This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, maio 15, 2004

    NOVO PARTIDO COMEÇA MAL

    Os dissidentes do PT, liderados pela fogosa Heloisa Helena,
    partiram para a criação de um novo partido.
    Mas estão tão acostumados a criarem casos
    que logo rolou uma saia justa
    e já começa a aparecer um racha.



    foto de Celso Junior




    RUMMY!
    Yesterday my life was filled with gray...


    Seymour Hersch volta à carga na nova edição do New Yorker.
    Na edição passada expôs na imprensa escrita as fotos da tortura no Iraque.
    Agora ele cita o responsável primordial pela implantação desta política de agressões & humilhação: Donald Rumsfield.

    Nada dessa historinha de soldadinhos reservistas ensandecidos numa noitada de desvarios. Era uma política intencional e o lodo chega até lá em cima.


    Detalhe interessante:
    o ser que Rumsfield nomeou como chefe do sistema penitenciário dos invasores no Iraque - Lane McCotter - tinha sido condenado por vários excessos nas prisões que administrava em Utah (EUA), como a morte de um esquizofrênico que ficou amarrado nu numa cadeira por 16 horas.

    Não se nomeia um sujeito com essa folha corrida se não se quer que essa mesma folha corra nas suas novas funções.
    Mas, também, esperar o que? Quando Bushinho era governador do Texas, as prisões texanas criaram fama de infernos bestiais.
    Pululavam denúncias de abusos, estupros, achaques, pancadaria...(parece prisoes brazucas, né).
    Abu Ghraib pra Bush & sua corja tem nada de novo.


    Finalmente! Ainda bem!
    Resolvida a confusão do jornalista:

    BASTOS DEU UM BASTA!!!


    Num esforço etílico de reportagem
    kibe loco descobriu o documento oficial
    que detonou esse imbroglio todo do Harry Potter, quer dizer, Larry Rohter.


    CITAÇÃO DE HOJE

    A tortura e humilhação de prisioneiros de guerra não é surpreendente em si mesma. Ocorre em cada guerra, de ambos os lados. A selvageria, afinal, é a propria linguagem da guerra, transformando alguns combatentes em vingadores ferais e levando outros a descartar normas civilizadas e aquiescer em tais atos. Enviamos soldados para materem os outros, e portanto, em certa medida, aceitamos tacitamente que coisas vis podem ocasionalmente vir a acontecer.

    O que torna este escândalo de tortura diferente - o que faz dele um terremoto para o nosso governo ao inves de um ligeiro tremor - é que chega depois de uma longa série desanimante de outras revelações mostrando que esta guerra foi construída sobre um alicerce de artimanhas sugerindo uma grave ameaça à nossa segurança nacional. Talvez como justificativa dessas premissas falsas, Presidente Bush, um cristão evangélico renascido, falou várias vezes ao público americano e ao mundo que foi a mão do "Todo-Poderoso" que o guiou para liderar nossas tropas na batalha para liberar o povo iraquiano de uma ditadura brutal que fizera da tortura uma política de Estado.

    (...)

    Sob uma presidência mais verdadeira, as revelações de torturas teriam sido um golpe menos profundo na estatura da nação Este escândalo, porém, mostrou por todo o mundo as feridas da América - pois a arrogância de Washington alienou nações até então amigas e porque as imagens da prisão contrapõem-se tanto às palavras e alegações elevadas do presidente. "Tortura" e "Todo-Poderoso" não combinam.

    Esta pode ser uma presidência se desfiando: ficando cada vez mais nu ao perder suas roupas.


    i Sydney Schanberg
    "As Lições Dolorosas de Abu Ghraib


    Como queríamos demonstrar neste post
    a respeito da especificidade simbólica destas torturas.

    Manutencao no Velox durante o dia
    Postarei somente de noite, se terminarem...

    sexta-feira, maio 14, 2004

    GOVERNO INSISTE EM EXPULSAR JORNALISTA



    foto de Eid Ferreira

    TAMBEM NAO VAMOS EXAGERAR...

    Faz-me rir assistir a politicos e outras figuras
    que apoiaram e/ou se beneficiaram com a nefasta ditadura militar brasileirao
    bradar agora contra "a ameaça à liberdade de expressáo"
    e o autoritarismo contido no gesto de expulsar jornalista americano.

    TIM-TIM

    Sei que uma coisa pode não ter a ver com a outra
    mas em que hora o Palácio do Planalto abriu licitação para a aquisição de 748 copos & taças !!


    COMENTARIOS QUE ACABAM VIRANDO POSTS

    Em vez de remeterem a matéria ao terreno da fofoca, emitiram um comunicado que lhe outorga seriedade e transformam o país numa republiqueta de quinta categoria, que vê sua dignidade ofendida por boatos colhidos ao léu. Não satisfeitos, resolvem retaliar o jornalista fofoqueiro o que é, antes de tudo, prova cabal de que está havendo racionamento de inteligência e bom senso nos arredores dos Palácios do Planalto e Alvorada. Raras vezes vi uma atitude tão canhestra e contra producente. E li que um dos maiores defensores da retaliação foi o Gushiken. Falta de comando dá nisso. Não se dizer até quando este governo vai continuar morro abaixo. Parece que a descida não tem fim. Santo Deus. Cada semana uma bobagem nova. Agora está inaugurada a censura à imprensa e era só o que faltava.

    - Brunno



    Do radicalismo só restou a burrice...




    É... sem dúvida, neste caso, o Lula, digamos, exagerou na dose...

    Agora, aqui pra nós, pior eram os supósitórios de cocaina do Collor. E nem por isso sairam no NYT.





    Referem-se a este post

    INTERROGACAO

    O que estavam fazendo 115 paramilitares colombianos
    de uma facçao de direita apoiada e financiada pelo Governo Americano
    infiltrados dentro da Venezuela
    planejando um golpe de estado????


    CITACAO DE HOJE

    Sempre haverá pessoas insanas, e vocë pode ou reagir com horror, o que lhes dará mais poder, ou rir antes disso acontecer, para que as pessoas sejam menos atraídas em fazê-las acontecer.

    - Chuck Palahniuk


    quarta-feira, maio 12, 2004

    GOVERNO DISPUTA QUEDA DE BRAÇO COM INDÍGENAS



    foto de Alan Marques

    Finalmente alguem faz uma materia sobre o insolito musico e compositor
    Daminhao Experiença.
    Na revista do Lobáo, o Outras Coisas, nas bancas.

    Aliás, o Planeta Lamma tem seu site na internet.

    UMA IMAGEM VALE POR MIL PORRADAS

    Inumeras analises tem sido feitos, artigos escritos, revoltas expressas, acerca do conteudo denunciado pelas fotografias de iraquianos sendo torturados pela soldadesca dos invasores.

    Mas as pessoas nao estao se detendo sobre as fotografias em si.
    Que estáo sendo veiculados como souvenirs clicados pelos proprios participantes na orgia de humilhacoes
    ou como parte da farra (sindrome de Ribeirao Preto)
    ou por alguem horrorizado que pretendia usa-las como denuncia.

    Essa autoria individualizada das fotos reforca inclusive a linha do Alto Comando do Imperio de que foram atos de excecao, nao usuais, resultantes de desvios de determinados soldados de baixo escalao (ateh agora nove).

    Na verdade as fotografias - e os videos - sao parte de seu conteudo.
    Incluem-se em toda a trama de tortura deliberada dos detentos buscando alquebra-los ou simplesmente sacanea-los.
    O objetivo destes registro é dar sequencia aos atos de tortura em si
    estendendo o poder desestabilizando e desumanizantes destes atos.

    Os caras alem de serem torturados eram ameacados de terem as imagens dessas degradacoes enviadas para suas esposas, seus filhos, familiares e amigos.
    Imagine voce - que esta lendo este blog - ser preso, ficar nu, ser currado por um carrasco asqueroso, e depois um video disso ser mandado pra sua familia, seus amigos, seu patrao, varias pessoas que te conhecem.
    Agora insira esta situacao no ambiente iraquiano
    onde o carrasco é um invasor de seu país
    e onde ficar nu, ser currado, receber chacotas fisicas tem, culturalmente, um peso ainda maior do que para nós.

    Era esta a finalidade destas fotografias e destes videos que agora estao servindo de testemunhal de uma politica deliberada, calculada, de agressao a inimigos ou nativos inocentes, e que partia de ordens superiores.


    CINQUENTENARIOS

    que valem ser comemorados.

    1. 50 anos da batalha de Diem Bien Phu
    quando guerrilheiros vietcongs, através de um intrincado sistema de tuneis que foram cavando, conseguiram penetrar na fortaleza armadissima e impuseram derrota retumbante aos colonizadores franceses.

    Dai em diante a derrocada e os franceses tiveram que se retirar do Vietnam.
    O brilhante estrategista desta vitoria, o general Giap, duas decadas depois conseguiu derrotar tambem o Imperio Americano quando este se intrometeu nos afazeres da ex-Indochina.

    Um exercito pequeno de asiaticos franzinos e subarmados derrotaram uma potencia tecnologica de garotoes corpulentos despejando napalm e desfoliantes e cheios de aparatos e gadgets.

    Uma licao que deveria ter sido melhor estudada pelos atuais invasores aos desertos do Iraque.


    2. 50 anos da fundacao do Le Monde Diplomatique
    publicacao que nao so conseguiu manter o excelente nivel jornalistico e analitico
    como continua subsistindo dentro de seu proposito inicial:
    o de ser sustentado por seus leitores e nao depender de anuncios & publicidade.



    SE FOR DIRIGIR O PAIS, NÄO BEBA
    SE FOR BEBER, NÁO DIRIJA O PAIS


    Conseguiram ser mais babacas do que o babaca.
    Refiro-me à atitude do Governo Federal de cassar o visto e assim expulsar do pais o jornalista do NY Times que escreveu a respeito das bebedeiras do Lula

    Com isto o Brasil conseguiu reverter a opiniao publica internacional - e principalmente o da imprensa - pois a vitima passa a ser o jornalista (e a tal da liberdade de expressao).

    Fica instituido assim no Brasil o crime de lesa-majestade.

    Lula na verdade deveria estar agradecido ao Larry Rohter e sua materias de insinuacoes e disse-me-disses. Foi um raro instante de unanimidade em torno do seu governo. Petistas, dissidentes, oposicao, FH, brasileiros todos repudiando o vilipendiamento da nossa soberania.
    Amarula, quer dizer, Lula deveria saborear este momento.

    adendo

    Sem falar que o gesto remete ao Lula o ônus da prova.
    Deveriam ter minimizado o caso. Agora, com a retaliacao e seus desdobramentos, Lula nao podera dar o menor vacilo ou bandeira de um possivel alcoolismo, ou excessos provocados por porre.
    Senáo o jornalista
    e - pior - o Brizola teráo razáo!

    Ja tiraram o Lula das manifestacoes e do contato com o povo
    sera que vao lhe suprimir os calices as tacas e as tulipas em público?



    terça-feira, maio 11, 2004





    potoca do Kibe Loco

    fserb
    linkando para minhas observações
    a respeito do "Deu no New York Times" desta semana.

    Puxa, me senti o próprio Larry Rohter!



    adendo

    Aliás, o fserb cita uma dica do Nemo Nox que vale a pena os angloparlantes irem ler pois é um perfil interessantíssimo da pretensa estupidez do Imperador Bush II (e seu relacionamento com o Imperador Bush I)


    SEMANTICA

    Todo mundo sabe que o Imperador Bush II tem dificuldades com as palavras.

    Quando ele declarou que Rumsfield estava fazendo um trabalho estupendo
    é que ele queria dizer um trabalho estúpido.

    É que ele confunde palavras foneticamente parecidas.
    (como "desculpa" e "não tenho culpa")


    CITAÇÃO DE HOJE

    Estar numa cela de 2,5 metros por 2,5 metros na linda e ensolarada Baía de Guantánamo em Cuba não é um tratamento desumano.

    - Donald Rumsfield


    Vai pra lá, Rummy!
    Tira umas férias...
    E não se esqueça de levar tua batata assada pra fazer um lanchinho...

    TEM GENTE QUE NÃO BEBE E ESTÁ ESCREVENDO (I)

    Não levo fé em nenhuma matéria sobre o Brasil que escreva o nosso presidente como sendo o Da Silva.
    Todo mundo aqui sabe que nosso presidente é o Lula.

    Esta grafia reiterada num mesmo artigo é bandeira de que seu autor possui uma visão de fora e por fora sobre o que escreve. Desconhece as nuances. É um estrangeiro tentando espiar pela janela ou buraco da fechadura.
    Obedece às normas redacionais e culturais do colonizador.

    É isto o artigo de Larry Rohter no NY Times sobre as bebedeiras do presidente Da Silva (quem?).

    TEM GENTE QUE NÃO BEBE E ESTÁ ESCREVENDO (II)

    O tal artigo no Times está sendo tratado como um absurdo despropositado
    uma jayson-blairzada sem sentido.

    Nem tanto. Larry Rohter é o mesmo jornalista que há alguns meses escreveu artigo a respeito do Eixo do Mal que se formava na América Latina, unindo Lula e Fidel e Chavez.

    Quer dizer: é deliberado. O negócio é detonar os líderes cucarachas em momentos cruciais de cruzamento de interesses entre Norte e Sul.

    TEM GENTE QUE NÃO BEBE E ESTÁ ESCREVENDO (III)

    De todas as afirmações e insinuações da matéria de Larry Rohter no NY Times sobre as bebedeiras do Lula
    a que realmente achei descabida foi quando ele se refere ao "governo esquerdista de Da Silva".

    Que governo esquerdista???


    MUDAM OS DONOS DA CASA
    PERMANECEM OS PORÕES


    Argumenta-se que o escândalo e o choque com as imagens de barbaridades perpetradas por americanos em masmorras do Iraque
    tenha seu lado farisaico
    pois atrocidades maiores (isso é auferível?) eram regularmente cometidas neste mesmo local pelos torturadores iraquianos sadammitas
    e a opinião da legião dos "agora-sensíveis" não se erguia com a mesma ou maior revolta.

    Todos os abusos contra prisioneiros de todos os lados, inimigos ou inocentes, são condenáveis. Existem, porém, diferenças no, digamos, na abordagem deste métodos. O regime de Saddam era abertamente tirânico e repressor. A tortura era um instrumento inclusive propagandeado para disseminar o pavor entre insurgentes.

    O que irrita e revolta as pessoas é o abismo entre postura e prática do Império Americano. Arvoram-se de defensores (e implantadores) dos mais nobres ideais, democracia, humanismo, religiao e civilização.
    E põe-se a evangelizar esta mensagem mundo afora, numa missão caridosa de repartir esta felicidade com outros povos que não a possui.

    A ferro, fogo, ganância, cobiça, desprezo, destruição.
    Com a hipocrisia de um puritanismo podre.
    E uma arrogância arrasadora.

    A boca entoa cânticos de louvor
    enquanto os membros agem em levas de horror.

    É a mesma cantilena regida por colonizadores e conquistadores cristãos há séculos. Pela seita agora dos neo-cristãos, neo-conservadores, adoradores de Mammoth o deus da grana e do poder.


    adendo

    Argumento cabível,sim, ao se comentar a reação de boa parte da opinião pública aos desmandos doentios do invasores no Iraque
    seria uma aplicação local:

    por que essas pessoas (e essa imprensa) não se horrorizam da mesma forma com a tortura (tão ou mais hedionda) praticada diariamente e rotineiramente - e de forma intencional - nas masmorras
    e delegacias e prisões e centros de detenções
    brasileiras?

    Imagens piores estão à nossa volta mas aos nossos olhos não chegam.
    Abu Ghraib é aqui.

    segunda-feira, maio 10, 2004


    entrevista enooormmeee com Lobão
    não deu pra postar hoje
    (não sobrou bala depois da metralhadora giratória do Grande Lobo).

    amanhã eu volto.

    domingo, maio 09, 2004


    As figuras rotundas de Botero
    com seus cenários rurais, portraits posados,
    contaminaram-se com a realidade minada de violencia de sua terra natal, a Colombia.

    Pintou uma série de 48 quadros com massacres e matanças
    guernicas boterizadas
    goyas latino-americanas
    resultantes da guerrilha e contraguerrilha e narcotráfico colombianos.

    Abriram esta semana em exposição no Museo Nacional de Bogotá.



    CUIDADO COM A OUTRA!

    Vou abrir a porta
    Mais uma vez pode entrar
    É Dia das Mães
    Eu resolvi lhe perdoar
    Vou abrir a porta
    Mais uma vez pode entrar
    É Dia das Mães
    Eu resolvi lhe perdoar
    Deus me ensinou praticar o bem
    Deus me deu essa bondade
    Vou abrir a porta pra você entrar
    Mas não demore
    Que a outra pode lhe encontrar


    - Nelson Cavaquinho & Augusto Tomaz Jr


    Uma aula de física.
    De como se pode transpor o tempo e o espaço.
    O Professor Fiore toma a Invasão do Iraque como exemplo.
    (narrado em ingles).


    Folha de São Paulo (com Luciana Coelho) consegue uma rara entrevista com Robert Crumb


    DEPOIS DAS MUSAS, OS MUSEUS

    Não sei o que escrever sobre esse (mais esse) furto de obras raras do Museu da Quinta da Boa Vista. Torna-se comum esse vazamento de acervos. E museus completamente abandonados.

    Depois que choveu na múmia mais valiosa do Brasil, e agora que deu formiga em outros múmias deste museu... quem trabalha nesses lugares sabe o esforço que é pra simplesmente mantê-los minimamente funcionando.

    O mais incrível no caso deste Museu é uma verba para reformas ter sido liberada HÁ DOIS ANOS e estar parada tramitando por aí por questões burrocráticas.


    MUSING OVER MUSES

    O ano passado foi o ano da Invasão.
    A musa da Guerra do Iraque era a simplória e corajosa Jessica Lynch
    a garota boazinha que toda mãe queria como nora
    a mocinha do interior que mesmo cercada e derrubada pelos bárbaros
    lutou até o fim (pelo menos estava escrito isto em sua embalagem de musa).

    Os EUA transmitiam sua imagem de libertadores, portadores da democracia, derrubando estátuas de Saddam e tiranias terríveis.

    Este é o ano da Ocupação.
    A musa da Guerra do Iraque é a espevitada Lyndddie England
    a garota da pá virada que gosta de um caralho
    achando graça nas pilhas de iraquianos peladões
    transando com o namorado na frente de prisioneiros.

    O mundo espelha a imagem de um invasor violento, neurótico, dominante sobre outra civilização que considera incivilizada e abarcando ganhos & lucros ao preço da destruição de um país.

    Entre as duas musas, oscila a dicotomia da psique americana.


    adendo um
    me sinto um nabokoviano tecendo jogos de palavras em outras línguas
    mas o título do post funciona mesmo em ingles.
    Quer dizer talvez "Refletindo Acêrca de Musas". Desculpem.

    adendo dois
    Na dualidade proposta pelo post acima
    dividi a Guerra do Iraque em duas fases, a invasão e agora a ocupação.
    Tropas entravam triunfantes em Bagdá ante a fuga bagunçada das hostes inimigas
    E tropas acuadas em Bagdá sitiados por resistentes fanáticos e um povo irado (todos mal-agradecidos, né).

    Mas houve uma terceira fase, inicial, a da Preparação.
    O deslocamento gradual de tropas para as fronteiras, a infiltraçãode agentes no Iraque, a propaganda das armas de destruição em massa e das maldades de Hussein, a lavagem cerebral dos americanos pós 9-11.

    A musa desta fase talvez seja Condoleeza Rice, a bisneta do Uncle Tom.


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER