This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, maio 10, 2014

    The best Joan faces from 'Mad Men'


    ;christina-hendricks-birthday.jpg

    "Mad Men" loves a well-timed reaction shot or pregnant pause, and most of the regular cast is really good at delivering just the right arched eyebrow or withering look. Hendricks' Joan is right at the top of the list. Enjoy these GIFs of some of Joan's best reaction shots. 


    see gifs here
    Happy birthday, Christina Hendricks: The best Joan faces from 'Mad Men' - Zap2it

    Greve de onibus é uma parada!


    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Livros mostram relação entre futebol e questão racial no Brasil



     

    "Ana Paula elogia a atitude de Daniel Alves, mas lamenta que o gesto não tenha provocado um debate mais profundo.

    — Ele teve uma ideia genial na hora. O que eu acho problemático é que, na apropriação do que aconteceu, não houve uma discuss
    ão sobre a questão. A repercussão girou em torno dessa visão nossa de que o racismo é uma coisa do mal, reproduzida por gente do mal. “Mas eu não sou racista! O problema não é meu, coloco foto comendo banana no Facebook”."

    leia artigo de Leonardo Cazes


    Livros mostram relação entre futebol e questão racial no Brasil - Prosa: O Globo

    Se alguem perguntar por ele...


    (Recife, PE)

    Marcadores: ,

    Cartunista Allan Sieber lança websérie de humor 'A Última Loja de Discos'



     
    ASSISTA AQUI
    Webséries - Catálogo de Vídeos

    pela cochlea: Tristeza - Jair Rodrigues IN MEMORIAM

    Os aldeões estão inquietos!




    (São Paulo, SP)

    Quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Fim de Semana do Livro no Porto reúne manifestações cariocas na região em que a cidade nasceu



     
Na sacada. O idealizador Raphael Vidal (de camisa florida) e o historiador e ‘cambono’ Luiz Antônio Simas: conversas em botequins
Foto: Leo Martins

    Em vez de mesas de debates, escritores conversam sem mediador, papo livre, num botequim. No lugar de coquetéis de editoras, iguarias como paçoca de colher e coxinha de calabresa nos tabuleiros de quituteiras que carregam a herança mítica de Tia Ciata. Entre os assuntos em pauta, facínoras que marcaram seu nome nas páginas policiais cariocas, bicheiros, a feijoada. Entre uma conversa e outra, um campeonato de porrinha. Sim, é o FIM — e é ótimo que seja. As três letras são o apelido carinhoso dado ao Fim de Semana do Livro no Porto, realizado neste sábado e neste domingo na Zona Portuária, entre o Largo da Prainha, a Pedra do Sal e o Morro da Conceição. O endereço não é um acaso — afinal, os sobrados da região, “as pedras pisadas do cais” (como escreveu Aldir Blanc), os batuques que ecoam por ali (região onde o samba nasceu e onde hoje se mostra vivo, por exemplo, nos Escravos da Mauá) afirmam, em sua história e em seu presente, a visão de cidade defendida pelo evento. Um espaço de encontro, de cruzamento, de impureza, de riqueza, do novo, do ancestral. Um porto, enfim.

    leia a reportagem de LEONARDO LICHOTE

    Fim de Semana do Livro no Porto reúne manifestações cariocas na região em que a cidade nasceu - Jornal O Globo

    FOTO Léo Martins

    sexta-feira, maio 09, 2014

    A verdadeira convocação de Felipão





    MIGUEL
    (Recife - PE) 
     
        clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Exposição conta a história dos quadrinhos no Reino Unido





    "Além de obras contemporâneas, como as de Alan Moore, Grant Morrison, Mike Miller e Jamie Hewlett, a mostra retrata a história dos quadrinhos produzidos no Reino Unido, alguns deles com temas violentos ou sexuais.

    A exposição explora como os artistas britânicos de diferentes épocas questionaram estereótipos e divertiram, chocaram, constrangeram ou encantaram leitores com suas novelas gráficas ao longo de 200 anos." 


    veja a galeria 
    Exposição conta a história dos quadrinhos no Reino Unido - BBC Brasil - Notícias


    Game of Thrones Has “Oathkeeper” — Get Your Sword Name Here


    Use TIME's Game of Thrones Sword-Name Generator to dub your dagger



    "Oathkeeper joins a long line of great Thrones swords with names — like Ice (Ned Stark’s sword, and the source of the steel for Oathkeeper), Widow’s Wail (the other sword made from that steel, which went to Joffrey as a wedding present), Needle (Arya’s blade), Lightbringer (Stannis’ enchanted sword) and Longclaw (the Mormont sword).

    Sword-naming started to taper off by the time the Middle Ages were ending — until now, thanks to TIME’s handy Game of Thrones sword-name generator. Get yours up top."



    Game of Thrones Has “Oathkeeper” — Get Your Sword Name Here | TIME.com

    pela cochlea: Mumford & Sons - Ghosts that we knew



    You saw my pain washed out in the rain
    Broken glass, saw the blood run from my veins
    But you saw no fault, no cracks in my heart
    And you knelt beside my hope torn apart

    But the ghosts that we knew will flicker from view
    We'll live a long life

    So give me hope in the darkness that I will see the light
    'Cause oh that gave me such a fright
    But I will hold as long as you like
    Just promise me we'll be alright

    Veríssimo: O caminho de Piketty



      "Um espectro ronda a Europa e o resto do mundo onde a receita neoliberal contra a crise é austeridade para os pobres e liberdade total para os ricos enriquecerem cada vez mais. O espectro tem nome e sobrenome: Thomas Piketty. É um jovem economista francês cujo livro O Capital no Século Vinte e Um é um best-seller internacional e está apavorando muita gente. Não há resposta para a sua tese de que a ideia de que basta deixar os ricos se lambuzarem que sobrará para os pobres, todos se beneficiarão e a desigualdade acabará no planeta é furada como um "donut" - a não ser chamá-lo de um marxista com preconceitos previsíveis. Mas justamente o que assusta em Piketty é que sua tese foge da ortodoxia marxista e é baseada em retrospectiva academicamente irretocável e fatos e números inegáveis, não em ideologia. Ela apenas prova que a lição dos últimos anos, quando o capital financeiro se adonou do mundo, é não apenas que o caminho tomado está errado e só levará a mais desigualdade como todos os argumentos usados para justificá-lo são falsos."

    leia mais na coluna do Luís Fernando Veríssimo

    O caminho - cultura - versaoimpressa - Estadão:

    A MORTE DOS DIREITOS TRABALHISTAS

    Via SERGIO MARTINS:


    A morte dos direitos trabalhistas e de mais gente ainda nas estradas brasileiras, porque isso vale também para caminhoneiro.

     de CHICO ALENCAR:


    Esta semana, 267 deputados votaram pela aprovação de um projeto de lei absurdo que permite que a jornada de trabalho dos motoristas profissionais chegue a 12 horas diárias. Apenas Chico e outros 71 votaram contra.

    O texto vai ao Senado. Federações de trabalhadores e outras entidades pressionaram contra a proposta, em defesa de direitos historicamente conquistados, mas não adiantou. O lobby das empresas de transporte, grandes financiadoras de campanhas eleitorais, foi grande.

    A permissão de jornada excessiva para moristas não significa apenas a perda de direitos, mas também o crescimento do risco de acidentes.




    Copa 2014: quem ficou de fora



    (Vila Velha, ES)
     
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Tanto Faz convocado para a Copa


    Que o futebol no Brasil anda muito xoxo
    e que esta Copa, embora aqui em casa, vai ser meio sem graça,

    e que muita gente na verdade anda de saco cheio dessa coisa toda
    ficou evidenciado ao sair a convocação de Felipão para a Seleção do torneio.

    Não teve polêmica.

    Em toda lista de Copa tem polêmica, gritaria, pressões.
    Alguns na imprensa colocaram a tranquilidade desta convocação como uma coisa boa.
    Não é.

    As polêmicas anteriores ocorreram geralmente porque um ou mais craques - que evidentemente deveriam entrar em campo - ficaram de fora. Desta vez, não tem craque nem pra constar na lista dos convocados (tirando talvez Neymar) quanto mais pra ficar de fora.

    O grande nome convocado para a Seleção do Felipão é o Tanto Faz.

    Dilma no Itaquerão




    (São Paulo, SP)

    Marcadores: ,

    NY Post Drops their Comics Page



     "The one strength newspapers and other print publications still have is that they can collect and present perhaps less timely but still relevant expanded news, opinion, and entertainment, written by vetted professionals into a convenient publication of great interest to a local market. Focusing on entertainment and more than a 140 character story on topics that readers still care about seems to me to be the best hope for the continued survival of newspapers. The daily comics are one of the most popular and read sections of newspapers, yet they have been treated like an afterthought for a long time. Despite being a truly American art form with a long and rich tradition and a tremendous following, newspapers have been shrinking the comics to postage-stamp size for years now, and have been reluctant or completely against adding in new, fresh cartoons that might have interest and relevance to younger readers. Now, we have a major newspaper dropping the comics entirely… perhaps one of the few sections that is read by virtually everyone who opens the paper. That seems to be cutting off your nose to spite your face. It’s like a restaurant dropping one of its most popular items, one that keeps people coming back to their establishment, because it costs a bit more to make than the rest of the menu."
    read article by Tom Richmond : 

    National Cartoonists Society

    Mundo Fantasmo: Will trabalha por comida

     
    "Vi num filme americano uma cena de um mendigo na rua tendo ao pescoço um letreiro escrito “Will work for food”. A legenda eletrônica traduziu: “Will trabalha por comida”. O erro é fácil de entender. Como o sujeito “I” (“eu”) foi omitido, o tradutor pensou que “will”, em vez de verbo auxiliar, era nome próprio, o apelido habitual de “William”. A tradução correta seria “Trabalharei por comida”, mas quem traduz legendas às vezes não recebe uma cópia do filme (ou não tem tempo de vê-lo), e sim uma transcrição dos diálogos e das frases escritas que surgem na tela. Sem saber o contexto, é difícil acertar.
     "

    leia mais na coluna de BRAULIO TAVARES
    Mundo Fantasmo: 1530) Will trabalha por comida (7.2.2008)

    pela cochlea: Bing Crosby And Louis Armstrong - Lazy River (Hoagy Carmichael)

    quinta-feira, maio 08, 2014

    Amazon acquires comiXology, the future of Kindle comics is bright |




    comiXology

    Many comic fans will agree that the medium suffers from its own antiquity. Being transported to the digital medium was a great first step away from that antiquity, because at least now you can instantly obtain your collection and new releases, and can carry all of your comics with you in a tiny device

    Amazon acquires comiXology, the future of Kindle comics is bright | News | Geek.com

    Mad Men: Tom & Lorenzo don't buy the story SC&P is selling -




    Mad-Men-Season-7-Episode-4-Tom-Lorenzo-Site-TLO

    "We don’t have an issue with Don being brought low or having no allies. But having worked in offices for several decades and in advertising for the better part of one of them, we found the politics here to be hard to swallow. As the show – and Don himself – keep reminding us, he’s a senior, founding partner of the agency. There literally would have been no agency without him and it would have remained a farm-team, lower-level one if he hadn’t taken the bold move to propose a merger with CGC. Everyone who’s treating Don like crap now has benefited tremendously from Don’s work. Sure, people are short-sighted and petty (Peggy seems to be the queen of that little group at the moment), but no agency would take its star creative person and founding partner and treat them like a junior staffer just because he had a drunken crackup in one meeting. The optics of it would look terrible once it got out – and it will get out, since the ad industry of the time was notoriously incestuous and prone to gossip. And since when was Hershey the be-all and end-all of all clients? It’s not the first client Don – or anyone else in this story – has lost. The punishment far outweighs the crime here. And Peggy has been driven to tears this season in part because no one around her cares about the creativity or the quality of the work. Is she really so petty as to treat the man she knows is a creative genius like a junior copywriter?"

    read more
    Mad Men: The Monolith | Tom & Lorenzo Fabulous & Opinionated

    Justiça com as próprias... mãos?


    (Campinas, SP)

    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Reflexões sobre o boato mortal

    "O que a socióloga constatou, em suas pesquisas de três décadas, foi uma coincidência marcante: os linchamentos se repetem logo após um caso de grande repercussão na mídia. Portanto, comprova-se novamente, em relação aos crimes cometidos por uma coletividade, o que já foi demonstrado quanto aos suicídios – ou seja, que o noticiário intenso sobre um caso acaba deflagrando uma espécie de epidemia de eventos semelhantes.

    Portanto, cabe também uma reflexão interna nas redações. Ao assumir o discurso radical de alguns de seus colaboradores, os jornais não estariam estimulando o linchamento moral de certos personagens da vida pública e o descrédito nas instituições republicanas?"

    leia o artigo de Luciano Martins Costa

    Reflexões sobre o boato mortal - Comentário para o programa radiofônico do Observatório, 6/5/2014 | Observatório da Imprensa | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito

    A escalação da Copa



    (Natal, RN)
    para ver outras charges
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Ask the Maester: Littlefinger, Lannister Gold, and Arya’s Hit List «


     
    How does Littlefinger know Lysa Arryn?

    “Was the revelation that the Lannister gold mines have run dry another departure from the books? And how could even Tywin have kept this explosive information so secret?”


    read more
    Ask the Maester: Littlefinger, Lannister Gold, and Arya’s Hit List «

    pela cochlea: Jair Rodrigues - Disparada (Vandré)

    A volta da Familia Scolari





    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Câmara aprova publicação de biografias sem autorização prévia



    O deputado Miro Teixeira (PROS-RJ) defendeu, após a votação, uma nova alteração a ser feita no Senado. Ele sugere que seja restringida a possibilidade de recorrer a juizados especiais para evitar que ações repetidas sejam apresentadas em vários foros com a intenção de prejudicar o autor da publicação, que teria dificuldade em se defender. Ele destacou que a prática de ações em vários foros já foi usado no caso de publicações jornalísticas. 

    leia mais
    Câmara aprova publicação de biografias sem autorização prévia - cultura - variedades - Estadão

    pela cochlea: Jair Rodrigues, Elis Regina & Jongo Trio - Poutpourri Dois na Bossa (1965) IN MEMORIAM

    Paulo Cezar Caju: Falta um Gérson, um Didi. Falta Ganso


     



    "Faltou uma cabeça pensante na convocação do Felipão. A seleção não pensa, corre. Fica muito difícil torcer. Não me animo em torcer, sinceramente. " 


    leia a opinião de Paulo Cezar Caju
    FALTOU UM GANSO NA SELEÇÃO! - Paulo Cezar Caju: O Globo

    Pragmatismo, fidelidade e nenhuma ousadia


    "É bem provável que, de fato, não faça muita diferença quem é que vai esquentar o assento dos reservas. Ou quem vai ser o protagonista dos vídeos em YouTube só por encarnar o já tradicional personagem que sempre chega na frente dos demais, titulares ou reservas, para começar a pilha humana nas comemorações. No fim, contam mesmo aqueles 13 ou 14 habituais que formam o time titular. Só que o que se está discutindo é o critério, ou a falta dele, do pretenso líder. Quer saber? Nem isso vai ser um impedimento para que o Brasil ganhe ou não a Copa, um torneio curto, cheio de acidentes pelo caminho e que depende até do astral com que um par de jogadores despertam no dia do jogo. E, claro, a qualidade superior de uns quantos, e isso não falta na seleção."

    leia aqui o papo:


    Pragmatismo, fidelidade e nenhuma ousadia - 500copa - Estadao.com.br

    O que faltou na convocação do Felipão


     
    (Belo Horizonte, MG)
      
    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    quarta-feira, maio 07, 2014

    pela cochlea: Rossini: Stabat Mater - Introduzione for Soli, Choir & Orchestra

    Como nascem e crescem os boatos que podem levar a linchamentos e assassinatos e a confusão de imagens de inocentes



    primeiroretratofalado 450x424 Como nascem e crescem os boatos que podem levar a linchamentos e assassinatos e a confusão de imagens de inocentes

    O passo a passo de como uma coisa foi dando em outra e acabou no linchamento de uma mulher inocente.

    Como nascem e crescem os boatos que podem levar a linchamentos e assassinatos e a confusão de imagens de inocentes - Rosana Hermann - Blog Querido Leitor - R7

    A hora da lista


    (Recife, PE)

    Marcadores: ,

    HBO Just Created the Most Supremely Uncomfortable Ads of All Time

    It’s a teenager’s nightmare: You’re watching a movie or TV show with your parents when, horrifically, the characters on screen start having sex. The only choice is to white-knuckle your way through the action and hope you don’t suffer any lasting trauma. HBO has smartly captured this painfully awkward experience in a series of new ads promoting its HBO Go streaming service.

    watch them here
    HBO Just Created the Most Supremely Uncomfortable Ads of All Time | TIME.com

    The Best of This Week’s Mad Men Recaps



     Stanley Kubrick's influence was particularly pervasive; although, as he writes, "The episode's desolate, desperate feeling is more The Shining than 2001, and not just because of Roger's grandson's vaguely Danny-like haircut or the fact that its main character is an alcoholic writer struggling to dry out while living in a 'haunted' office previously inhabited by a man who killed himself and having deep conversations with a guy named Lloyd." This week, the critics parsed the subtle and not-so-subtle meanings of the episode's many visual metaphors, from Portnoy's Complaint to Lane's Mets Pennant, and of course, the new computer. Your recap of the recaps:

    The Best of This Week’s Mad Men Recaps -- Vulture

    pela cochlea: Kurt Vile "Baby's Arms"



    There's been but one true love
    In my baby's arms, in my baby's arms
    And I got the hands to hold on to them

    I get sick of just about everyone
    And I hide in my baby's arms
    Hide in my baby's arms

    terça-feira, maio 06, 2014

    Carta de Alzira Brandão ao dono da bola


     Festa na Alzira Brandão na Copa de 2010: rua da Tijuca é famoso ponto de encontro de torcedores Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo

    "Agora, desavergonhadamente, o senhor acena com uma cobrança de R$ 28 mil. Quer mais esse caraminguá para sua entidade, que, permita-me lembrá-lo, distribuiu US$ 37 milhões em bônus para seus executivos ano passado. Não lhe concedo intimidade e, por isso, deveria me conter, mas não consigo: ganância, além de pecado, tem limite! Como se diz hoje em dia por aí, fala sério!"

    leia a coluna de Aydano André Motta:
     Carta ao dono da bola - Jornal O Globo

    Play the Oddest Seinfeld Game That Ever Was


     


    What are you up to right now? Do you have a few minutes to play the most wonderfully strange Seinfeld-related online game probably ever? You need to be alone or have headphones, because there are a lot of sound clips and random noises that would surely annoy most. One of those noises is Ezra Koenig of Vampire Weekend doing an a cappella version of the Seinfeld theme song.

     Play the Oddest Seinfeld Game That Ever Was -- Vulture:

    The Best of This Week’s Game of Thrones Recaps



     
    "This week brought a gentler Game of Thrones, at least by the show's traditionally brutish standards. Cersei, in particular, revealed a softer side. This week, the critics felt sympathy for the Queen Regent, marveled in horror at the machinations of Littlefinger and Lysa (welcome back, creepy Arryn family!), and were relieved at the liberation of Craster's women in a world that tends not to be too kind to anyone carrying two X chromosomes. "

    Your recap of the recaps:
    The Best of This Week’s Game of Thrones Recaps -- Vulture:

    Para Mujica, é muito simples.





    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    In Brazilian soccer, racist behavior is nothing new

     

    Dani Alves 
     
    " It is this mixing of the races that gives Brazil a reputation for being a cultural melting pot, with black, white and everyone in between intermingling happily on the beaches and in the football stadiums.

    The reality, however, could hardly be further from the truth. Broadly speaking, in the poorer parts of Brazil's towns and cities, in the public hospitals and public schools, black or brown Brazilians will hugely outnumber their lighter skinned countrymen and women. And in neighborhoods filled with expensive restaurants and luxury apartment buildings, the few black faces are generally those of the cleaners and security guards.

    Earlier this year a survey by IBGE, a research institute, found that black or mixed-race Brazilian workers earn around half of what their white counterparts make, while another research foundation, IPEA, revealed that the murder rate among black Brazilians is twice that of other ethnic groups.
    Another journalist, Rodrigo Mattos, noted that of 20 clubs in the Brazilian Serie A, 19 have a white president and eighteen a white coach. This in a country where, according to 2010 census figures, more than half the population, or 97 million people, consider themselves to be black or brown skinned. "
     

     read the article by JAMES YOUNG
    In Brazilian soccer, racist behavior is nothing new - Soccer - SI.com

    pela cochlea: "Heart is a Drum"- BECK -

    with GENE KRUPA & BUDDY RICH




    High as the light of day
    You're falling down across your lost highway
    Pain - does it hurt this way?
    To come so far to find they've closed the gates?
    You've lost your tongue when you fall from the pendulum
    Your heart is a drum keeping time with everyone


    Traço passado a limpo - A ironia fina de FORTUNA


     

    " Os amigos artistas da imprensa -que, como ele, brigavam contra os prazos apertados- sabiam e invejavam: uma vez definida a piada, ou imaginada a charge, ou bolado o cartum, Fortuna levava dias ou semanas para apresentar o desenho definitivo.

    "Sofria como Flaubert para pôr o ponto final", define Jaguar. "Na verdade, ele se divertia na hora de modificar o traço de um nariz, a posição da boca, algum braço cruzado ou entrelaçado. Punha o desenho a certa distância, em cima de um sofá, por exemplo, e ficava horas a observá-lo. Não adiantava dizer a ele que nenhum leitor de jornal repetiria aquele ponto de observação", conta Felipe.

    "Todo humorista insiste em investigar a lógica, em desvendar os desacertos existentes naquilo que aparenta certeza ou verdade. Fortuna adiciona 'nonsense' às experiências mais cotidianas, de tal modo que a possível inversão de uma situação não a faz voltar a um estado de normalidade. Pegue-se, por exemplo, o cartum dos mendigos que trazem chapéus na mão com os quais pedem dinheiro (à exceção de um deles). É justamente o mendigo sem chapéu que pede a quem passa: 'Um chapeuzinho, pelo amor de Deus!'. Isso, sim, é a extrema miséria. O riso surge da constatação de que o mendigo pede um instrumento de trabalho para que possa mendigar", continua. "








    Cartum publicado na Folha em 1º de janeiro de 1982


    leia o texto de ALVARO COSTA E SILVA : 
    Traço passado a limpo - 04/05/2014 - Ilustríssima - Folha de S.Paulo

    Festas durante a Copa


    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Um jogo cada vez mais Sujo: obra convincente revela entranhas do esporte[



     

    "Um jogo cada vez mais sujo", o novo livro do jornalista britânico Andrew Jennings, é demolidor e faz um retrato impressionante de como funcionam os bastidores do esporte, mais os do futebol, mas sem esquecer os chamados esportes olímpicos.


     Jennings detalha mês a mês, ano a ano, o esquema de propinas da falida gigante suíça do marketing esportivo, a ISL, que abasteceu, entre outros cartolas espalhados pelo mundo, a dupla nacional João Havelange/Ricardo Teixeira.

    Do bicheiro carioca Castor de Andrade, íntimo da dupla Havelange/Teixeira, ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, a cadeia de atividades escusas impressiona.

    leia mais
    Um jogo cada vez mais Sujo: obra convincente revela entranhas do esporte[+RIP FUTIBOL][+EDISSINHO] - Fórum UOL Esporte

    Torcedor morre atingido por privada após jogo no Arruda


    Sei que o futebol brasileiro tá uma merda, mas isso tambem já é demais...

      / Foto: Guga Matos/JC Imagem

    leia aqui
    Torcedor morre atingido por privada após jogo no Arruda - Jornal do Commercio

    segunda-feira, maio 05, 2014

    E essa carroça não anda!



    (Vitoria, ES)

    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Vai, Tatu!


    a coluna gente boa é um manancial diários de absurdos cometidos por essa entidade supra-nações chamada FIFA.

    leio agora que a FIFA está implicando com a tradicional cachaça Tatuzinho (que existe desde 1950): o tatu símbolo da empresa teria semelhanças com... o Fuleco!


    ...

    domingo, maio 04, 2014

    pela cochlea: "Machines" - Tiger Darrow

    Duplinha Dinâmica






    (Recife, PE)

    Marcadores: ,

    A taça do mundo é nossa ???





    Deixa eu ver se entendi direito.
    A Prefeitura vai construir na Avenida Atlantica seis estúdios de televisão.
    Estes estúdios vão ser entregues à FIFA.

    A FIFA vai então vender (ou já vendeu) estes espaços - construidos com nosso dinheiro, num local público - para grandes emissoras de TV (como a BBC) e embolsar toda a bufunfa resultante.

    É isso?

    (E ainda querem extorquir uma grana lá do Alzirão !!!)


    ..


    Revolução ilustrada: HQs ganham espaço no mundo árabe - Prosa: O Globo






    No embalo das manifestações que sacudiram o mundo árabe, uma nova geração de artistas tenta driblar a censura e ressuscitar a cena dos quadrinhos, uma arte reprimida por muitos governos da região. Em países como Egito, Tunísia e Argélia, desenhos se transformaram em símbolo das mudanças culturais, debatendo temas sensíveis como religião, condição feminina e dilemas políticos
     

     leia matéria de BOLIVAR TORRES
    Revolução ilustrada: HQs ganham espaço no mundo árabe - Prosa: O Globo

    Cultura | Vídeos contam a história de 5 casas de Game of Thrones


     

     Quem acompanha a série Game of Thrones sem nunca ter lido um dos lívros da série de George R.R. Martin pode ficar meio perdido entre tantos nomes e sobrenomes importantes. Para ajudar você a se situar, a HBO preparou alguns vídeos que contem melhor a história de 5 das famílias mais importantes da trama.

    Cultura | Vídeos contam a história de 5 casas de Game of Thrones

    Aplicando na Bolsa



    (São José do Rio Preto, SP)
     
    para ver mais charges
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Afonsinho, craque do passado, analisa o futebol do presente


    • Ex-jogador vive hoje na Ilha de Paquetá, onde é médico do programa Saúde da Família
    • Para ele, a Fifa, às vésperas da Copa, só cuida 'de seus próprios interesses'
    • Pelada neste sábado vai comemorar aniversário do time que fundou com amigos em 1975 
     Afonsinho em foto de 1974 Foto: Agência O Globo

     — Nossa seleção pode ser boa, mas não há como deixar de pensar numa mudança profunda na estrutura do esporte brasileiro. Não podemos esquecer como terminou a temporada no futebol brasileiro — afirma, lembrando as briga nas arquibancadas e nos tribunais. — Fazer milionários é a parte mais visível, mas o valor mais importante do futebol é sua função social.

    — Esporte é um valor cultural importante. Se para o mundo todo a Copa tem apelo incrível, para nós mais ainda. Sem jamais esquecer as nossas outras prioridades, receber os maiores ídolos é algo desejável, mas não se pode deixar de dizer que isso acontecerá num período horrível da História da humanidade, que vive sob esse neoliberalismo que faz a Fifa ter a petulância de se apropriar de tudo — protesta.


    leia a reportagem de PEDRO MOTTA GUEIROS


    Afonsinho, craque do passado, analisa o futebol do presente - Jornal O Globo

    A Fundação Nacional de Humor foi assaltada! De quem é a culpa?




    "A questão é muito mais complexa do que parece. Apontar um culpado é sempre a primeira coisa que fazemos. Normalmente esse peso cai sobre as costas do Albert Piauhy, que desde o começo da década de 1980 luta pelo humor gráfico levando o nome do nosso Estado pra fora do país.

    Entretanto, as pessoas criticam a "administração" do Albert e o acusam por deixar a Fundação Nacional de Humor às traças, mas esquecem que uma luta não se trava só."

    leia mais: 

    bernardohq: A Fundação Nacional de Humor foi assaltada! De quem é a culpa?


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER