do PT

     
    "No resultado das eleições ampliou-se a ressonância da tese de um país partido e polarizado. Mas não me parece ser possível esquecer que outros 37.279.085 brasileiros não escolheram nem Dilma nem Aécio, votando nulo ou branco e, a maior parte, se abstendo de votar. É muita gente – e é muita gente que não se sentia representada por nenhum dos dois candidatos, pelas mais variadas razões, à esquerda e também à direita, o que complica um pouco a tese da polarização. Além das divisões entre os que se polarizariam em um lado ou outro, há mais atores no jogo que não estão nem em um lado nem em outro.

    Faz sentido suspeitar que uma fatia significativa destes que aderiram à Dilma apenas no segundo turno, que ou esperavam “uma guinada à esquerda” ou “evitar o mal maior”, ou ambos, decepcionaram-se com o seu voto depois da escolha de ministros como Kátia Abreu e Joaquim Levy, à direita no espectro político, assim como com medidas que afetaram os direitos dos trabalhadores. Assim, se a eleição fosse hoje, é provável que não votassem nela de novo.

    É com essa parcela de brasileiros, que votou em Lula e no PT por décadas, mas que deixou de votar, ou de jovens que estão em movimentos horizontais apartidários, por causas específicas, que apontam o que de fato deveria preocupar o PT, porque esta era ou poderia ser a sua base, e foi perdida.

    O partido das ruas perdeu as ruas porque acreditou que não precisava mais caminhar por elas

    Há algo que o PT sequestrou de pelo menos duas gerações de esquerda e é essa a sua herança mais maldita. E a que vai marcar décadas, não um mandato. Tenho entrevistado pessoas que ajudaram a construir o PT, que fizeram dessa construção um projeto de vida, concentradas em lutas específicas. Essas pessoas se sentem traídas porque o partido rasgou suas causas e se colocou ao lado de seus algozes. Mas não traídas como alguém de 30 anos pode se sentir traído em seus últimos votos. Este tem tempo para construir um projeto a partir das novas experiências de participação política que se abrem nesse momento histórico muito particular. Os mais velhos, os que estiveram lá na fundação, não. Estes sentem-se traídos como alguém que não tem outra vida para construir e acreditar num novo projeto. É algo profundo e
    também brutal, é a própria vida que passa a girar em falso, e justamente no momento mais crucial dela, que é perto do fim ou pelo menos nas suas últimas décadas. É um fracasso também pessoal, o que suas palavras expressam é um testemunho de aniquilação. Algumas dessas pessoas choraram neste domingo, dentro de casa, ao assistir pela TV o PT perder as ruas, como se diante de um tipo de morte.

    O sequestro dos sonhos de pelo menos duas gerações de esquerda é a herança mais maldita do PT, ainda por ser desvendada em toda a sua gama de sentidos para o futuro

    O PT, ao trair alguns de seus ideias mais caros, escavou um buraco no Brasil."


    leia o artigo completo de Eliane Brum​ >

    Eliane Brum: A mais maldita das heranças do PT | Opinião | EL PAÍS Brasil

    Afinal, quantas pessoas tinham nos protestos ?



    (São Paulo, SP)

    quer ver mais charges?

    clique em marcadores: charges  

    Marcadores: ,

    Via Iris: SATAN CAME TO EDEN (Dayne Golfine, Daniel Geller, EUA, 2014)





    Pessoal cisma de ir viver numa ilhota abandonada
    e parte para uma trama de tensão e mistério.

    A história é insólita
    e a maneira de documentá-la também.

    Lixo à deriva na Baía


    "Faltando menos de um ano e meio para os Jogos Olímpicos, dois importantes projetos ambientais para a melhoria das águas da Baía de Guanabara — um compromisso para sediar o evento esportivo — estão sem fôlego. Enquanto os dez barcos de coleta de lixo flutuante seguem com os motores desligados, por falta de pagamento do governo do estado, ecobarreiras instaladas na foz de rios retêm hoje apenas cerca de 150 toneladas de lixo por mês — em 2012, chegavam a 900 toneladas —, porque perderam o apoio de patrocinadores, que negam ter cortado os recursos."
    leia mais> 
    Lixo à deriva na Baía

    O verdadeiro panelaço



    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    para ver outras charges clique 

    em marcadores:charge

    Marcadores: ,

    Blog do Sakamoto : Depende de Dilma

     
    "Ela  prometeu um mandato de políticas progressistas em sua campanha à reeleição e, até agora, adotou apenas uma cartilha conservadora. "

    "Ao mesmo tempo, a economia para resolver os problemas de caixa que sua própria gestão ajudou a criar tem sido feita às custas de mudanças em benefícios previdenciários e sociais. Ou seja, da classe trabalhadora em detrimento aos mais ricos. Enquanto isso, taxação de grandes fortunas, de grandes heranças, de lucros e dividendos ainda é especulação. "

    "Processos de terras indígenas mofam esperando canetadas presidenciais. A reforma agrária parou. Os trabalhadores rurais e urbanos perdem benefícios. Comunidades tradicionais são expulsas em obras que beneficiam grandes doadores de campanha. A tão sonhada reforma urbana não passou nem perto. O combate ao trabalho escravo está deixando de ser vitrine para se tornar vidraça brasileira. Direitos reprodutivos? Ah, vá! Enfim, a lista é maior que isso."

    "Vai depender de seu governo decidir se irá colocar em prática as promessas que vendeu nas eleições para seus eleitores, resgatando, com isso, parte do apoio que se perdeu – o governo deve fazer merecer novamente o apoio dos trabalhadores, que são a verdadeira força deste país. Ou se irá caminhar, com os aliados que restarem, para o buraco."


    leia mais no texto de Leonardo Sakamoto​ >
    Blog do Sakamoto - Cotidiano

    pela lcochlea: Charlie & Os Marretas - MARRETÓN

    3º Turno Fashion Week



    (Salvador, BA)

    quer ver mais charges?

    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    Dilma, a hora é agora -


    "Hoje a elite está mais perdida que cachorro em dia de mudança. "O governo petista é uma quadrilha de ladrões. Abaixo a corrupção". Aí, quando se examinam nomes envolvidos, aparecem Camargo Corrêa, Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS, Queiroz Galvão e gente que divide a mesa ao lado em caros restaurantes. Ou Pedro Barusco e Alberto Youssef, ladrões confessos.

     Vamos à lista do HSBC. Entre traficantes, criminosos e sonegadores contumazes, surgem sobrenomes da fina flor do capitalismo tropical. São culpados? Inocentes?

    Os banqueiros, esses, então, assistem a tudo de camarote. Instalaram um representante no Ministério da Fazenda que festeja o corte de direitos trabalhistas, vibra com a alta de juros e faz pouco das políticas sociais. Ano após ano, os lucros dessa turma engordam enquanto a indústria local definha. Por que diabos a banca iria querer trocar de presidente?

    O problema é daqui pra frente. Ou bem o governo adota uma linha obrigando os milionários a dividir o custo da crise que eles mesmos criaram e avança no projeto da Constituinte ou bem vai passar quatro anos num processo de sarneyzação."


    LEIA MAIS NA COLUNA DE RICARDO MELO > 

    Dilma, a hora é agora - 16/03/2015 - Ricardo Melo - Colunistas - Folha de S.Paulo


    Globo, ufanista

    DEMOCRACIA TEM NOVO 15 DE MARÇO


    domingo, março 15, 2015

    Revisiting Terry Pratchett’s Discworld taught me why I love reading


     


    "His books are fuelled by a deep-seated moral anger about the stupid things humans do: Pratchett was so furious because he was adamant we are all capable of so much more. His Watch novels deployed trolls and trans dwarves to rail against racism and social constraints, but did so by showing how we all have some degree of prejudice. "

    "Above all, what Pratchett gave us is a 40-book love letter to reading. Stories are what the Discworld were built on, with his characters using them to explain the chaos of the world. "

    "His Discworld series forces us to think differently, whether about religion, attitudes towards gender roles, the role of law and leaders, or why we tell stories at all."

    read the articly by Graeme Neill > 

    Revisiting Terry Pratchett’s Discworld taught me why I love reading | Books | The Guardian: Graeme Neill

    pela cochlea: Morrissey: World Peace Is None Of Your Business



    World peace is none of your business
    You must not tamper with arrangements
    Work hard and sweetly pay your taxes
    Never asking what for
    Oh, you poor little fool- oh, you fool

    World peace is none of your business
    Police will stun you with their stun guns
    Or they'll disable you with tasers
    That's what government's for
    Oh, you poor little fool- oh, you fool

    Botando pressão



    MIGUEL
    (Recife - PE) 

    para ver outras charges clique 

    em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    Can You Guess the Movies Behind These Stripped-Down Posters?




     We always appreciate a good guessing game, which is why French artist Madani Bendjellal’s series of retouched movie posters without their titles rates high on our quiz list this week. Bendjellal, whose work we discovered on Fubiz, leaves just a few clues for film poster fans to figure out the name of these iconic movies, based simply on the artwork. It’s a great way to highlight the illustration and photography of each poster’s design.

    Madani Bendjellal’s Stripped-Down Movie Posters – Flavorwire

     Image credit: Madani Bendjellal

    Thousands Sign Petition Asking Death To 'Bring Back' Author Terry Pratchett

     terry pratchett
    Hours after the news of Terry Pratchett’s death broke on Thursday, a fan of the bestselling fantasy author launched a petition on Change.org beseeching the Grim Reaper to please “reinstate” the writer on Earth. 

    read more
    Thousands Sign Petition Asking Death To 'Bring Back' Author Terry Pratchett

    Soltando os cachorros



    (São Paulo - SP)

     quer ver outras charges?

    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Assembleia Legislativa aprova o fim da revista íntima nas penitenciárias do Rio


    — Esse projeto repara uma injustiça com os parentes dos presos. A família é muito importante na ressocialização. Não são poucos os casos em que famílias deixam de fazer visitas porque não querem se submeter a práticas vexatórias.

    — A revista íntima é uma forma de estender a pena ao parente do detento.

    — Os bandidos vão ficar felizes. Essa medida atende a população carcerária, não o cidadão de bem do Rio.


    leia a reportagem de Luiz GUstavo Schmitt´e Caio Barreto > 

    Assembleia Legislativa aprova o fim da revista íntima nas penitenciárias do Rio - Jornal O Globo


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER