This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, setembro 06, 2014

    The Book of Miracles: Rare Medieval Illustrations of Magical Thinking






    "In 1552, a curious and lavishly illustrated manuscript titled Augsburg Book of Miraculous Signs appeared in the Swabian Imperial Free City of Augsburg, then a part of the Holy Roman Empire, located in present-day Germany. It exorcised, in remarkable detail and wildly imaginative artwork, Medieval Europe’s growing obsession with signs sent from “God” — a testament to the basic human propensity for magical thinking, with which we often explain feelings and phenomena beyond the grasp of our logic. This unusual Roman manuscript was recently discovered and published for the first time as The Book of Miracles "

    see it here: 
    The Book of Miracles: Rare Medieval Illustrations of Magical Thinking | Brain Pickings



    pela cochlea: Carla & Rufus Thomas - 'Cause I Love You (1960)

    Previsões para as eleições






    (Vitoria, ES)

    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    100 Most Iconic Shots of All Time - Labeled!


    CineFix, which recently brought us an homage to great film edits, have compiled what they consider movie history’s 100 most iconic shots—from silent film classics to The Notebook—neatly arranged by visual and thematic similarities.

    A história desconhecida da militância de esquerda nas Forças Armadas brasileiras


     
Marinheiros deixam o Sindicato dos Metalúrgicos, onde ficaram sublevados por três dias, menos de uma semana antes do golpe de 1964
Foto: Geraldo Tonel/27-03-1964


    "Depois de cassados, eles passaram a ser vistos como mortos-vivos. Suas esposas recebiam pensões como viúvas. No caso de alguns aviadores, por exemplo, portarias secretas só descobertas anos depois os proibiam de voar. E eram heróis de guerra, muitos participaram da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra.

    A história da tradição da esquerda militar no século XX, assim como as perseguições aos seus membros e simpatizantes durante o Estado Novo e a ditadura militar, é pouco estudada e sofre com a falta de documentação disponível. Cunha diz que os currículos das academias militares ignoram a Coluna Prestes, embora esta seja objeto de pesquisas em instituições estrangeiras."

    leia o artigo de Leonardo Cazes > 

    A história desconhecida da militância de esquerda nas Forças Armadas brasileiras | Portal da Escritora Elaine Elesbão

    É muita pressão!



    (Salvador, BA)
    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,

    sexta-feira, setembro 05, 2014

    Kids and Guns review – a terrifying look at the heart of American culture

     Kids and guns on Channel 4

    "Firearms companies in America are marketing guns – real guns – at children: pink for girls, blue for boys. Incredible, isn't it, in the 21st century? Gender stereotyping like that is so tired and out of date. Let the kids decide what colour guns they want.

    You could say that isn't the main controversy in Kids and Guns  though. Little Kaylin in Kentucky has been given a .22 rifle for her fourth birthday by her dad JD, who lost his legs and an arm to an IED while serving in Afghanistan. You might have thought that would put him off weaponry. Not one bit; it made him realise his purpose, what he's supposed to do, and that's to teach his little girl everything he knows about guns and hunting."


    read the article by Sam Wollaston >

    Kids and Guns review – a terrifying look at the heart of American culture | Television & radio | The Guardian

    David Grossman

    “How could you have wasted the years since the last conflict without initiating dialogue, without even making the slightest gesture toward dialogue with Hamas, without attempting to change our explosive reality? Why, for these past few years, has Israel avoided judicious negotiations with the moderate and more conversable sectors of the Palestinian people … Why have you ignored, for 12 years, the Arab League initiative that could have enlisted moderate Arab states with the power to impose, perhaps, a compromise on Hamas?” 

    - David Grossman, israeli author

    The Smiths - This Charming Man (Official Music Video)



    Why pamper life's complexities
    when the leather runs smooth on the passenger seat?

    Aécio convoca tucanos pra virada


    (Campinas, SP)

    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Rare interviews with the children of America’s immigration crisis




    "Young Central American and Mexican migrants have been coming to the United States for decades in search of family, work and refuge. They do this knowing the journey north is perilous and that they could die en route: An analysis last year by the human rights group the Washington Office on Latin America found that there were at least 463 migrant deaths at the U.S. border in fiscal year 2012. And that’s only counting those who make it that far. During the journey, migrants often witness or experience violence from ruthless smugglers, corrupt border guards and criminal gangs, not to mention hunger, illness and exposure to the elements. NGOs in the United States, Central America and Mexico have reported that many young migrants are kidnapped by cartels that extort money from their families or traffic them for sex and labor. Of the 40 young people I interviewed, nine—seven boys and two girls—told me they were captured by the Zetas cartel in Mexico on their way to the United States. Rape is so common that many migrant girls get birth-control injections before they leave home."]

    read story by Susan Terrio > 

    Rare interviews with the children of America’s immigration crisis - POLITICO Magazine

    British human rights investigators disappear in Qatar, after being followed by plain clothes police



    The two men, who are of Nepalese extraction and both carry British passports, had been in the Qatari capital Doha to record interviews with Nepali labourers and investigate conditions in accommodation camps. They were working in cooperation with Nepalese diplomats in the city.

    Qatar has been strongly criticised for the working conditions of its 1.4m migrant labourers as it races to spend £123bn on new infrastructure ahead of the 2022 World Cup. More than 400 Nepalese, the vast majority of them in Qatar to work on construction projects, died in the Gulf state between January 2012 and this May - a death rate of one worker per day. Qatar has insisted that none of the deaths occurred on World Cup sites.

     read the story by Cahal Milmo:
    British human rights investigators disappear in Qatar, after being followed by plain clothes police - Middle East - World - The Independent:

    Enxerga-se como se vê






    SAMUCA
    (Recife, PE)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    quinta-feira, setembro 04, 2014

    Tres Macacos Sábios


    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Evento “HQ-RIO – Circuito Carioca de Quadrinhos” –



    PROGRAMACAO-HQ-rio-banner-WEB

    Evento “HQ-RIO – Circuito Carioca de Quadrinhos” – PROGRAMAÇÃO | Carlos Hollanda - Arte, Design, HQ, Ilustrar etc.

    De Janio de Freitas:

    Ao distinguir Paulo Maluf com o título de "Senhor Propina", a Transparência Internacional lhe atribui, na campanha "Desmascare o Corrupto", a apropriação de US$ 344 milhões de dinheiro público em quatro anos como prefeito de São Paulo. O que dá a média de US$ 235.617 em cada dia dos 1.460 daquele mandato. Meio milhão de reais arredondados e diários.

    Em São Paulo ninguém viu nada. Paulo Maluf continuou sendo eleito e reeleito muito bem. Agora mesmo, foi por um só voto (4 a 3) que o Tribunal Regional Eleitoral - SP considerou-o incurso na Lei da Ficha Limpa, indeferindo sua candidatura, pela condenação por superfaturamento na obra do túnel Ayrton Senna. Mas porta aberta para o recurso.

    Meio século não deixa dúvida: Paulo Maluf é o xodó de São Paulo.

    pela cochlea: Mauricio Tapajos - Santo Amaro [Aldir Blanc, Franklin da Flauta & Luiz Claudio Ramos]



    Hoje, sozinho, eu voltei feito andorinha à Pedra da Moreninha onde tudo começou Olhando o mar, pensei na vida ao teu lado como um choro do Callado, um piano em Nazareth Saudade grande o dia inteiro, mas com jeito de alegria do pandeiro de Gilberto no Jacob Pra cada dó, um sol maior, um lá sereno, a harmonia do ameno, o amor do resedá Eu funcionário aposentado, coração não conformado antigo e novo feito lua em Paquetá Passou a vida com os ranchos, desfilando União da Aliança, caprichosa em estrelas desenganos desci por ela como desço ainda hoje a ladeira Santo Amaro até o sobrado que o metrô matou Bom era ir, batendo perna, tomar chope na Taberna é outra história, é uma glória, ser da Glória o que é que há ? O rosto dela vela o Rio de Janeiro como a virgem do outeiro guarda o Ameno Resedá

    Enquanto isso, no Oriente Médio...


    (Rio de Janeiro, RJ)
      
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Luis Pimentel: Aldir e o tesouro escondido na caverna da infância


     

    " Como a infância é importante, mesmo que ela não tenha sido grande coisa. Sempre nos acompanhando, cortina de sonhos, memórias vividas ou inventadas (não importa), nos ajudando a suportar o presente de tão pouca poesia. Como a obra (na música ou na literatura) do Blanc está repleta e tesouros escondidos na caverna da infância. Por isso é tão linda."

    leia a coluna do Pimenta
    Luis Pimentel: Aldir e o tesouro escondido na caverna da infância - Diversão - O Dia:

    31 anos depois, inocentes


     Henry McCollum ficou 30 anos preso

     " Henry McCollum deixou a penitenciária de Raleigh, capital da Carolina do Norte, nesta quarta (3), e falou com a imprensa pouco antes de entrar no carro de seu pai.

    "Eu apenas agradeço a Deus por ter me tirado desse lugar. Agora eu quero comer, dormir, acordar amanhã e ver que isso é real", disse.

    Um repórter ajudou-o a prender o cinto de segurança, que McCollum nunca havia usado antes.

    Ele nunca havia usado um celular ou acessado a internet até a semana passada, quando, ainda na prisão, usou o aplicativo Google Maps para ver fotos de sua casa. "

    leia mais clicando no link da reportagem> 

    Folha de S.Paulo - Mundo - 31 anos depois, inocentes - 04/09/2014:

    Como vão ser as eleições




    (Lagoa Santa, MG)
    quer ver outras charges?
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,

    quarta-feira, setembro 03, 2014

    Terezinha - Gregorio Duvivier -


     gregorio duvivier   

     
    leia aqui: 
    Terezinha - 01/09/2014 - Gregorio Duvivier - Colunistas - Folha de S.Paulo

    Em Serra Leoa, hospital adota regras rígidas contra o ebola


     Com traje especial de proteção, equipe serve refeição a pacientes infectados com ebola em hospital em Kailahun, no leste de Serra Leoa (África)

    " A infectologista italiana Livia Tampellini, 38, costuma ter dois pesadelos recorrentes. Em um deles, a médica está em um vilarejo, e uma pessoa com ebola vem correndo e vomita em seus pés.

    Em outro, ela sonha que uma de suas luvas se rasga, demora a perceber e se contamina com o vírus no hospital da ONG Médicos Sem Fronteiras em Kailahun, leste de Serra Leoa, na África.

    O emprego de Livia é entrar todos os dias na área de alto risco do hospital para cuidar de doentes de ebola, altamente contagiosos.

     Segundo Livia, uma das coisas mais difíceis é não poder tocar ninguém durante meses. É uma regra, para não haver transmissão.

    "Depois de dias assistindo a pessoas morrerem, às vezes precisamos muito de um contato humano", diz.

    "Por isso, às vezes nos abraçamos dentro da área de alto risco, todos vestidos com a roupa de proteção, só para sentir um contato físico."


    leia mais na reportagem de Avener Prado e Patricia Pata Campos Mello > 

    Em Serra Leoa, hospital adota regras rígidas contra o ebola - 19/08/2014 - Mundo - Folha de S.Paulo:

    pela cochlea: Ruby Johnson - When my loves comes down (1966)

    Enquanto isso, no Oriente Médio...




    (Recife, PE)

    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    Polícia americana é criticada por militarização


    Ironicamente, foram políticas do governo federal americano que armaram as polícias locais de cidades pequenas como Ferguson.

    Em 1990, o Congresso americano autorizou "dar equipamento que estivesse sobrando" no Pentágono para as polícias lutarem na "guerra às drogas".

    Cerca de 80% das cidades pequenas nos EUA já têm equipes de armas e táticas especiais, conhecidos como times SWAT. A tendência cresceu 1.400% a partir dos anos 1980, primeiramente durante o governo de Ronald Reagan, como apoio às polícias locais na "guerra às drogas" e na epidemia de crack que durou até o início dos anos 90.

    "Veja os vídeos de treinamento dos nossos policiais na internet. Eles criam uma cultura da policiamento muito isolacionista, de confronto e militarística, que atrai recrutas pelos motivos errados", afirmou Balko.


    mais na reportagem de Raul Juste Lores  > 

    Folha de S.Paulo - Mundo - Polícia americana é criticada por militarização - 19/08/2014

    PALAVRAS: Ariano Suassuna


    Não concordo com a afirmação, hoje muito comum, de que não mais existem esquerda e direita. Acho até que quem diz isso normalmente é de direita.

    Quem é de esquerda luta para manter a soberania nacional e é socialista;
    quem é de direita é entreguista e capitalista.

    Quem, na sua visão do social, coloca a ênfase na justiça é de esquerda.
    Quem a coloca na eficácia e no lucro é de direita.

    - Ariano Suassuna

    Marina acena para o agronegócio




    (São Paulo, SP)

    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    terça-feira, setembro 02, 2014

    1950s Hong Kong Captured In Street Photography By Fan Ho

    Via CORA RONAI


     street-photography-hong-kong-memoir-fan-ho-16

    Critically acclaimed Chinese photographer Fan Ho spent the 1950s and 60s taking gritty and darkly beautiful photos of street life in Hong Kong. His photographs, to be published in his new book “Fan Ho: A Hong Kong Memoir“, reach back through time and space to connect us to the everyday sights of this bustling metropolis in a way that many of us have never seen before.

    see the gallery
    1950s Hong Kong Captured In Street Photography By Fan Ho | Bored Panda



    The ‘facekini’: From the beaches of China to pages of a fashion magazine


     

    Time magazine wrote: “Pale skin is prized in China — so much so that the slang term for an attractive woman is bai fu mei, or fair, rich, beautiful.” Yao Wenhua, 58, a retired bus driver and mask wearer, said in a 2012 New York Times article: “I’m afraid of getting dark…A woman should always have fair skin…Otherwise people will think you’re a peasant.”

    read more: 
    The ‘facekini’: From the beaches of China to pages of a fashion magazine - The Washington Post

     

    pela cochlea: Daddy Cool by The Rays 1957

    Impugnação de Maluf é um absurdo







    (Vitoria, ES)

    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    thepalestineyoudontknow: A series of mash-ups by Basel Elmaqosui

     A series of mash-ups by Basel Elmaqosui, pairing classic works by the masters with scenes from the street.

     



    thepalestineyoudontknow: A series of mash-ups by...


    pela cochlea: Venice - After The Gold Rush (Neil Young)



    Well, I dreamed I saw the silver
    Space ships flying
    In the yellow haze of the sun,
    There were children crying
    And colors flying
    All around the chosen ones.
    All in a dream, all in a dream
    The loading had begun.
    They were flying Mother Nature's
    Silver seed to a new home in the sun.
    Flying Mother Nature's
    Silver seed to a new home.

    O escritor A.B. Yehoshua defende diálogo com palestinos

     "Me preocupa é a indiferença. Tanto entre os israelenses quanto entre os palestinos. Os militantes do Hamas também viram todas essas imagens de morte e de destruição por lá e por aqui, mas os dois lados são insensíveis. A maioria dos israelenses não se emociona. Pensa: “Eles é que começaram, então aguentem.” A visão de que eles são “malucos” é realmente a mais perigosa. Se continuar assim, eles vão entrar realmente num processo de suicídio enlouquecido. Precisamos conversar. Conversamos o tempo todo com nossos inimigos, desde a criação de Israel. E eram inimigos mais perigosos do que o Hamas: jordanianos, sírios, egípcios. Temos que continuar a conversar."

    leia entrevista por Daniela Kresch



    ‘Temos de ajudar os palestinos de Gaza a sair da solidão suicida’ - Jornal O Globo:

    Não deixaram ela brincar...





    (São Paulo - SP)

     quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Moradores e simpatizantes da Zona Portuária se reúnem para mapear a vida sociocultural da região - Jornal O Globo


     

    "Enquanto Rafael e sua turma ilustram as histórias dos moradores de Gamboa, Saúde, Santo Cristo, Morro da Providência e Conceição, o historiador Antônio Montenegro faz o mapeamento dos terreiros de candomblé do local. A guia Judite Rosário cria um roteiro turístico inspirado em canções que falam dos mesmos bairros. O fotógrafo João Maurício Bragança produz um ensaio documental. O pesquisador Leandro Rodrigues recupera a história dos ranchos de carnaval local, levantando álbuns de fotografias dos moradores mais antigos. A artesã Silvânia Lúcia Fonseca, moradora da Gamboa há 30 anos, recria em bordados as referências visuais do entorno, como a Pedra do Sal.

    — As bordadeiras antigas daqui foram abandonando o ofício e hoje ganham o sustento vendendo quentinhas. Enquanto isso, o turista que chega aqui não encontra um suvenir para levar da região, algo que tenha a ver com nossa cultura. A ideia é juntar essas pontas soltas — argumenta Silvânia, vestindo uma blusa com um bordado que representa a igrejinha da Saúde."

    mais na reportagem de Mariana Filgueiras > 

    Moradores e simpatizantes da Zona Portuária se reúnem para mapear a vida sociocultural da região - Jornal O Globo:

    Bastidores da precária situação da saúde pública no Rio são relevados em livro


     Front de batalha. Cirurgião torácico, Marcio Maranhão, no Hospital Municipal Souza Aguiar, onde fez a residência em Cirurgia Geral, na década de 1990, quando ainda carregava o sentimento de romantismo pela profissão

    "Nunca me propus a dar uma solução simples, mas dentre os maiores problemas está o subfinanciamento, isso é uma unanimidade. Além da má gestão e da corrupção endêmica, que permeia todos os setores, desde a compra de insumos à contratação.

    Fala-se de inovação, mas talvez a verdadeira inovação seja voltar aos conceitos do passado da medicina familiar. O negócio da saúde se tornou um convite para pedir exames, fragmentar a assistência. Não tenho intenção de justificar a classe médica pelo sistema precário, minha intenção é defender a saúde. Caminhamos para uma ruptura da confiança da sociedade no médico, porque ele é a face da inoperância do Estado. Isso é preocupante."


    leia a entrevista feita por Flávia Milhorance >

     Bastidores da precária situação da saúde pública no Rio são relevados em livro

    foto: Guito Moreto

    segunda-feira, setembro 01, 2014

    Virou Clube de Luluzinha





    (Salvador, BA)
    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Court Throws Out Real-Life ‘Kramer’s’ $1 Million Suit Against Seinfeld Writer



    8-7-kramer

    "According to Stoller, [Kramer’s] employee ‘ran around the bus for over two hours, trying to keep the tourists excited by screaming out famous lines from Seinfeld (NYSCEF 8, Ehx. B). He recounts the employee crying out to the tourists, ‘Everyone, say it together, ‘No soup for you!’’ a popular Seinfeld catchphrase, and continues as follows:

    Then [the employee would] point to a bum and say, ‘Everyone, he is picking his nose. Or as Jerry would say, ‘The Pick! The Pick!’

    [The employee] had a slight lisp which caused him to spit on me when he led the crowd in a hearty chant of, ‘Hell-oooo, Newman!’"

    more in the article by Taylor Wofford > 

    Court Throws Out Real-Life ‘Kramer’s’ $1 Million Suit Against Seinfeld Writer

    Prize-Winning Animation Lets You Fly Through 17th Century London




     Six students from De Montfort University have created a stellar 3D representation of 17th century London, as it existed before The Great Fire of 1666. The three-minute video provides a realistic animation of Tudor London, and particularly a section called Pudding Lane where the fire started. As Londonist notes, “Although most of the buildings are conjectural, the students used a realistic street pattern [taken from historical maps] and even included the hanging signs of genuine inns and businesses” mentioned in diaries from the period.

    watch it here
    Prize-Winning Animation Lets You Fly Through 17th Century London | Open Culture:

    São Sebastião continua sendo martirizado




    (Rio de Janeiro, RJ)
      
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Pesquisa mostra que alunos perdem um dia de aula por semana devido a má gestão no ensino público


     
Levantamento mostra que no Brasil o percentual do tempo usado para atividades acadêmicas é de 64%: o ideal são, pelo menos, 90%
Foto: Michel Filho/24-3-2013 - Agência O Globo

    leia mais
    Pesquisa mostra que alunos perdem um dia de aula por semana devido a má gestão no ensino público - Jornal O Globo

    pela cochlea: Grizzly Bear - Sleeping Ute (Nicolas Jaar Remix) Music Video

    Analismo Político


    (São Paulo, SP) 

    quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges
     



    Marcadores: ,

    Empresa dona da Sadia e Perdigão é condenada por trabalho escravo



    BRF SA


     A BRF – dona de marcas como Sadia, Perdigão, Batavo e Elegê – foi condenada a pagar indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 1 milhão por manter trabalhadores em condições análogas às de escravos em uma fazenda no município de Iporã, no noroeste do Paraná.

    Empresa dona da Sadia e Perdigão é condenada por trabalho escravo | Portal Fórum

    NRA’s mind-blowing response to gun tragedy: “7 ways children can have fun at the shooting range”


     NRA's mind-blowing response to gun tragedy: "7 ways children can have fun at the shooting range"

    "On Monday, a 9-year-old girl accidentally shot and killed her shooting instructor with a submachine gun called an Uzi. The girl accidentally pointed the weapon up toward her instructor when its recoil was too powerful for her to control.

    A horrible tragedy, right? Not only is a man needlessly dead, but a little girl is permanently scarred. The lesson to be learned is clearly not to give automatic weapons to children. But did we even need to learn that in the first place?

    Apparently, yes. The National Rifle Association responded to the event just two days later by tweeting a list of ways that children can “have fun at the shooting range.”
     read more:
    NRA’s mind-blowing response to gun tragedy: “7 ways children can have fun at the shooting range” - Salon.com

    Malafaia, o programático





    (Joinville, SC)

    para ver outras charges
    clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Dupla de artistas recria zoológico de africanos negros na Noruega


     Visitantes no projeto instalado em Frogneparken, em Oslo

    O sudanês Mohamed Ali Fadlabi e o sueco Lars Cuzner, artistas residentes em Oslo, decidiram discutir o racismo e seus desdobramentos até o século 21 a partir da recriação de uma vila que, há exatos cem anos, expôs um grupo de 80 senegaleses. 

    Nela, os visitantes brancos se informavam do que supostamente seria a vida na África. Segundo os artistas, essa exposição foi visitada por 1,5 milhão dos 2 milhões de habitantes do país à época. 

    Dupla de artistas recria zoológico de africanos negros na Noruega - 30/08/2014 - Ilustrada - Folha de S.Paulo

    PALAVRAS: Wisnik


    Alegoria cruamente real do funcionamento político brasileiro: do avião caído nao se acha a caixa preta, que ajudaria a elucidar o acidente, mas o caixa 2, que insiste como índice do sistema.

    - José Miguel Wisnik

    pela cochlea:Vashti Bunyan - Jog Along Bess

    domingo, agosto 31, 2014

    Charge Pibinha




     
    (Campinas, SP)

    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Preso no Rio após golpe, jornalista chinês espera desculpas do Brasil


     o jornalista Ju Qingdong, 84, um dos nove chineses presos no Rio de Janeiro pela ditadura militar, três dias apos o golpe de 1964

    "Não conseguiram encontrar nada que pudesse nos incriminar, então disseram que os remédios chineses para gripe e as agulhas de acupuntura que encontraram no apartamento seriam usados para assassinatos por envenenamento. Confiscaram o nosso dinheiro como prova de acusação. Este dinheiro [R$ 865 mil em valores atuais] está até hoje retido no Brasil.

     Um dia estávamos no pátio, quando chegou Sobral Pinto, o "velho advogado" [forma respeitosa usada pelos chineses], junto de um coronel. Vestia terno preto e tinha um guarda-chuva na mão.

    Veio até nós e se apresentou: "Sobral Pinto, advogado. Sou católico; vocês, comunistas. Mesmo que não seja a mesma ideologia, estou aqui para prestar-lhes serviço de advogado. Li tudo que foi publicado sobre o caso de vocês, o que está acontecendo é uma palhaçada. Quero defendê-los sem cobrar nada". "


    leia a matéria de Marcelo Ninio:>

    Preso no Rio após golpe, jornalista chinês espera desculpas do Brasil - 30/08/2014 - Poder - Folha de S.Paulo:

    Apenas uma de seis multas aplicadas por irregularidades na despoluição da Baía foi quitada - Jornal O Globo


     

    Os problemas enumerados em inspeções administrativas ao longo de duas décadas praticamente morreram nas águas da Baía de Guanabara. Das seis multas aplicadas pelo plenário do Tribunal de Contas do Estado (TCE) a gestores do governo do estado, por causa de irregularidades em contratos do Programa de Despoluição da Baía de Guanabara (PDBG), apenas uma foi quitada integralmente. Uma segunda foi paga apenas parcialmente, segundo levantamento do órgão. Outras duas ainda tramitam no tribunal, e as demais foram canceladas.

    leia mais:
    Apenas uma de seis multas aplicadas por irregularidades na despoluição da Baía foi quitada - Jornal O Globo:

    foto Custódio Coimbra

    Hino Nacional Fóbico




    (São Paulo - SP)

     quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: LIRA - Noite fria



    Brincando na neve em Dublin
    O mesmo sorriso
    A mesma melancolia
    E num telefone outro dia
    Gargalhadas no bar em Sofia
    O mesmo desprezo
    A mesma ironia
    Aqui de tão longe eu sinto
    A mesma distância de antes

    Usina força saída de índias de 'Bye Bye Brasil'

     



    "A caravana mambembe interrompe a viagem pela Amazônia, em 1978, ao encontrar uma família indígena perdida, que pede carona até Altamira (PA), marco da rodovia Transamazônica. 
    "Depois que os brancos chegaram, minha aldeia se acabou", relata o cacique. 

    A história se repete no interior do Pará 36 anos depois da passagem da trupe fictícia de Lorde Cigano (José Wilker) e Salomé (Betty Faria), personagens de "Bye Bye Brasil" (1979), de Cacá Diegues. 

    Mãe e filha, índias que participaram das filmagens, serão retiradas de onde vivem há 30 anos por causa da usina de Belo Monte. A casa de alvenaria e porta de madeira será inundada pelo reservatório da hidrelétrica."

    " Para Diegues, "Bye Bye Brasil" foi uma premonição do que estava acontecendo e ainda iria ocorrer no país.

    "Infelizmente, o pior dessa premonição continua nas invasões das terras indígenas, na sistemática eliminação deles e de seus valores morais e culturais", afirma o diretor. "Cada vez que penso nessa tragédia, me angustio –sei que ela se agrava e não sei como evitá-la.""

    leia a reportagem de LUCAS REIS

    Usina força saída de índias de 'Bye Bye Brasil' - 30/08/2014 - Poder - Folha de S.Paulo


    PALAVRAS: Frei Betto


    A campanha presidencial se transformou numa questão aeronáutica.
    Aécio tem problema com aeroporto;
    Marina com avião;
    e Dilma com a empresa do combustível, a Petrobrás.
    E quando o Brasil decola?

    - Frei Betto

    As marinas da silva




    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges
     
     

    Marcadores: ,


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER