This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sexta-feira, dezembro 31, 2004





    ADEUS, 2004!!!
    festival de charges sobre a passagem do ano


    quinta-feira, dezembro 30, 2004





    - Maringoni



    BLOGS O FENOMENO DO ANO

    Time - que lançou essa moda de Homem (ou Personalidade) do Ano - pode ter tascado o tacanho do Bush pela segunda vez na capa de sua retrospectiva do ano
    mas a ABC fez uma escolha melhor:

    optou por Gente do Ano.
    E quem é essa gente do ano?
    Os blogueiros!!

    Se já tinham sido assunto grande na campanha presidencial americana
    o papel dos blogs diante da catastrofe no Oceano Índice tem sido enorme.
    Leia aqui



    finalmente um texto otimista!!
    alguem que acha que o mundo melhorou!!!

    Elio Gaspari compara a catastrofe atual com a de Krakatoa
    e como a noção do nosso planeta mudou de lá para cá....



    briefing que escrevi sobre o tema e os
    homenageados do proximo Salao Carioca de Humor


    A cada ano o salao tem um tema principal (atencao o tema vale pras exposicoes com artistas convidados e nao pro concurso com artistas que se inscrevem- o concurso eh tema livre).

    Bem, cada edicao do salao tem um tema e um homenageado que é o grande nome, o maior artista, a retratar este tema.
    Os temas ou sao assuntos ligados aa cultura carioca
    ou assuntos de ambito nacional.
    Assim tivemos Carnaval, Futebol (num ano de Copa), Mulher, Samba, Pasquim, Historia (nos 500 anos), Televisao, Guerra, Saude, Politica (ano passado, aproveitando a popularidade do Lulao , o homenageado foi Chico Caruso), etc.

    Este ano o Salao Carioca de Humor resolveu ser redundante e escolheu como tema o proprio Humor Carioca.
    Num momento em que os cariocas estao precisando de muito, mas de muito humor.
    Afinal,o slogan do salao eh uma frase de Millor Fernandes: "O Rio de Janeiro continua rindo".

    O humor carioca eh uma coisa tao rica que pela primeira vez o Salao decidiu homenagear a tres artistas simultaneamente. Tres artistas extremamente cariocas, que encarnam a fundo a alma da cidade (embora um deles seja importado do Uruguai). Estes artistas sao Jaguar, que comemora 50 anos de carreira, Millor Fernandes e Lan, estes comemorando 80 anos de vida.

    Cada um com seu estilo, com visoes diferentes, mas todos com o espirito de gozaçao, deboche, sensualidade e espontaniedade que caracteriza o carioca. É um espírito que muitos consideram sepultado sob os escombros da violencia urbana e do caos da grande cidade, mas pretendemos mostrar com este Salao Carioca que seu Humor continua vivo, muito esperto e vivo.

    Assim como continuam presentes o humor e o talento de Borjalo, um mestre do cartum Brasileiro que faleceu recentemente. Alem de seus desenhos comoventes e requintados, Borjalo revolucionou, usando o humor, a linguagem d televisao brasileira. Foi o criador de personagens como a Zebrinha (que dava os resultados da loteria no Fantastico) e o primeiro artista a usar bonecos como comentaristas de um telejornal brasileiro. Uma das exposicoes do XVI Salao Carioca de Humor será dedicada ao Borjalo.




    PALAVRAS

    Farto também estou das tuas idéias claras e distintas a respeito de muitas outras coisas, e é só para contrabalançar tua lucidez que confesso aqui minha confusão, mas não conclua daí qualquer sugestão de equilíbrio, menos ainda que eu esteja traindo uma suposta fé na "ordem" , afinal, vai longe o tempo em que eu mesmo acreditava no propalado arranjo universal (que uns colocam no começo da história, e outros, como você, colocam no fim dela), e hoje, se ponho o olho fora da janela, além do incontido arroto, ainda fico espantado com este mundo simulado que não perde essa mania de fingir que está de pé.

    - Raduan Nassar



    via Intelligentsia

    quarta-feira, dezembro 29, 2004



    ELI ELI LAMA SABATINI

    A imensa tragédia
    ribombando pelo Oceano Índico
    revolveu os mares
    e trouxe à tona o raciocínio de Epicuro.

    Se existe um deus
    por que nao evitou isto?
    Nao quis interferir no mundo que criou
    ou nao pode diante das leis da natureza?

    No primeiro caso, Deus é muito filho-da-puta.
    No segundo, é um deus bundao.





    - Lute



    BLOGS NA ONDA

    Mais uma vez os blogs mostram sua força e sua importancia no cenario mundial atual. No rastro da catastrofe no Oceano Indice proliferam blogs criados especialmente para formar uma rede planetaria de informacao e de solidariedade.

    Como por exemplo o SEA-EAT (South East Asia Earthquake and Tsunami),
    bastante completo.



    PALAVRAS

    O que eu posso fazer é só constatar minhas perplexidades, meus receios diante desse quadro cada vez mais assustador. Como não se vê perspectiva de mudança a curto ou mesmo a médio prazo, a sociedade toda é levada a um certo conformismo, ou mesmo a um cinismo. Na alta classe média, assim como já houve um certo esquerdismo de salão, há hoje um pensamento cada vez mais reacionário, com tintas de racismo e de intolerâncias impressionantes.

    O medo da violência na classe média se transforma também em repúdio não só ao chamado marginal, mas aos pobres em geral, ao sujeito que tem um carro velho, ao sujeito que é mulato, ao sujeito que está mal vestido. Toda essa indústria da glamourização, de quem pode, de quem ostenta, de quem torra dinheiro -enfim, ser reacionário se tornou de bom tom. As moças bonitas no meu tempo eram de esquerda. Hoje são todas de direita .

    Boutades às vezes racistas, preconceitos de classe, manifestações de desprezo mesmo pelos mais pobres se tornaram algo muito comum e socialmente valorizado.


    - Chico Buarque

    segunda-feira, dezembro 27, 2004


    TSUNAMIS

    O mundo é cruel
    e nos reserva surpresas fantásticas
    estupefatos diante dos fenomenos
    somos varridos por ondas desatinadas

    Lama arrastada de roldão
    corpos surfando terra adentro

    O planeta suspirou
    de leve, profundamente,
    entediado com tanta miséria

    Os raios circulares concentricos no mapa
    marcam o alvo onde dardos fincam os dados
    de mortes cada vez mais crescentes

    E no fundo do peito a gente sente
    a ira divina
    traíra





    Só faltava mesmo essa
    pro universo Blog ser
    consagrado como o
    fenomeno do ano!

    Maurício de Souza
    criou o personagem Bloguinho!

    Tá na hora de fechar
    também o blog0news...



    ENTROPIA

    internet é assim, voceh volta num lugar legal, nao existe mais
    esta semana fecharam o suprnova
    e hoje passei no wumanity.
    gente, rossana fischer fechou o otimo wumanity



    COMENTÁRIOS QUE ACABAM VIRANDO POSTS

    Os esquerdinhas que hoje são donos do país são os que menos querem os arquivos da ditadura abertas. Alguém sabe dizer por quê? Porque lá estão todas as suas histórias sujas, falcatruas, depoimentos em que deduravam "camaradas", etc. etc. etc. Quem traiu 20 e poucos "camaradas" no Araguaia está em Brasília, em algum gabinete do governo. Quem roubou, matou, sequestrou, assaltou bancos, também está em Brasília, e por estes crimes estão recebendo gordas pensões da viúva.

    - Malkhut


    Malkhut, seu delírio cai por terra quando o Lula finalmente permite a abertura dos arquivos, revogando decreto do ditador FHC.





    Via IRIS: vistos na semana

    The Rock (Michael Bay, 96) ++
    Las Vegas Vacation (Stephen Kessler, 97) -
    Duplex (Danny de Vito, 2003) +++
    Animal Crackers (Victor Heerman, c/ Marx Bros, 1930) ++++
    Monkey Business (Norman McLeod, c/ Marx Bros, 1931) ++
    Feels Like Goin Home (Martin Scorcese, 2003) ++++
    Le Journal d'une femme de chambre (Bunuel, 1964) ++++
    Belle du Jour (Luis Bunuel, 1967) +++
    Tristana (Luis Bunuel, 1970) ++++
    Le Fantôme de la liberté (Luis Bunuel, 1974) ++++
    Cet obscur objet du désir (Luis Bunuel, 1977) ++++


    lista anterior




    Gravataí Merengue explicita uma coisa que tambem percebi:
    Os Incríveis é muito o contexto familiar do Fantastic Four do Stan Lee & Jack Kirby.



    PULANDO QUE NEM UMA GUARIBA

    Lembram que Garibas, vila no interior do Piauí,.foi designado símbolo da Campanha Fome Zero? O demo do projeto foi realizado lá.

    Guaribas é símbolo de tudo que é errado no Brasil.
    A começar pela sua miséria inata.
    E pelo uso do dinheiro que eventualmente pinga dos cofres federais para combater essa miséria nos rincões.

    Reportagem da Folha hoje mostra como a grana para construção de banheiros e rede de água foi para o bolso dos políticos e nada foi construído.
    Do dinheiro para a construção de casas populares, 43% foi usado nisso, em obras que agora estão paradas. O resto sumiu.
    Merenda escolar? Os mantimentos só foram entregues uma vez durante 2003. Mas o dinheiro foi gasto.
    Famílias cadastradas no Peti? Nenhuma recebeu coisa alguma. O dinheiro ficou com a Prefeitura.
    O posto de saude de Guaribas foi desativado mas o dinheiro do SUS continua chegando.
    Não dá para saber se alguem recebeu os benefícios do Bolsa-Família pois os cadastros desapareceram.

    E assim por diante. Guraibas tem o terceiro pior IDH do país.

    Enquanto a roubalheira, a ganância, a corrupção e o egoísmo forem a tônica dos homens brasileiros vamos continuar um país de miseráveis.
    De corpo e de espírito.



    Guaribas, março de 2003
    foto de Lalo de Almeida






    PALAVRAS

    Como Hollywood gosta tanto de sequencias, é totalmente adequada que a supressão esta semana dos principais sites BitTorrent tenha uma semelhança arrepiante com um evento que ocorreu em julho de 2000. Enfrentando uma maré crescente de processos e numerosas ordens judiciais exigindo seu fechamento imediato, o arquétipo do serviço par-a-par, Napsters, puxou a tomada de seus próprios servidores, silenciando os milhares de usuários que usavam o serviço como uma central de trocas. Seria o fim daquilo. Mas não. Pelo contrário, o numero de canções trocadas hoje na internet é um gigante perto do numero no ápice do Napster. A supressão do Napster levou a uma profusão de alternativas -Gnutella, Kazaa e BitTorrent.

    (…)

    Se o Napster não tivesse sido expulso do mercado pela RIAA, é improvável que tivesse surgido a necessidade para um Gnutella; se a RIAA não tivesse atacado aquele ponto falho único, não haveria necessidade de se desenvolver uma solução que pelo seu design não tivesse um único ponto falho. É como se ambos os lados da guerra da pirataria e do compartilhamento de arquivos estivessem engajados num esforço evolucionário: a cada vez que um lado aparece com uma estratégia nova, o outro lado evoca uma resposta a isto. Não é apenas um jogo de gato-e-rato; cada ataque da RIAA gera uma resposta de sofisticação crescente. E agora a MPAA entrou de gaiata nessa corrida armamentista. Isto foi, como logo se verá, Uma Péssima Idéia.

    (…)

    Ei, Hollywood! Pode sentir o futuro escorrendo entre seus dedos? Consegue entender a merda que você fez? Pegou uma situação perfeitamente transformável num serviço - um otimo sistema centralizado para a distribuição de mídia - e, através de sua própria cobiça e miopia, está parindo um sistema de distribuição digital que nunca, nunca será capaz de derrotar. Em sua avareza e arrogancia ignorou o óbvio: deveria ter feito um acordo com SuprNova.org. Nessa parceria poderia ter encontrado uma maneira de gerenciar a mudança disruptiva que já está a caminho. Ao invés disto, repetiu os erros cometidos pela indústria das gravadoras, de uma ponta a outra. E assim determinou sua própria ruína.

    Dizem que as sequencias são iguaizinhas às originais, só que maiores e mais barulhentas. Senhoras e senhores, preparam-se para um puta queda. Esse bebê agora está totalmente fora de controle.




    texto completo na Susan Mernit


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER