This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, maio 24, 2014

    ‘Mad Men’ : The Family Business «


     

    "There are all kinds of families. Some might look more traditional on the surface than others, but they’re no less legitimate. Conforming to the one particular structure is no guarantee of happiness. Just watch Don when Peggy asks him how well his whole nuclear-family experiment worked out. Better yet, ask Sally! Like a marriage with no arguments, the idealized family where everyone bonds over dinner each night instead of sullenly watching TV simply doesn’t exist. Or rather, it exists only in the world of commercials, which constantly remind viewers that they are not measuring up to standards without also reminding them it’s impossible to. So why keep selling people something they can never achieve? Because provoking insecurity moves product, or so the usual thinking goes. Ads are selling the desire of anticipation. Once you make the purchase, your expectations are either fulfilled or dashed. And when has any product ever delivered what the ad promised? The wait is generally the most satisfying part of the process."

    read review by MOLLY LAMBERT

    Moacyr Luz: Cabisbaixo do Rio -


    "Estamos no limite da tolerância zero. A lei de impedir o espontâneo. Um estado de sítio com toque de recolher

    Eu não mereço estar cabisbaixo no Rio de Janeiro.'

    leia a coluna do MOA :
    Moacyr Luz: Cabisbaixo do Rio - Opinião - O Dia

    Frases para a História

    Marcadores: ,

    sexta-feira, maio 23, 2014

    pela cochlea: Rodrigo Campos - Cavaquinho - São Mateus não é um lugar assim tão longe



    Chama Dario pra gente brincar
    Vamu brincar lá na construção
    Vamu jogar bolinha e pião

    Um dia vou tocar cavaquinho

    pela cochlea: Rodrigo Campos - Cavaquinho - São Mateus não é um lugar assim tão longe



    Chama Dario pra gente brincar
    Vamu brincar lá na construção
    Vamu jogar bolinha e pião

    Um dia vou tocar cavaquinho

    Maurreen Ryan: 'Mad Men' Review: Dancing In The Dark




    MAD MEN




     "Yet they end up in similar places: They are outcasts. So Don and Peggy -- two lonely, isolated people who love their work, who are endlessly curious about that work, who will never connect with lovers the way they consistently connect with each other intellectually and platonically -- well, they danced together, and it was terrific.

    Go back to every season of "Mad Men," and you can find some incredible scene in which Jon Hamm has no lines but just floors you with a non-verbal rendition of whatever Don is going through. In this half-season, that standout moment will surely be Don's face as he embraced Peggy during their dance. Part of that look was "the pain of an old wound," to bring things full circle to the Carousel pitch from Season 1. Don's primal wounds ensure that he will, until the day he dies, keep on wondering if anyone really loves him and if he's truly capable of love. But every so often, he gets a reminder that, yes, he is a human being and he is able to give and receive selfless devotion and deep affection. The dance in "The Strategy" constituted one of those reminders, and the look on his face showed just how much he needed that. "


    read review by Mo Ryan :

    'Mad Men' Review: Dancing In The Dark: 'Mad Men' Review: Dancing In The Dark

    quinta-feira, maio 22, 2014

    Transporte público em São Paulo

    Marcadores: ,

    A jabuticaba é nossa


    "O que espanta no mau humor da mídia estrangeira com o Brasil é a coincidência das reportagens e a concentração do poder de fogo. Neste momento, a Europa, por exemplo, corre grave ameaça com a crise da Ucrânia e os sonhos hegemônicos de Vladimir Putin, o tzar da Rússia pós-comunismo. E a Índia, segunda maior população do mundo, dá adeus ao longo ciclo da dinastia Gandhi-Nehru com a eleição de Narendra Modi, líder do partido nacionalista de oposição Bharatiya Janata (BJP). Mas, pelo visto, os leitores só querem saber das mazelas brasileiras.

    Tudo que é demais provoca distorções. E é exatamente isso que está acontecendo. Fala-se do Brasil como se o resto do mundo vivesse dias de abundância. A realidade não é bem essa. Mesmo os países ricos enfrentam problemas. Cresce na Europa a xenofobia e um dos motivos são as altas taxas de desemprego. Quem se mostra espantado com os protestos contra a Copa do Mundo parece esquecer de fatos semelhantes que ocorreram em Londres e Paris, não faz tanto tempo. Nos subúrbios de Paris, jovens de origem africana se rebelaram contra as instituições e adotaram como arma a destruição de automóveis durante a noite. Em Londres, meses antes das Olimpíadas, houve levante nos bairros mais pobres, com a pilhagem de lojas. A jabuticaba é nossa, mas não é exclusividade nossa a rebeldia da juventude. "  


    leia artigo de OCTAVIO COSTA

    A jabuticaba é nossa - Ponto Final - Octávio Costa - O Dia:

    Falta de teto nos aeroportos


    (Belo Horizonte, MG)
     

    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

     

    Marcadores: ,

    pela cochlea : Festa/Luta - Mamelo Sound System


    De 64 a 85 reprimiam o que temiam:
    informação, diversão e o que era novo,
    como a explosão sonora sem igual,
    na ebulição mundial, que aflorava no povo aqui,
    terra tropical, - não o Polar Ártico.
    Apesar da tristeza do pandeiro de plástico,
    e também do chocalho do índio de short Adidas,
    eu chacoalho na sequência das batidas.
    Um dj sim, salvou minha vida, nunca um polícia,
    nem perfil revisionista pagando de milícia.
    Bumbo, caixa, bumbo, caixa...
    Essa é única pressão que me relaxa.

    Festa pelo direito de luta,
    luta pelo direito de festa!
    Festa, luta, luta, festa!

    Festa/Luta by Mamelo Sound System on Grooveshark

    Westeros And Welaxation - Game of Thrones


     Screen: HBO; Illustration: Previously.TV

    Corvos analisam o ranking das Casas em GoT

    "Blackie There is a saying: every time a bell rings an angel gets his wings. In Westeros, they say every time someone tells Arya Stark their name, that person gets stabbed in the heart. It's not as well-known a saying, but it's getting there.

    Bitey Note to random bad guys wandering the land in Westeros: when The Hound or Arya asks you your name, don't reply. Play dumb. Don't even give a fake name. Get laryngitis. Fall asleep suddenly. Anything.

    Blackie Giving your name results in an invitation to the Needle Party, an invitation that Arya will RSVP for you. Like instantly."


    Westeros And Welaxation - Game of Thrones - Previously.TV

    São Paulo não pode parar!



    (Campinas, SP)

    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    O pagode da Dona Fifa

     

    "É espaçosa a tal da Fifa. Esqueça a dúzia de cidades-sede e estádios. Ignore os benefícios tributários. Releve o tratamento de chefe de Estado que o presidente da entidade, Joseph Blatter, recebe quando circula pelo Brasil. Desconsidere tudo isso, e a poderosa Federação Internacional de Futebol ainda é a dona do jogo, da festa, da bola. E do ritmo. Na lista de quase duas centenas de nomes e figuras registradas para a Copa 2014, açambarcou o pagode. Perdeu, Zeca Pagodinho. Dançou, Jorge Aragão. Já era, Almir Guineto. Até o fim deste ano, a palavra que batiza um gênero do samba e virou sinônimo de reunião de bambas é marca de alto renome da Dona Fifa. Não pode designar atividade alguma. “Se não, ela chora e diz que vai embora”, como no refrão de Noca da Portela e Tião de Miracema. "

    leia coluna de Flávia Oliveira

    O pagode da Dona Fifa - Jornal O Globo

    Maracanã pronto para a Copa!



    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Ted Leo and Aimee Mann Do a TV Theme Medley



    quarta-feira, maio 21, 2014

    Bob Dylan’s ‘Da Vinci Code’ Revealed


     

    "Warmuth wrote that Chronicles is “meticulously fabricated” and that “dozens upon dozens of quotations and anecdotes have been incorporated from other sources.

    “Dylan has hidden many puzzles, jokes, secret messages, secondary meanings, and bizarre subtexts in his book,” Warmuth asserted in the essay. “Dylan borrows from American classics and travel guides, fiction and nonfiction about the Civil War, science fiction, crime novels, both Thomas Wolfe and Tom Wolfe, Hemingway, books on photography, songwriting, Irish music, soul music, and a book about the art of sideshow banter.”

    “He dipped into both a book favored by a nineteenth-century occult society and a book about the Lewinsky scandal by Showgirls screen writer Joe Eszterhas,” Warmuth wrote."

    "That’s something that poets have been doing forever,” says Harvard classics professor Richard Thomas, who has written academic papers on Dylan’s use of the work of the first-century poet Virgil. “It’s a way of alluding to or correcting or parodying what came before,” Thomas told me last week. “You hear the stolen line, but it’s replaced by its new context. That’s how folk music works, how the blues works.” "


    read analysis by CHRIS FRANCESCONI: 

    Bob Dylan’s ‘Da Vinci Code’ Revealed - The Daily Beast

    Mujica da Silva





    (Porto Alegre, RS)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Idoso fica cego após trabalhar, sem salário, durante 30 anos em fazenda do interior do Rio


     Cego, Manoel Pereira Ferreira ainda mora no imóvel vizinho ao cativeiro em que três homens viveram durante mais de dez anos


    "Entre o canavial e a fazenda explorados por Paulo Cesar Azevedo Girão, uma construção esconde um pequeno cômodo sem janelas e com telha de amianto. Do lado de fora da porta, um cadeado. Dentro, o cheiro forte de mofo. A alguns passos, um chiqueiro. Em frente ao quarto, Manoel Pereira Ferreira, de 75 anos — os últimos 30 dedicados à família Girão — segura seu bastão. Quase faz parte do cenário, como uma sombra dos anos em que ele e outros roceiros eram mantidos em cativeiro e tinham sua mão de obra explorada em condição que seria análoga à de escravo. Três foram libertados no último dia 26 de abril. A polícia agora apura a morte de pelo menos outros dois em 13 anos. Preso, o fazendeiro nega as acusações.

    Manoel chegou às terras de Paulo Girão aos 45 anos e passou a trabalhar de sol a sol no canavial e na fazenda. Em três décadas, nunca recebeu um centavo. Perdeu os laços com os três filhos. A boca quase não tem dentes. Aos 69 anos, perdeu também a visão. Dois anos depois, parou de trabalhar, mas continua rendendo benefícios à fazenda: é o capataz do fazendeiro que recebe a pequena aposentadoria de Manoel. A exploração da mão de obra do canavieiro é considerada, pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Civil, situação análoga à escravidão. Para ele, é a única vida que conhece."

    leia a reportagem de Roberta Hoertel : 

    Idoso fica cego após trabalhar, sem salário, durante 30 anos em fazenda do interior do Rio

    Explore – How wonderful that a Google Doodle is celebrating...



    How wonderful that a Google Doodle is celebrating the 215th birthday of Mary Anning, the self-trained, citizen-scientist fossil hunter who discovered what was, at the time, believed to be the first dinosaur skeleton — the remains of an ichthyosaur, a prehistoric reptile.

     How wonderful that a Google Doodle is celebrating the 215th birthday of Mary Anning, the self-trained, citizen-scientist fossil hunter who discovered what was, at the time, believed to be the first dinosaur skeleton — the remains of an ichthyosaur, a prehistoric reptile.

    Explore – How wonderful that a Google Doodle is celebrating...

    pela cochlea: 70 Million by Hold Your Horses ! (OFFICIAL MUSIC VIDEO)



    Recriações musicais de quadros célebres da historia da pintura...

    São os fantasmas do passado



    (Recife, PE)
    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    Sailing Rio’s Spoiled Bay - The VIDEO

    'República da Fifa' toma posse de estádios e centros de treinamentos

    • Depois de Flu x São Paulo, Maracanã só volta ao padrão local no dia 16 de julho
    • Família Fifa será protegida por lonas, grades e batedores
     
     Vista aérea do Maracanã, local da final da Copa do Mundo Foto: Genílson Araújo / Agência O Globo

    "A operação lembra uma das cenas do filme “O Extraterrestre” em que a casa de uma família americana é isolada como lonas, grades e batedores para evitar a contaminação da vizinhança. Ao contrário da operação de ficção, montada para proteger a criatura do outro planeta, dessa vez, todo o aparato serve para separar os simples mortais dos integrantes da família Fifa, aqueles que têm ingressos ou credencias para avançar dentro do perímetro em que as leis nacionais foram adequadas aos interesses da grande corporação."

    leia o artigo de Pedro Motta Gueiros: 

    'República da Fifa' toma posse de estádios e centros de treinamentos - Jornal O Globo:

    De lulisses & babaquices




    (Joinville, SC)
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    The Best of This Week’s Game of Thrones Recaps -- Vulture



     "While Game of Thrones isn’t exactly the most feel-good show around, some episodes, like this week's "Mockingbird," are much less oppressive than others. As Vulture recapper Nina Shen Rastogi wrote, “There were a number of moments last night that felt … well, sunny isn’t quite the right word, but at least we might say they were rather uplifting, given the grimness that is the show’s consistent backdrop.” This week, Hot Pie made hot pies, Daario and Daenerys got busy, Tyrion found his champion, and Lysa..."

    Here is your recap of the recaps:

    The Best of This Week’s Game of Thrones Recaps -- Vulture:

    The Best Mad Men Recaps: ‘The Strategy’ -



    Elisabeth Moss as Peggy Olson - Mad Men _ Season 7, Episode 6 - Photo Credit: Courtesy of AMC
     After a pretty bleak season, this week’s Mad Men episode left a warm and fuzzy feeling in our critics' hearts. As Vulture’s Matt Zoller Seitz wrote, "'The Strategy' is a little cathedral of a show, one of the great hours of Mad Men ... it's packed with images that could stand in for the episode, and for the show, as a whole.” One of the most powerful moments was Don and Peggy's dance scene, which a number of critics felt could easily have served as a conclusion to the entire series — or, as Hitfix's Alan Sepinwall put it, "dayenu." 

    Here is your recap of the recaps:

    The Best Mad Men Recaps: ‘The Strategy’ -- Vulture

    terça-feira, maio 20, 2014

    A bocada do Boko



    (Curitiba, PR)

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Villagers - The Waves



    When the waves
    Cover the coastal plains
    The tents and the cars and the trains
    and the trace of honeybee cemeteries
    Of well insulated dignitaries
    All screaming of the memory of the human love
    For anything, or anyone
    Look at the birds, look at the bees
    Madam, it's all the same to me
    Look at the girls, look at the gold,
    gathered, beaten, bought and sold
    One man's innocence is another's chance
    What were you thinking of?
    When the waves
    Cover the coastal plains
    The tents and the cars and the trains
    and the trace of honeybee cemeteries
    Of well insulated dignitaries
    All screaming of the memory of the human love
    For anything, or anyone
    Look at the birds, look at the bees
    Madam, it's all the same to me
    Look at the girls, look at the gold,
    gathered, beaten, bought and sold
    One man's innocence is another's chance
    What were you thinking of
    Read more at http://www.songlyrics.com/villagers/the-waves-lyrics/#rdsdwGyCMJMfKxy1.99
    When the waves
    Cover the coastal plains
    The tents and the cars and the trains
    and the trace of honeybee cemeteries
    Of well insulated dignitaries
    All screaming of the memory of the human love
    For anything, or anyone
    Look at the birds, look at the bees
    Madam, it's all the same to me
    Look at the girls, look at the gold,
    gathered, beaten, bought and sold
    One man's innocence is another's chance
    What were you thinking of?
    Read more at http://www.songlyrics.com/villagers/the-waves-lyrics/#rdsdwGyCMJMfKxy1.99
    When the waves
    Cover the coastal plains
    The tents and the cars and the trains
    and the trace of honeybee cemeteries
    Of well insulated dignitaries
    All screaming of the memory of the human love
    For anything, or anyone
    Look at the birds, look at the bees
    Madam, it's all the same to me
    Look at the girls, look at the gold,
    gathered, beaten, bought and sold
    One man's innocence is another's chance
    What were you thinking of?
    Read more at http://www.songlyrics.com/villagers/the-waves-lyrics/#rdsdwGyCMJMfKxy1.99
    When the waves
    Cover the coastal plains
    The tents and the cars and the trains
    and the trace of honeybee cemeteries
    Of well insulated dignitaries
    All screaming of the memory of the human love
    For anything, or anyone
    Look at the birds, look at the bees
    Madam, it's all the same to me
    Look at the girls, look at the gold,
    gathered, beaten, bought and sold
    One man's innocence is another's chance
    What were you thinking of?
    Read more at http://www.songlyrics.com/villagers/the-waves-lyrics/#rdsdwGyCMJMfKxy1.99

    Note to Olympic Sailors: Don’t Fall in Rio’s Water

     

    "Nico Delle Karth, an Austrian sailor preparing for the 2016 Summer Olympics, said it was the foulest place he had ever trained.

    Garbage bobbed on the surface, everything from car tires to floating mattresses. The water reeked so badly of sewage that he was afraid to put his feet in it to launch his boat from shore.

    “I’ve never seen anything like this before,” Mr. Delle Karth said of Guanabara Bay in Rio de Janeiro, where the Olympic sailing and windsurfing events will take place."


    read article by Simon Romero and Christopher Clarey : 

    Note to Olympic Sailors: Don’t Fall in Rio’s Water - NYTimes.com

    NY Times ironiza Olimpíada no Rio


     


    "A matéria de Simon Romero e Christopher Clarey lembra que faltam 2 anos, que nada foi feito no Complexo Deodoro, que há pressão para um Plano B do vice-presidente de COI,  John D. Coates, que muito dinheiro foi gasto em vão para despoluir a baía.

    Mais uma para o arquivo de enxame de vexame nacional.

    Copa rola. Já a Olimpíada tá sofrendo uma pressão…"


    leia postagem de Marcelo Rubens Paiva : 

    NY Times ironiza Olimpíada no Rio - Marcelo Rubens Paiva - Estadao.com.br:

    O verdadeiro mascote da Copa




    (São Paulo, SP) 
     
    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Gordon Willis, Cinematographer Who Gave Woody Allen Films Their Look, Dies


     Cinematographer Gordon Willis poses with his honorary Oscar following a 2009 ceremony in Los Angeles.

    "One cinematographer had established a kind of noir color look, rich in brown, amber and shadow, that was a vital force in the noir movies made in Hollywood in the 1970s," film historian David Thomson wrote of Willis in his New Biographical Dictionary of Film.

    For a while, I really didn't know what to do with that movie," he said of the original Godfather in a 2002 on NPR's Fresh Air. "I finally decided this should have this brassy, yellow look to it. Don't ask me why. It just felt right
    ."

    read the post by Alan Greenblatt

    Gordon Willis, Cinematographer Who Gave Woody Allen Films Their Look, Dies : The Two-Way : NPR

    Gordon Willis, ‘Godfather’ Cinematographer, Dies at 82


     


    "Like many of the films he made during the 1970s, “The Parallax View” reflected a national spiritual unease. So did “All the President’s Men.” The way Mr. Willis lighted and shot the Washington parking garages where the reporter Bob Woodward (Robert Redford) met clandestinely with the anonymous source known as Deep Throat (Hal Holbrook) — with an American presidency in the balance — suggested both the antiseptic angst of Stanley Kubrick’s “2001: A Space Odyssey” from 1968 and the German expressionist terror of F. W. Murnau’s “Nosferatu” from 1922.

    Mr. Willis could be playful as well. In “Zelig” (1983) — one of eight films he made with Mr. Allen, his most frequent collaborator — he used hand-cranked cameras, an assortments of film stocks and his own sleight-of-hand to impose Mr. Allen’s nebbishy title character into the major moments of the 20th century."


    read the nytimes obit: 

    Gordon Willis, ‘Godfather’ Cinematographer, Dies at 82 - NYTimes.com

    Justiça com as proprias mãos



    (Rio de Janeiro, RJ)
      
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    A bola fora da Anistia Internacional

    "Após dez anos sem representação no Brasil, a organização reinstalou-se no Rio em 2011, com uma diretoria partidarizada que almeja ser a ouvidoria da nação. Critica a construção da usina de Belo Monte, defende a unificação das polícias Civil e Militar, faz circular um abaixo-assinado pela revisão da Lei da Anistia e, para isso, quer conduzir a presidente da República à Comissão da Verdade, quando ela já declarou respeito aos pactos que propiciaram a redemocratização. Sua última iniciativa é a campanha internacional “Brasil, chega de bola fora’’. O movimento teria o propósito de mobilizar o mundo para pressionar o país a não reprimir protestos durante a Copa do Mundo: “Diga ao governo brasileiro que protesto não é crime. Dê a eles um cartão amarelo.”"
    leia a opinião de Aldo Rebelo :


    A bola fora da Anistia Internacional - Jornal O Globo

    Que Copa é essa?


    Da COLUNA DO ANCELMO (O Globo:)



    O que a CPI da Petrobrás vai averiguar?




    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    segunda-feira, maio 19, 2014

    pela cochlea: Gui Amabis - Crepúsculo



    E quando a terra mira o espaço
    O verso tropeça no amor
    E quando o fogo vira aço
    Vence a promessa que fiz

    Abra a gaveta e pegue a vela amor
    Preste atenção pra chama não falhar
    Pise bem firme que é pro mundo ouvir
    Cante bem alto todo nosso amor.

    Perda de popularidade da Copa faz empresas 'fugirem' do evento, diz especialista


     O professor Rafael Alcadipani no prédio da Fundação Getulio Vargas (SP), onde dá aulas

    "Gera lucro para a Fifa e exposição gigantesca para seus patrocinadores. Diferentemente da Copa de 1950, que foi acessível aos brasileiros, a de 2014 é um evento essencialmente corporativo. É um excelente negócio para a Fifa, mas não tão bom para o Brasil, que ficará com estádios caros, de manutenção custosa, sem falar no prejuízo de imagem. Parte das obras de infraestrutura simplesmente não estará pronta. A Copa está se relevando um péssimo negócio para o país.

    Acho que nem o Pelé pode nos salvar. Acredito que a questão não é se ganhamos ou perdemos a Copa. Sem dúvida, a eliminação logo no início do torneio teria um impacto negativo. Porém, mesmo ganhando, o mundo já sabe de vários de nossos problemas. O dano já está aí e a mídia internacional é hábil. A questão não é se ganhamos ou perdemos a Copa dentro das quatro linhas, mas sim se ganhamos ou perdemos no planejamento e na execução do evento, evento  que tem se mostrado um grande erro. "


    leia entrevista concedida a Joana Cunha: 

    Perda de popularidade da Copa faz empresas 'fugirem' do evento, diz especialista - 17/05/2014 - Mercado - Folha de S.Paulo


    Essa história da literatura ter que ser mastigadinha para ser assimilada...
    Neste momento tem milhões de brasileiros que estão lendo a Bíblia Sagrada. Numa tradução e estilos arcaicos e complicados. O problema maior da leitura não é a compreensão. O problema da leitura é a motivação.

    Serra em standby





    (São Paulo, SP)
     
    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Marcadores: ,

    Nobody Likes Pitbull and JLo’s World Cup Music Video



     

    "The music video features clips of soccer interspersed with Brazilian stereotypes like samba dancers and capoeira performers, and Brazilian people around the world are understandably pissed. It seems like our understanding of Brazil is that it's one big street party with scantily clad women, and the video does nothing to incorporate Brazilian culture beyond the cliches."

    "…the cause of the most wincing across this country was the reproduction of the same visual stereotypes which have dominated Brazil's reputation for decades, which many had hoped the 2014 World Cup would help them move past."

    read more
    Nobody Likes Pitbull and JLo’s World Cup Music Video

    Palavras: Rudá Ricci


    "Nós estamos falando de jovens universitários, de 20, 30 anos, em que a infância e a adolescência foram forjadas em comunidades fechadas. Nos últimos 20 anos, a composição das famílias mudou de forma muito radical. Essas famílias têm cada vez menos tempo de convívio. Então, onde esses jovens aprenderam a falar e a se vestir? Nas tais tribos urbanas. Quando surgem os smartphones, essas comunidades ganham um lugar para se expressar. Foram essas comunidades que ocuparam as ruas em junho do ano passado. Eles não sabem o que é espaço público. Por isso, é muito comum os jovens fazerem confissões pessoais nas redes sociais. Eles têm esse sentimento de abandono. Eles se firmam contra a autoridade, contra os abusos e têm uma cultura muito mais próxima do anarquismo. O que vimos em junho é uma crítica profunda das organizações de liderança, verticais. Nós não conseguimos entender. Qual é a reivindicação? São todas aquelas que estão nos cartazes. Cada tribo somada dá uma multidão, mas cada tribo é uma manifestação em si. "

    - Rudá Ricci 

    pela cochlea: Django Django - Default (Tom Furse Remix)



    You've missed the starting gun,
    for everything you've ever done
    You took part in the race,
    but disappeared without a trace
    You thought you'd set the bar,
    I'd never tried to work it out
    We just lit the fire and now you want to put it out
    Forget about the cause,
    press rewind then stop and pause
    It's like a default

    FIFA, acima do poder







    (Porto Alegre, RS)
     
    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    domingo, maio 18, 2014

    Tyrion's Speech (Alternate Ending)

    Barba, Cabelo e Bigode






      
     "Afonsinho e Nei Conçeição iniciaram as suas carreiras em meados dos anos 1960, num momento histórico de forte repressão política no país. Originalmente na condição de companheiros de uma consagrada geração de craques do Botafogo, não abriram mão da liberdade justo quando a ditadura militar decidiu convocar a si mesma para também entrar em campo. Os generais de então concluíram que até o esporte mais popular do país deveria ser escovado pelo pente fino da vigilância permanente: a rotina dos clubes passou a ser regida pelos mesmos códigos que já vinham condenando a sociedade civil ao arbítrio. Munidos de bom senso bem antes de a expressão entrar em voga no meio futebolístico, Afonsinho e Nei Conceição enfrentaram a imposição das cartilhas de comportamento nos clubes, o regime de concentração, o controle sobre as condutas extra-campo etc.

    É curioso notar que a atual causa do passe livre na questão do transporte público, que, em conjunto com a realização da Copa Mundo no país, foi um das razões da mobilização popular desde junho passado, leve o mesmo nome daquela que trouxe Afonsinho, em 1970 – noutro contexto e com outra significação específica – para o centro das discussões sobre os direitos dos profissionais da bola. Quando o direito de ir e vir, seja dentro dos clubes, seja entre eles através das transferências dos atletas, ficou comprometido pela situação política nacional, atitudes pioneiras como as de Afonsinho e Nei Conceição foram também emblemáticas de um comportamento social característico do período."

    leia mais>

    Barba, Cabelo e Bigode · Catarse:

    Figurinhas mais que repetidas





    (Vila Velha, ES)
     
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Stop Dragon My Heart Around - Game of Thrones


     Screen: HBO; Illustration: Previously.TV

    Getting ready for tonite's episode, Ravens debate how the Houses stand

    " Iron Throne, Iron Bank, the Ironborn, there was a LOT of Iron Talk this week. Iron is very hot right now. Iron is the new black." 

    " It is interesting how quickly we went from "I'm here to rescue my brother" to "Brother? I'm pretty sure I don't have a brother. Nope. Not one that comes to mind. Why don't I spend my boat ride home thinking about it and I'll get back to you. How's that sound? Good? Great! Byeeeee!""

    read more
    Stop Dragon My Heart Around - Game of Thrones - Previously.TV

    Futebol e Poder: Um campo de relações delicadas


     

    "O historiador chama atenção que no documento intitulado “Programa de Reconstrução Nacional”, datado de 1930, já constava um tópico dedicado ao futebol. Ele aponta a criação de uma engenharia institucional baseada na fiscalização, na censura e no controle hierárquico das entidades esportivas. A Confederação Brasileira de Desportos (CBD) teve os seus poderes ampliados e federações ligadas a ela conseguiram facilidades e verbas para a organização de competições, a construção de estádios e de centros esportivos. A seleção brasileira, elevada ao status de símbolo nacional, tornou-se o locus perfeito para promover a ideologia estado-novista de ordem e disciplina, além de estimular as práticas esportivas na população. A atuação estatal também teve como objetivo pacificar as disputadas entre Rio e São Paulo na escolha do escrete brasileiro.

    — Na medida em que o futebol foi sendo adotado pelos segmentos populares, ou seja, se tornando uma espécie de bem comum entre os brasileiros, o governo Vargas, habilmente, reuniu esforços para obter seu controle administrativo e organizacional, criou mecanismos para instrumentalizá-lo a serviço da educação e, consequentemente, o incorporou ao discurso da nacionalidade — afirma o professor."


    leia artigo de Leonardo Cazes : 

    Um campo de relações delicadas - Prosa: O Globo

    Demorô!



    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Religiões afro-brasileiras, uma questão filosófica – por Nei Lopes


     

    O juiz Eugenio Rosa de Araújo, da 17ª Vara Federal do Rio de Janeiro, rejeitou a retirada da internet de 15 vídeos contra o candomblé e a umbanda, alegando que os cultos afro-brasileiros “não constituem religião”, pois não se baseiam em apenas um livro nem têm apenas um deus. Os vídeos foram postados por representantes de igrejas evangélicas. No artigo abaixo, o escritor Nei Lopes explica os fundamentos dos cultos de origem africana e seu caráter religioso:
     
    Religiões afro-brasileiras, uma questão filosófica – por Nei Lopes - Blog do IMS

    pela cochlea: Rokia Traore - Dounia

    Charge Culpada



    (Joinville, SC)
     
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    The Most Unforgettable Creations of H. R. Giger


     The Most Unforgettable Creations of H. R. Giger


    We lost one of our greatest inspirations when H.R. Giger died the other day. But his artworks will live on and yield more creative bounty in the years to come. To celebrate his life and career, here's a showcase of the most incredible (and unnerving) artworks of H.R. Giger.

    see the gallery
    The Most Unforgettable Creations of H. R. Giger

     The Most Unforgettable Creations of H. R. Giger


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER