This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, outubro 08, 2011

    Dilma buscando o pai


    (Curitiba, PR)
     
      clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    'We Are the Champions', do Queen, é a música mais grudenta da história

    Amplify’d from www.estadao.com.br
    O quarteto britânico foi formado em 1971 - Divulgação

    A canção interpretada pelo vocalista Freddie Mercury superou Y.M.C.A, do Village People, que ficou em segundo lugar e Fat Lip, da banda canadense Sum 41, na terceira posição.

    Segundo o psicólogo especializado em música, Daniel Mullensiefen, da Goldsmiths University of London, todo sucesso musical surge da combinação entre matemática, ciência, engenharia e tecnologia.  "Há freqüências de som que determinam altura, harmonia e até processadores 'hi-tech', adicionando efeitos para tornar uma música mais memorável", revelou.

    Read more at www.estadao.com.br
     

    Via IRIS: Red Riding Trilogy (dir Julian Jarrold, James Marsh & Anand Tucker, bas David Pearce, Ing 2010)

    História de serial killer onde o que mais conta não é a solução dos mistérios (que são interessantes) mas a corrupção, falcatruas e abusos de poder da polícia no norte da Inglaterra.



    Tres filmes vão mostrando como as coisas se desenrolam em tres fases distintas, durante uma década (74 - 80 - 83). Ótimo.



    To the North! Where we do what we want!


    sexta-feira, outubro 07, 2011

    Ouvindo Otis Redding cantando & dançando I can´t turn you loose


    Steve Jobs: artist or hippie capitalist?

    Amplify’d from www.newyorker.com
    steve-jobs-beard.jpg

    But a great artist, as some have suggested, including the headline writers of the Huffington Post? If so, he was a great artist only in the sense that Bob Dylan and Andy Warhol are great artists: talented jackdaws who took other people’s half-baked innovations and converted them into beautifully made products with mass appeal. Apple didn’t build the first desktop computer based on a microprocessor: the Micral N and the MITS Altair predated the landmark Apple II. Steve Jobs didn’t create the mouse, either: he lifted it from a version he saw at the Xerox Parc research center in Palo Alto. George Lucas, and not Jobs, created Pixar. The Nomad Jukebox, a digital music player made by a company from Singapore, predated the iPod.

    Unlike Thomas Edison, to whom he has been compared, Jobs wasn’t really an inventor. In fact, by the standards of Silicon Valley, he wasn’t really a techie at all all. As John Markoff of the Times noted in his careful obituary: “Mr. Wozniak would be the technical half and Mr. Jobs the marketing half of the original Apple.
    Read more at www.newyorker.com
     

    Gênios da Maçã

    (Rio de Janeiro - RJ)
     
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges
     

    Marcadores: ,

    Steve Jobs: How He Made The Nerd Cool

    Amplify’d from www.huffingtonpost.com
    Steve Jobs Dead

    But it wasn't just about making the coolest looking gadgets out there. It was about defining the way people went about their ordinary lives. Among other things, this translated into eliminating buttons because of an aesthetic objection to their look and a personal objection to their feel, highlighting the fact that form and function are as valued in products as they are in humans.

    This attention to detail on a grand scale is what has elevated Apple from the technological world to shaping our cultural psyche. Obsession with technology was a pastime once relegated to the nerd class. To most, technology was merely a form of function. It meant that the telephone was just a means to an end, a device that let you talk to friends. But Jobs created new spaces for us to exist.
    Read more at www.huffingtonpost.com
     

    Femininamente incorreta: Sérgio Augusto comenta a proibição da Gisele de lingerie

    Amplify’d from www.estadao.com.br

    O governo indignou-se com uma campanha de lingerie que começou a ser veiculada pela TV e na internet no dia 20 de setembro. Entenda-se por governo a ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas para as Mulheres, a quem ninguém deixaria de dar razão se nos três comerciais das calcinhas e sutiãs Hope que tanto a enfureceram mulheres aparecessem agredidas, estupradas ou estranguladas com alguma peça de lingerie. Mas, como é do conhecimento público, nos três anúncios a top model Gisele Bündchen apenas faz um casto jogo de sedução, sem tirar a calcinha ou o sutiã. E com o marido, não com um amante ou o entregador de pizza.

    O que Gisele faz, nos três comerciais da Hope, é atestar o poder de sedução e da astúcia femininos, não um mero ardil de mulher submissa e parasitária. Falar em "desrespeito à condição feminina", como fizeram a ministra Iriny Lopes, sua subordinada Aparecida Gonçalves e outros baluartes do femininamente correto, é, no mínimo, um exagero. Tudo bem, a mulher do anúncio não sabe dirigir carro direito nem controlar seu consumismo conspícuo, mas ela é (e não há como descolar a imagem da personagem de quem a encarna) a Gisele Bündchen, uma das mulheres mais bonitas, famosas, bem-sucedidas, independentes e ricas do mundo.

    Em matéria de "ação afirmativa" da mulher brasileira, Gisele já era veterana quando Dilma Rousseff elegeu-se presidente e Iriny Lopes deputada

    Impressiona a ignorância de certas autoridades sobre como funciona a publicidade, como ela trabalha com clichês e com o humor. Por entendê-la um pouco mais e achar que o governo tem coisas mais sérias a tratar, resisto à tentação de propor à presidente a criação de uma secretaria especial para fiscalizar o tratamento dado ao homem na propaganda e denunciar ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitário (Conar) todos os comerciais em que nós, marmanjos, somos retratados como trouxas que se deixam enrolar por mulheres de lingerie e como idiotas que babam por uma cerveja gelada ou carros que desenvolvem velocidades inatingíveis fora de uma pista de Fórmula 1 – e muito menos nas ruas de São Paulo. Para não mencionar os cornos mansos, os velhos gagás e as bichas enrustidas.

    Read more at www.estadao.com.br
     

    Listening to Mafaro com Imaginação

    Um elefante dourado, de pijama voando no céu

    Búlgaras peladas, fazendo abdominal

    Três turcos malvados, sem dentes com cara de mau

    Pipocas salgadas e doces

    Gigante com cueca de anão

    Urso panda dançando ballet

    Baiano tomando chimarrão



    O mundo de dentro da gente é maior do que o mundo de fora da gente


    Occupy Wall Street: how it began

    Amplify’d from www.nytimes.com












    A man named Hero was here. So was Germ. There was the waitress from the dim sum restaurant in Evanston, Ill. And the liquor store worker. The Google consultant. The circus performer. The Brooklyn nanny.



    It all began when a Canadian advocacy magazine, Adbusters, posted a call for action on its blog in July. A New York group naming itself the General Assembly, inspired by recent meetings in Madrid, began to hold organizing meetings in Tompkins Square and other public places, leading to a Sept. 17 march near Wall Street. Shooed away from Wall Street, the protesters wound up in Zuccotti Park, which is bounded by Broadway and Liberty Street and has become their base.

    There are information stations, a recycling center, a media center where a gasoline generator powers computers. At the east end sits the library, labeled cardboard boxes brimming with donated books: nonfiction, fiction, poetry, legal. There is a lost and found.


    A medical station was outfitted with bins holding a broad array of remedies: cough drops, Maalox Maximum Strength, Clorox wipes, bee pollen granules. The main issues have been blisters, including some from handcuffs, and abrasions.


    There are also a few therapists.

    Two General Assembly meetings are held each day to conduct organizational business and work on objectives.

    People are divided into committees, including town planning, child care, direct action and a de-escalation group charged with keeping things orderly. There have been a few arguments.


    When will all this end?


    One protester thought when the temperature fell below 50.

    Read more at www.nytimes.com
     

    iGod


    (Rio de Janeiro, RJ)
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges


    Marcadores: ,

    quinta-feira, outubro 06, 2011

    Custando o que custar (4): Rafinha Bastos comenta polêmica com video de humor


    Occupy Wall St : The Photogallery

    Marcadores:

    quarta-feira, outubro 05, 2011

    10 Products That Defined Steve Jobs' Career

    Amplify’d from techland.time.com
    10 Products That Defined Steve Jobs' Career

    NEW YORK (AP) -- Steve Jobs had no formal schooling in engineering, yet he's listed as the inventor or co-inventor on more than 200 U.S. patents. These are some of the significant products that were created under his direction:

    Read more at techland.time.com
     

    Steve Jobs is dead

    Amplify’d from gizmodo.com

    He was the reason many of us got into this industry, or even care about technology at all. He made the computer personal, and the smartphone fun. Bill Gates may have put a computer on every office desk, but it was Steve Jobs who put one in every dorm room and bedroom and living room. And then, years later, he repeated the trick, putting one in every bag and every pocket, thanks to the iPad and iPhone. If you use a computer or smartphone today, it is either one he created, or an imitation of his genius.

    He changed the way movies are made, the way music is sold, the way stories are told, the very way we interact with the world around us. He helped us work, and gave us new ways to play. He was a myth made man.

    Jobs understood that they could be something more than that. That while computers would never be people, he could endow them with humanity. He could transform them into machines that not only anyone could use, but that everyday people would enjoy using thanks to the art of great design. He made them something that would be part of our lives. And he did that again and again.
    Read more at gizmodo.com
     

    I´m 87 and mad as hell

    Amplify’d from twitpic.com
    Not just the young, but also the elderly are participating in #OccupyWallStreet

    Not just the young, but also the elderly are participating in #OccupyWallStreet
    Read more at twitpic.com
     

    50 anos de Breakfast at Tiffany´s

    Naomi Shelton & Gospel Queens - i´ll take the long road


    Pela COCHLEA



    Marcadores:

    Bob Dylan now favourite to take the Nobel prize for literature

    Amplify’d from www.guardian.co.uk
    Bob DYLAN

    Sizzling-hot Nobel update! We reported yesterday that a late surge in betting on this year's Nobel prize for literature had seen the odds on Bob Dylan tumbling from 100/1 to 10/1 over 24 hours, making him fourth-favourite to take the prize. Well, it didn't end there: Ladbrokes have just issued a press release saying that Dylan is now installed as the firm favourite, after 80% of bets taken in the last 12 hours were placed on the singer-songwriter. Odds on him are now 5/1, ahead of Adonis (6/1), Haruki Murakami (8/1) and Tomas Transtromer (10/1).

    Can it really be? I still can't credit it, to be honest. I love Dylan as much as the next person whose father played him incessantly during the car journeys of their youth, but in a field that also includes Amos Oz (25/1), Les Murray (16/1) and Thomas Pynchon (20/1) can he truly be considered, as Alfred Nobel specified when he endowed the prize, "the person who ... produced in the field of literature the most outstanding work in an ideal direction"?

    Read more at www.guardian.co.uk
     

    Dylan cotado para Nobel de Literatura ?!

    Amplify’d from www.guardian.co.uk

    Nobel prize odds a-changin' for Bob Dylan

    Bob Dylan

    Ladbrokes said this morning that the unlikely contender's odds of landing the world's most prestigious literary award had tumbled from 100/1 to 10/1 over the last 24 hours following "a substantial gamble from clued-up literary fans". Dylan sits behind favourite Adonis, the Syrian poet, at 4/1, Swedish poet Tomas Tranströmer at 7/1 and Japanese novelist Haruki Murakami at 8/1.

    Read more at www.guardian.co.uk
     

    terça-feira, outubro 04, 2011

    Gisele de calcinha



    (Belo Horizonte, MG)
      
     clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Rock In Rio não deixa história memorável

    Amplify’d from www.estadao.com.br
    Foram 700 mil espectadores, 170 atrações, 98 horas contínuas de música - há quem discorde dessa última definição.


    Mas não é injusto dizer que essa edição foi uma das mais conservadoras, em termos artísticos, coisa que não pode se repetir em 2013. Godzilla dos festivais de rock, o Rock in Rio não deixa, como saldo artístico, uma impressão boa. Pareceu ter sido montado sem convicção curatorial, recebendo o que era ofertado com mais presteza (quem sabe alguma pechincha). Parte das suas atrações principais se apresentou antes em outras cidades, como Red Hot Chili Peppers e Ke$ha (em São Paulo), o que esvaziou um pouco a curiosidade sobre suas performances.



    Muitos artistas também demonstraram certa preguiça em relação ao novo,
    fazendo seus shows tradicionais (o mesmo show que fazem em feiras
    agropecuárias), caso de Skank, Jota Quest, Maroon 5, Frejat, Maná, Lenny
    Kravitz. Poucos fugiram da preguiça, caso de Claudia Leitte, Coldplay,
    Evanescence - enfrentando inclusive os riscos dessa ousadia. Outros,
    cuja performance era ironizada antes de chegarem aqui, se superaram em
    vontade e animalidade musical, como Elton John.
    Rock In Rio deixa valor histórico e marcas de conservadorismo - JF Diorio/ AE
    See more at www.estadao.com.br
     

    segunda-feira, outubro 03, 2011

    Custando o que custar (3): Tudo tem limite, até o Rafinha Bastos

    Amplify’d from f5.folha.uol.com.br
    Rafinha Bastos ficará de fora do


    Rafinha Bastos bateu na parede. Acostumado a dizer o que lhe vem à cabeça sem sofrer quase nenhuma consequência, dessa vez o apresentador do "CQC" foi longe demais. Xuxou onça com vara curta, e agora vai ter que pagar.


    Enfim, acidentes acontecem. O humor de fato engraçado é sempre iconoclasta (detesto a expressão "politicamente incorreto", que está se tornando um escudo para quem quer dizer escrotices). O desafio é dosar. Saber para quem se está falando, quem vai gostar e quem vai se incomodar. Rafinha tem uma fortuna a perder em imagem e contratos de propaganda. Mas nós, o público, perderemos ainda mais se ele exagerar na dose e enfiar o rabo entre as pernas.

    Read more at f5.folha.uol.com.br
     

    Custando o que custar (2): Rafinha Bastos: o aluno arrogante que foi suspenso da escola

    Amplify’d from f5.folha.uol.com.br
    Vocês acham um absurdo alguém fazer piada com estupro, então vocês são todos uns politicamente corretos chatos. O argumento tem sido usado sem parar pela turma dos humoristas do "CQC" e seus fãs sempre que alguma "piada" absurda vem à tona e eles são criticados
    "Isso só aconteceu porque o marido de Wanessa Camargo é poderoso", dizem. E deve ser verdade.


    Quem fala o que quer, ouve o que não quer. E, se o que foi dito foi falado na televisão e está lá gravado para sempre, você vai ter que responder por isso, sim. Normal. É assim na vida. E é assim se o seu trabalho tem repercussão.

    Read more at f5.folha.uol.com.br
     

    Custando o que custar (1): Danilo Gentili é destaque na imprensa britânica com piada sobre Dilma

    Amplify’d from www1.folha.uol.com.br
    Danilo Gentili (foto) durante show no Comedians, clube do qual é dono junto com Rafinha Bastos e Ítalo Gusso


    "Votar na Dilma porque ela foi torturada? Foda-se. Eu pedi para ela ser?", destacou a publicação. "Sério. Um presidente tem que ser esperto. Se ela foi presa e torturada, é porque ela era uma idiota".


    "Em qualquer lugar do mundo as pessoas entendem que o papel do comediante é fazer piadas. Um dia vão entender isso no Brasil também, eu espero", afirmou Gentili ao jornal.

    Read more at www1.folha.uol.com.br
     

    domingo, outubro 02, 2011

    The Antics Roadshow: o programa de TV do Banksy


    Listening to Cabruera : Doce de Coco


    Paquetá: ilha cercada de bicicleta por todos os lados

    por Renata Leite

    Amplify’d from oglobo.globo.com
    O tempo parece ter transcorrido mais lentamente para os 4.500 habitantes de Paquetá. Na "Ilha da Bicicleta", qualquer veículo que supere os 20 km/h gera estranheza.

    Triciclos adptados para levar até dois passageiros, além do condutor, os EcoTáxis são amplamente utilizados pelos moradores, que ainda têm charretes e uma espécie de trenzinho sem trilhos para se locomover. Para a maioria dos moradores, no entanto, a primeira opção é sempre o bom e velho pedal. A estrada que margeia a ilha tem sete quilômetros e pode ser percorrida em pouco mais de 20 minutos.

    - Não existe lugar melhor para se viver do que Paquetá. Basta dizer que quem mora aqui vive mais e mais feliz - garantiu Carlos Dias da Silva, que trabalha alugando triciclos para turistas.

    Read more at oglobo.globo.com
     

    Winners of the Ig® Nobel Prize

    Amplify’d from improbable.com
    2009 Public Health prize demonstration

    For achievements that first make people LAUGH
    then make them THINK

    MATHEMATICS PRIZE: Dorothy Martin of the USA (who predicted the world would end in 1954), Pat Robertson of the USA (who predicted the world would end in 1982), Elizabeth Clare Prophet of the USA (who predicted the world would end in 1990), Lee Jang Rim of KOREA (who predicted the world would end in 1992), Credonia Mwerinde of UGANDA (who predicted the world would end in 1999), and Harold Camping of the USA (who predicted the world would end on September 6, 1994 and later predicted that the world will end on October 21, 2011), for teaching the world to be careful when making mathematical assumptions and calculations.

    Read more at improbable.com
     

    Ainda hoje implicam com o cabelo????

    Amplify’d from www.estadao.com.br

    Aluno com cabelo moicano vence escola na Justiça e recebe R$ 3 mil

    Menino foi impedido de entrar no colégio por conta de seu corte de cabelo

    Read more at www.estadao.com.br
     


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER