This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, dezembro 10, 2011

    Listening to Santa Bring me Ringo - with Christine Hunter (1964)

    Meu pedido já está feito !!!


    Dilma coloca o Brasil no Primeiro Mundo



    CLAUDIO
    (São Paulo, SP)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Marcadores: ,

    SONHOS


    Estendi a mão e o garotinho aceitou. Colocou sua mãozinha dentro da minha, maior, ele se levantou e fomos caminhando até a beira do mar, pés no rasinho. Andamos por ali um tempo, ele quieto, sorrindo, embevecido com a água. Quisera que o sonho tivesse um twist interessante - o menino era eu, algo desse tipo - mas não. Era apenas uma criança pequena que estava chorando na praia e que levei para dar uma voltinha e depois devolvi para os pais.

    ..

    Marcadores:

    New Peanuts Comics (without Schulz) : Sweet or Sacrilege?

    Amplify’d from www.bleedingcool.com

    Will these non-Schulz Peanuts comic stories considered sacrilege? Schulz asked that no new Peanuts strips be drawn, and these are comic page stories instead. Splitting the thinnest of hairs on Charlie Brown’s head? Only you can decide…

    Read more at www.bleedingcool.com
     

    sexta-feira, dezembro 09, 2011

    Ouvindo House of Love : Who by Fire (Leonard Cohen)


    Steve Jobs and the Cult of the CEO

    Dica de Carlos Alberto Teixeira

    Amplify’d from www.fair.org
    Steve Jobs
    Like Da Vinci or the Dalai Lama—only better
    Sure, Apple is a massively successful company. But what exactly did Steve Jobs make? To many technology experts, the answer is not much.
    But to Jobs’ admirers, his lack of technological breakthroughs was only further proof of his genius, his role as somewhat mystical futurist.
    The Internet era did not invent the idea of the benevolent CEO or the idealistic corporation, but Steve Jobs nonetheless embodied the notion that a boss can be controlling, punitive—yet also somehow liberating
    Even before his death, Jobs was cast (Newsweek, 9/5/11) as a “wholly authentic” hero, “a supercool billionaire, the dropout son of the early ’70s counterculture whose seminal text is The Whole Earth Catalog.”
    One of Apple’s core innovations—if one wants to call it that—was that it pursued a closed system approach to a computing industry that had often prized openness.
    Apple, like the vast majority of the electronics industry, skirts labor laws by subcontracting all its manufacturing to companies like Foxconn, a firm made infamous for suicides at its plants, a worker dying after working a 34-hour shift, widespread beatings, and a willingness to do whatever it takes to meet high quotas set by tech companies like Apple.
    Perhaps it was no surprise to learn that Jobs’ actual politics did not always sound as if they were guided by any countercultural notions.
    Read more at www.fair.org
     

    In The Hills Of Rio, Shantytowns Get A Makeover

    Amplify’d from www.npr.org
    New services and infrastructure for Rio de Janeiro's favelas include cable cars, such as this one in the Complexo de Alemao slum.

    Rio de Janeiro is hosting soccer's World Cup in 2014, as well as the 2016 Olympics. The Brazilian city is remaking itself — not just the tourist hot spots, but also the favelas, long wracked by violence and despair.

    The city's new focus has companies looking for opportunities in the favelas, and middle-class Brazilians like Lotar wandering in for the very first time.

    Read more at www.npr.org
     

    Sete Quedas



      (Vitoria, ES)




    NANI 
    (Rio de Janeiro, RJ)
     
     
     
     
     ZOPE



    Marcadores: , , ,

    Vladimir Safatle: Europa de volta às tribos

    Amplify’d from www.opensanti.com
    "Eu acredito que o maior desafio é aceitar que nem todo mundo é igual a nossa sociedade. Somos uma tribo há mais de 2.000 anos. Nós viemos dos vikings e gostamos muito do nosso jeito de viver."
    Esta foi a resposta do ministro dinamarquês da Integração, Soren Pind, a uma pergunta desta Folha sobre imigrantes em seu país
    Foi bom que ele esclarecesse que a Dinamarca é uma tribo. Eles quase nos enganaram, pois durante um certo tempo alguns acreditaram que se tratava de um Estado moderno que não precisava alimentar fantasias de origem para justificar os traços reacionários de seu "jeito de viver".
    Uma das perguntas que animaram a primeira metade do século 20 era: como uma sociedade avançada como a alemã conseguira produzir barbaridades como o nazismo?
    Talvez tenha chegado a hora de se perguntar como países que gostam de se ver como avançados, como Dinamarca, Suíça, Finlândia e Holanda, conseguiram voltar a funcionar como tribos arcaicas.
    Desta forma, a cultura contribui para transformar a massa pobre de imigrantes em uma nova versão do proletariado de Marx: pessoas sem direitos, reconhecimento, cidadãos de segunda classe amedrontados e, por isso, presas fáceis para as piores explorações econômicas.
    Um pouco como as tribos faziam com seus inimigos.
    Read more at www.opensanti.com
     

    COP 17 : a durbandada

    (Rio de Janeiro, RJ)

    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges  

    Marcadores: ,

    Barcas SA - sobrou para o contribuinte

    Amplify’d from oglobo.globo.com
    Uma barca faz a travessia Rio-Niterói, na Baía de Guanabara Foto: Domingos Peixoto / O Globo

    RIO - Privatizaram os lucros e querem estatizar os prejuízos. Apesar de problemas como frota velha e críticas dos usuários, a Barcas S/A tem navegado em águas abrigadas em 13 anos de operação. Este ano, a companhia — que só comprou sete embarcações das 20 que opera — obteve isenção de ICMS, o que representa uma renúncia fiscal de R$ 3 milhões ao ano, cancelou as travessias de madrugada alegando prejuízios e conseguiu o compromisso de que o governo estadual vai pagar R$ 350 milhões por sete novos barcos, o que, por contrato, seria uma obrigação da concessionária. Nesta quarta-feira, a Barcas S/A teve outra boa notícia: para o reajuste da tarifa autorizado a partir de janeiro de 2012 não pesar tanto no bolso do usuário, o estado vai subsidiar parte da passagem, o que pode representar um gasto anual de mais R$ 30 milhões para os cofres públicos.

    — A concessionária Barcas S/A já deu demonstrações cabais de sua incompetência gerencial. Os acidentes passaram a ser uma constante e o transporte não atende ao nível de satisfação que o usuário deseja. Não há outra alternativa a não ser cancelar o contrato e realizar uma outra licitação. E esta concorrência tem que deixar bem claro quais são as responsabilidades da concessionária e do poder público. Até mesmo se cabe ao estado comprar embarcações — afirma.

    Read more at oglobo.globo.com
     

    quinta-feira, dezembro 08, 2011

    Listening to Nara Leão: Lindonéia - de Caetano Veloso


    A educação sexual de Bolsonaro

    Amplify’d from www1.folha.uol.com.br
    Bolsonaro jovem com time de basquete


    Naquela época, existia respeito. Os filhos chamavam o pai de senhor. A gente se borrava de medo, porque todo mundo apanhava em casa.


    O irmão mais velho, o Guido, era o disciplinador, o capataz. Pegava o fio de ferro e dava lambada nos irmãos. Sem problema nenhum, ninguém sofreu bullying.


    Entrei na Academia Militar das Agulhas Negras em seguida. No primeiro ano, pedi desligamento. Não me adaptei. Mas meu pai não deixou. Olhou para minha cara, levantou o braço e disse: "Vou te quebrar todinho!".

    Agora vocês falam de homofobia. Naquele tempo, era viadinho mesmo.
    Read more at www1.folha.uol.com.br
     

    Secret Desert Force Set Up by Blackwater’s Founder

    Amplify’d from www.nytimes.com
    Mr. Prince, who resettled here last year after his security business faced mounting legal problems in the United States, was hired by the crown prince of Abu Dhabi to put together an 800-member battalion of foreign troops for the U.A.E.


    The force is intended to conduct special operations missions inside and outside the country, defend oil pipelines and skyscrapers from terrorist attacks and put down internal revolts, the documents show. Such troops could be deployed if the Emirates faced unrest in their crowded labor camps or were challenged by pro-democracy protests like those sweeping the Arab world this year.


    In outsourcing critical parts of their defense to mercenaries — the soldiers of choice for medieval kings, Italian Renaissance dukes and African dictators — the Emiratis have begun a new era in the boom in wartime contracting that began after the Sept. 11, 2001, attacks. And by relying on a force largely created by Americans, they have introduced a volatile element in an already combustible region where the United States is widely viewed with suspicion.

    Read more at www.nytimes.com
     

    Jirau é (mau) exemplo do que pode acontecer em Belo Monte

    Amplify’d from www1.folha.uol.com.br


    Para o procurador Felício Pontes Júnior, do Ministério Público Federal do Pará, as semelhanças no processo de implantação das usinas mostram que Belo Monte repete os mesmos erros que levaram aos confrontos em Jirau.


    Com um agravante: a região de Altamira, que receberá a nova usina, já passa por conflitos agrários graves, como o que levou à morte da missionária Dorothy Stang.


    Pontes diz que esses conflitos podem se intensificar com a chegada de migrantes à região em um número "incompatível" com a infraestrutura existente no local.


    Em um parecer de outubro de 2010, o Ibama diz que a Norte Energia subestimava o fluxo migratório. O instituto já citava Jirau, que fez a população de um dos distritos de Porto Velho, com estrutura defasada, subir de 4.000 para 15 mil moradores.


    Entre as condições impostas pelo Ibama para Belo Monte, estão capacitação de moradores da região e investimento em saneamento.


    Antes que todas fossem concluídas, porém, o Ibama concedeu licença parcial, como fez em Jirau. Para o Ministério Público Federal, que foi à Justiça contra a iniciativa, ainda não há garantia dos itens de infraestrutura.



    FELIPE LUCHETE

    DE BELÉM


    Read more at www1.folha.uol.com.br
     

    No alçapão do Planalto


     
    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    "That Crazy Old Bastard": Ken Russell (1927 - 2011)

    Amplify’d from www.popmatters.com
    For a time, he was the bad boy of British filmmaking, a moniker that actually meant something back in the productive, post-modern phase of cinema. A director by whim instead of choice, he turned an obsession with visuals into an iconic, inventive style. His fascination with religion, symbolism, nature, and human frailty became the calling cards of his fractured, sometimes frightening vision. Today, his oeuvre forms a footnote in the ongoing deconstruction of late century consensus, and that’s really a shame. Before all the ballyhooed bandits who supposedly struck substantive blows against the artform’s stodgy empire, Ken Russell (who died on 27 November) was the original rebel. And unlike his current compatriots, there was a slightly ludicrous legitimacy to his creative cacophony.
    Read more at www.popmatters.com
     

    Ouvindo Mar-Keys - Last Night (1961)


    quarta-feira, dezembro 07, 2011

    Lupi foi baleado


    (Rio de Janeiro, RJ)

    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges  

    Marcadores: ,

    terça-feira, dezembro 06, 2011

    Listening to Geraldo Vandré : Porta- estandarte

    Na avenida girando estandarte na mão pra anunciar...



    Um dia que vem vindo e que eu vivo pra cantar...


    Alan Moore v Frank Miller: comics legends clash

    Amplify’d from www.guardian.co.uk
    Alan Moore and Frank Miller

    Moore criticises 'unpleasant sensibility' of 'completely misguided' Miller after Sin City author's tirade against the Occupy movement

    "Frank Miller is someone whose work I've barely looked at for the past 20 years," Moore told Honest Publishing. "I thought the Sin City stuff was unreconstructed misogyny, 300 appeared to be wildly ahistoric, homophobic and just completely misguided. I think that there has probably been a rather unpleasant sensibility apparent in Frank Miller's work for quite a long time." Miller's most recent work, Holy Terror, sees new superhero The Fixer take on al-Qaida.

    Read more at www.guardian.co.uk
     

    O que significa aquela faixa na camisa do Vasco


    (Manaus, AM)

    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges  


    Marcadores: ,

    "JN" transforma saída de Fátima Bernardes em evento de firma com transmissão nacional

    Amplify’d from f5.folha.uol.com.br
    Na era do espetáculo, tudo é transformado em show. Até troca de lugar em firma. E a TV Globo deitou na arte de transformar coisa prosaica em "evento". Um show que deu errado. Ou certo. Pelo twitter, as piadas estavam ótimas.


    Em um bloco imenso, o programa mostrou Fátima Bernardes e William Bonner recebendo Patrícia. E, como se isso fosse pouco, improvisou um "esta é a sua vida" da carreira de cada uma das apresentadoras. Sabe apresentação de projeto ou de funcionários em Power Point? Foi o que a emissora fez. Só que com transmissão nacional.


    No fim, os três deram as mãos sorridentes. Como se a troca fosse um momento histórico. E como se as noticias do dia, realmente, não existissem. A Europa está em crise? O Doutor Sócrates morreu? O ministro do Trabalho deixou o cargo? Deixa pra lá. O que realmente importa é que houve uma troca de cargo no programa. Sim, a TV Globo teve um surto de egocentrismo daqueles.

    Read more at f5.folha.uol.com.br
     

    O destaque auto-congratulatório no telejornal & todo o hype em torno da troca de apresentadora é um marco nessa transformação do jornalismo em espetáculo e os jornalistas em celebridades extra-notícias. http://amplify.com/u/a1jfow

    Doutor, ai doutor ... charge socrática de DALCIO MACHADO


    Cristóvão Bastos: a outra fumaça

    Amplify’d from www.cristovam.org.br

    O Brasil deu um salto civilizatório ao proibir em escala nacional a fumaça de cigarros em ambientes fechados. Milhões de vidas serão salvas graças a esta decisão nacional. É surpreendente que outros problemas igualmente graves não sejam enfrentados com a mesma vontade, para que o salto seja ainda maior.

    Não se vê como igualmente grave, o problema do analfabetismo de adultos que já deveria estar resolvido há décadas.

    Aceitamos como natural que milhões de crianças trabalhem em vez de estudar. Mesmo que livres do fumo, essas crianças não terão futuro melhor do que a vida dos fumantes. Uma parte delas trabalha na prostituição. Não estamos vendo isso como uma tragédia ainda pior do que o fumo. Se víssemos, seria possível uma ação tão forte como a lei antitabagista, abolindo de vez a possibilidade desse tipo de condenação de nossas crianças.

    A proibição de cigarros foi um avanço social de grande importância, mas não tratamos com a mesma preocupação e rigor o problema da violência. Tratar a violência apenas como assunto de polícia e cadeia seria o mesmo que tratar o câncer apenas como questão de remédios e hospitais, esquecendo a proibição de cigarros em ambientes públicos.

    Também não enfrentamos com rigor o problema da corrupção em todas as esferas de nossa vida social, especialmente na política.
    Esta tolerância com os grandes problemas decorre de outra fumaça que encobre a realidade, nos embrutece e tira nossa perspectiva: a fumaça ideológica criada pelo vício de séculos a olhar os defeitos do nosso país como se fossem resultados de causas naturais
    Read more at www.cristovam.org.br
     

    Listening to Chico Buarque : Nina


    Doutor, ai doutor


    (Campinas, SP)
     
     
    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges  

    Marcadores: ,

    segunda-feira, dezembro 05, 2011

    Dilma quer entrar em forma


    NANI 
    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    O adeus do traço ao doutor da bola

    Amplify’d from universohq.blogspot.com
    Por tudo que fez dentro e fora dos campos, Sócrates era mais do que um ídolo do Corinthians. Era um daqueles raros casos de atleta admirado e querido até por rivais. Por isso mesmo, o cartunista Jal (que é palmeirense) decidiu organizar uma flash expo para homenageá-lo, que será reproduzida aqui no Blog do Universo HQ. Afinal, ele foi uma das figuras do futebol mais caricaturadas na imprensa.
    Read more at universohq.blogspot.com
     

    The 10´s Summer of Love: Canoodling at Wall Street

    Amplify’d from www.thedailybeast.com
    love-at-ows-5gt
    In some ways Occupy Wall Street looks like a Sixties lovefest—men, women, and a bunch of sleeping bags all thrown together in one big mosh pit. But is anyone actually getting lucky?

    “Gorgeous, sexy female trader seeks a hot and bothered 99%’er to occupy her all night long. Let yourself be exploited through deeply taxing work. Resist passionately until your voice is hoarse. Succumb and fall asleep wrapped in my Sferra 1,000 thread count sheets, then make me espresso at 6am before I leave to master the universe. Repeat. Welcome to the 1%. Occupy me.”

    Read more at www.thedailybeast.com
     

    The Muppets are Communist!!

    Amplify’d from www.huffingtonpost.com
    Piggy Kermit

    It ain't easy being green, but according to Fox Business, Kermit the Frog and his Muppet friends are reds.

    "It's amazing how far the left will go just to manipulate your kids, to convince them, give the anti-corporate message," he said.

    "They've been doing it for decades. Hollywood, the left, the media, they hate the oil industry," Gainor continued. "They hate corporate America. And so you'll see all these movies attacking it, whether it was 'Cars 2,' which was another kids' movie, the George Clooney movie 'Syriana,' 'There Will Be Blood,' all these movies attacking the oil industry, none of them reminding people what oil means for most people: fuel to light a hospital, heat your home, fuel an ambulance to get you to the hospital if you need that. And they don't want to tell that story."

    Indeed, there was no mention of the benefits of oil drilling in the Muppets, but there was also no discussion of any other aspect of the industry.
    s were unavailab
    The Teletubbies were unavailable for comment
    Read more at www.huffingtonpost.com
     

    Listening to Gilberto Gil & Mutantes - Domingo no Parque


    Belo Monte: perguntas e respostas sobre a obra mais polêmica do país

    Amplify’d from www.itamaraty.gov.br
    Há 15 dias circula pela internet um vídeo com 19 artistas famosos falando sobre Belo Monte. Numa espécie de jogral, nomes de peso como Ary Fontoura, Marcos Palmeira, Juliana Paes e Letícia Sabatella, fazem uma série de perguntas, afirmações e pedem aos internautas que assinem uma petição para paralisar imediatamente as obras da usina.
    O problema é que discussão mesmo, a gravação tem pouca. O tom é de campanha contra o projeto mais polêmico do país nos últimos 30 anos. Alvo de dezenas de ações na justiça e até algumas cenas de violência.
    Por isso, 8 perguntas dos artistas estão na coluna de hoje, sendo respondidas por 4 especialistas
    Read more at www.itamaraty.gov.br
     

    Lupi caiu antes que eu replicasse esta charge ótima do Aroeira




    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    everyday i show: Shelby Lee Adams



    Galeria de fotografias de SHELBY LEE ADAMS no everyday i show



    Marcadores:

    Listening to Elton Medeiros: Pressentimento, de Elton & Hermínio Bello de Carvalho

    ai! ardido peito

    quem irá entender o teu segredo?

    quem ira pousar em teu destino?

    e depois morrer do teu amor?



    ai! mas quem virá?

    me pergunto a toda hora

    e a resposta é o silêncio

    que atravessa a madrugada



    vem meu novo amor

    vou deixar a casa aberta

    já escuto os teus passos

    procurando meu abrigo



    vem, que o sol raiou

    os jardins estão florindo

    tudo faz pressentimento

    que este é o tempo ansiado

    de se ter felicidade.


    Tutty lembrou bem

    A indiferença da imprensa com o destino do guarda-roupa de Muamar Kadafi abrange, na verdade, muitos outros detalhes pessoais da vida do ditador:
    Que fim levaram, por exemplo, aquelas enfermeiras ucranianas que cuidavam do “cachorro louco”? 

    (Tutty Vasques)

    Corintianos não conseguem por a mão na taça


    (Rio de Janeiro, RJ)


    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges  

    Marcadores: ,

    Ivan Lessa: Otan e o mundo

    Amplify’d from www.bbc.co.uk
    Ivan Lessa em ilustração de Baptistão

    Depois do linchamento de Khadafi, eu não aguento mais ler sobre o homem, seu destino ou o de pelo menos 3 de seus 8 filhos biológicos.

    Para variar, celulares registraram seus últimos sangrentos instantes. Muitos deles com a maçã de Steve Jobs. Não se pode mais ir à esquina ou torturar um beduíno sem que um desses odiosos aparelhinhos não registre o fato.

    Read more at www.bbc.co.uk
     

    domingo, dezembro 04, 2011

    SONHOS


    A moda era jogar extrato de tomate nas roupas.
    Esfregava-se bastante para criar manchas vermelhas, sanguíneas.

    ..

    Marcadores:

    BuzzFeed: The 45 Most Powerful Images Of 2011

    Amplify’d from www.buzzfeed.com
    viral


    Culture Buzz

    What a year it has been! Here's to 2012 being a more quiet and less destructive year.




    Read more at www.buzzfeed.com
     

    Occupy poster art: drawing inspiration from underground comics and vintage socialist art

    Amplify’d from www.guardian.co.uk
    Occupy posters: Occupy London

    Across the world, the Occupy movement is combining 1920s constructivism with modern graphic novel design to create striking series of images

    Read more at www.guardian.co.uk
     

    Espírito de Porco


    (São Paulo , SP)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges
     

    Marcadores: ,


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER